Exame/Ideia: Lula continua crescendo e chega a 41%, enquanto Bolsonaro cai para 24%

Prática da Pesquisa: v

Charge do Ivan Cabral (Arquivo Google)

Pedro Grigori
Correio Braziliense

A primeira pesquisa eleitoral do Instituto Ideia em 2022 continua mostrando o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) como líder isolado da disputa pela Presidência da República. O petista tem 41% das intenções de voto em um primeiro turno, registrando um aumento de quatro pontos percentuais em relação a última pesquisa do instituto, divulgada em dezembro de 2021.

O presidente Jair Bolsonaro (PL) continua caindo nas intenções de voto. O chefe do Planalto marcou 24%, três pontos percentuais a menos do que na última pesquisa.

MORO EM TERCEIRO – O ex-juiz Sérgio Moro (Podemos) continua se mostrando o nome mais forte da terceira via, com 11%. Ciro Gomes (PDT) fica em quarto com 7%, seguido pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB), com 4%. O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD), aparece com 1%.

Simone Tebet (MDB), Alessandro Vieira (Cidadania), André Janones (Avante), Leonardo Péricles (UP) e Luiz Felipe D’Ávila (Novo) não pontuaram. Brancos e Nulos marcaram 7%, e os que não sabem ou não quiseram opinar foram 4%.

A pesquisa foi encomendada pela Exame, ouviu 1.500 pessoas, por telefone, entre os dias 9 e 13 de janeiro. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. O grau de confiança da pesquisa é de 95%, segundo o Instituto Ideia.

SEGUNDO TURNO

Em um eventual segundo turno, o ex-presidente Lula venceria todos os concorrentes com uma boa vantagem. Contra Bolsonaro, venceria por 49% a 33%; contra João Doria seria 49% a 26%; contra Moro seria por 47% a 30% e contra Ciro Gomes por 47% a 25%.

Além de perder para Lula, Bolsonaro não sairia vencedor em um segundo turno contra Moro (38% a 32%) e nem contra Ciro (40% a 34%). Mas o atual presidente venceria o governador de São Paulo, João Doria, por 34% a 28%.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Na pesquisa espontânea (“Em quem você vai votar?”), sem exibir lista de candidatos, deu 38% de indecisos. Uma diferença brutal para a pesquisa Quaest, que indicou 52% de indecisos. Lula subiu 6 pontos e todos os outros ficaram estacionados… Ora, desse jeito, não dá para analisar nada. E onde é que a Exame arranjou dinheiro para bancar essa pesquisa? (C.N.)

7 thoughts on “Exame/Ideia: Lula continua crescendo e chega a 41%, enquanto Bolsonaro cai para 24%

  1. “COM 52%, MAIORIA ABSOLUTA, INDECISOS PODEM VENCER A ELEIÇÃO PRESIDENCIAL ATÉ NO PRIMEIRO TURNO. É o que mostrou a última pesquisa da Quaest, cujo “resultado mostra que os indecisos, com 52% (maioria absoluta) vencem no primeiro turno, arrasando a polarização Lula/Bolsonaro” e seus puxadinhos, travestidos de terceira via. Ora essa, se 52% estão indecisos é porque, certamente, não estão se sentindo representados e nem estão querendo votar em nenhuma dessas candidaturas oportunistas que ai estão impostas pela ditadura partidária dos donos de partidos, sem projeto novo e alternativo nenhum de política e de nação. E nessa conjuntura, contexto e cenário, quem realmente tem chance de vencer no primeiro turno então é a terceira via de verdade, o megaprojeto novo e alternativo de política e de nação, que, desde 2010, está sendo escondido, cercado e atropelado pela mídia bandida, vagabunda, mentirosa, partidária, mercenária e pela ditadura partidária dos me$mo$.” O Bicho via pegar em 2022, nas urnas ou nas ruas, 52% da população, no mínimo, está querendo mudanças de verdade, sérias, estruturais e profundas que não existem na prateleira da ditadura partidária. http://www.tribunadainternet.com.br/pesquisa-demonstra-que-os-indecisos-52-derrotam-lula-e-bolsonaro-no-primeiro-turno/?fbclid=IwAR2tTZjcMN3eFiaOx8ATOzvUir8mBOIUujrCV7eEGMkswlE1gJuWZbEqSD8

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.