Ex-mulher de Marcos Valrio e a atual brigam por causa de uma fazenda

Isabella Lacerda
(O Tempo)

A briga entre a atual e a ex-mulher do empresrio Marcos Valrio preso h dez dias em Braslia aps ser condenado no processo do mensalo motivada por uma disputa de bens que esto na fazenda Santa Clara, localizada em Caetanpolis, regio Central do Estado. Segundo o advogado Renan Kfuri Lopes, que defende Renilda Santiago Fernandes, 50, no processo de divrcio de Valrio, a propriedade no pertence ao casal nem est na partilha de bens da separao.

Presumo que ela tenha ido at a fazenda para pegar bens que pertencem a ela. No h outro motivo, j que o imvel em questo no pertence ao casal. Eles esto separados. O divrcio que no foi sentenciado ainda, explicou ontem Kfuri.

O embate entre Renilda e a atual mulher de Valrio, Aline Couto Machado, 21, virou caso de polcia no ltimo sbado. A briga foi iniciada, de acordo com Boletim de Ocorrncia registrado pela Polcia Militar de Paraopeba, depois que Aline acionou a corporao acusando a ex-mulher de Valrio de invaso de propriedade.

Ela informou ter recebido o telefonema de um funcionrio da fazenda que disse que a ex-mulher tinha entrado na propriedade. Ela nos procurou porque estava com medo do que poderia ser feito contra ela e contra seus pertences. Disse que estava na fazenda a pedido de Valrio, informou o capito da PM Wenner Itamar Pimenta.

Segundo ele, Aline foi at a fazenda Santa Clara em uma viatura policial e ao chegar at a propriedade, deparou-se com objetos, entre eles suas roupas, jogados no cho. Ela no quis sair do carro e as duas mulheres no chegaram a se falar. A denunciante tambm no quis recolher seus pertences, completou Wenner, que disse no ter sido esta a primeira ocorrncia envolvendo a propriedade de Valrio.

CASO DE POLCIA

Ainda de acordo com a PM, Renilda apresentou sua certido de casamento com Valrio. Em seguida, Aline decidiu registrar um boletim para resguardar seus bens.

polcia, a atual mulher do empresrio alegou ter um relacionamento de mais de um ano com Valrio e disse morar na fazenda h cinco meses, aps assinarem contrato de unio estvel. Essa seria uma estratgia para facilitar o cumprimento da pena por Valrio em presdio na regio. J Renilda teria dito que, por no estar separada oficialmente do publicitrio, poderia administrar a propriedade.

Ontem, o advogado de Valrio, Marcelo Leonardo, no quis se pronunciar sobre o caso.

Aps o Boletim de Ocorrncia, finalizado s 11h de sbado, Renilda permaneceu na fazenda. A Polcia Militar orientou as duas mulheres a resolverem o imbrglio na Justia.

4 thoughts on “Ex-mulher de Marcos Valrio e a atual brigam por causa de uma fazenda

  1. A continuar com o ttulo de “A Tribuna Da Internet”, este blog vai continuar explorando a imagem da “tribuna da Imprensa”; acho que ele s vai ficar realmente sob o signo da liberdade quando trocar o seu nome p/ Blog do CN conforme sugere o HF…

  2. Enquanto isso, no Paran….

    Testemunha relata em juzo que ex-assessor pedfilo petista de Gleisi fez sexo oral com menina de 5 anos

    Sem limites As audincias de instruo do processo movido contra Eduardo Gaievski, ex-assessor da ainda ministra Gleisi Hoffmann na Casa Civil, revelaram novos e estarrecedores fatos. O mais chocante deles d conta que o pedfilo, que um dia foi encarregado de administrar as polticas do governo federal para jovens e adolescentes, fez sexo oral com uma menina de 5 anos.

    A histria espantosa. Uma menina de 16, que trabalhava como bab, tinha um caso com Gaievski, ento prefeito de Realeza. Um dia o ex-assessor de Gleisi ligou convidando a menor para ir ao motel. Ela disse que no podia ir porque estava cuidando, como bab, de uma menina de 5 anos. Gaievski disse que no havia problema: Traga ela junto. Quando chegaram ao motel, o pedfilo convenceu a menina a fazer sexo oral com ele.

    Depois das audincias, a situao de Gaievski ficou ainda mais complicada. Alm desse caso estarrecedor, 24 das 25 testemunhas arroladas pela acusao confirmaram todas as denncias. Gaievski acusado de 26 estupros de menores, 17 deles cometidos contra vulnerveis (menores de 14 anos)

    A nica testemunha que negou ter tido encontros sexuais com Gaievski (contrariando depoimento anterior) foi desmentida por trs outras testemunhas. Acontece que Gaievski costumava fazer programas com vrias meninas ao mesmo tempo. As trs meninas confirmaram que a menor que negou os fatos estava presente em sesses de sexo com o monstro da Casa Civil.

    Com as novas revelaes feitas nas audincias iniciais, os novos advogados de Eduardo Gaievski padro FIFA e custeados pelo PT devero rever a afirmao de que o delinquente sexual passaria o Natal em casa e com a famlia. Se a Justia liberar o pedfilo para as festas de final de ano, o melhor a se fazer fechar o Brasil para balano, pois um criminoso desse naipe no pode ficar um minuto longe das grades.

    Resta saber quando a presidente Dilma Vana Rousseff comentar sobre a sandice cometida por uma das suas principais assessoras, que em qualquer pas minimamente srio j estaria demitida. O mais estranho que a presidente continua fingindo ser absolutamente normal o fato de um marginal como Gaievski ter trabalhado a poucos metros do seu gabinete, sem que o GSI e a ABIN tivessem conhecimento do currculo do pedfilo. O silncio de Dilma Rousseff um atentado contra as vtimas e suas famlias.

    http://ucho.info/testemunha-relata-em-juizo-que-ex-assessor-pedofilo-de-gleisi-hoffmann-fez-sexo-oral-com-menina-de-5-anos

    (Enquanto isso, Dillma, Gleisi e Maria do Rosrio fingem-se de mortas…)

  3. T quase entrando na justia e pedir exame de DNA para ver se sou filho de algum mensaleiro. Vamos que o pessoal erre e, errar neste pas o normal, me inclua como produto de um deles. J pensaram na boa vida que vou ter?

    Nesse pas vale tudo. Lula est a para no nos deixar mentir.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.