Executaram um traficante brasileiro e Dilma está indignada

Percival Puggina

Excelência, fale apenas por si. A nós, o que nos deixa indignados é o tráfico! A execução de alguém é, sempre, um ato de extrema violência, que agride nossa sensibilidade. Na Indonésia, um cidadão brasileiro sentiu o peso da lei local que aplica a pena máxima para o crime de tráfico de drogas. Há dez anos, Marco Archer entrara no país com 13 quilos de cocaína escondidos nos tubos de uma asa delta. Apanhado pelo raio-x do aeroporto, conseguiu fugir, mas foi capturado dias depois. Simultaneamente, também foram executados um holandês, um malauiano, um nigeriano, uma mulher vietnamita e uma cidadã do próprio país.

Nossa presidente, a mesma pessoa que sugeriu mediação internacional (por que não foi por conta própria?) para resolver a sequência de crimes contra a humanidade que estão sendo cometidos pelos fanáticos do Estado Islâmico, primeiro pediu clemência, depois se disse “consternada e indignada” e, por fim, engrossou ainda mais chamando nosso embaixador em Jacarta para consultas. O Itamaraty afirmou que o fato estabelecia “uma sombra” nas nossas relações com a Indonésia. Excelências, sombrio é o tráfico!

JAMAIS NOS DESCULPAMOS

Não é paradoxal? Nem uma só palavra foi dirigida por nosso governo para desculpar-se ante as autoridades de lá pelo fato de um cidadão brasileiro haver tentado levar para dentro do país delas o pó da morte que passeia arrogantemente pelas esquinas, ruas e estradas do Brasil. Foi o governo da Indonésia, com suas leis duras contra o tráfico, que indignaram o governo brasileiro.

Certamente, para cada traficante morto na Indonésia, um país onde esse mal deve ter proporções pequenas, morrem no Brasil dezenas de milhares de seres humanos, vítimas da droga e do ambiente criminoso que em torno dela se estabelece. A pergunta que faço é: o que é melhor? Punir o tráfico com tal severidade que o sentido de preservação da própria vida acabe com ele, ou perder milhares de vidas por ano, executadas direta e indiretamente pelos traficantes? A quem deveria convergir mais firmemente nossa sensibilidade, racionalidade e indignação?

TERRA SEM LEI

Note-se que nas execuções de domingo havia apenas uma pessoa da Indonésia. As demais eram estrangeiras. Não disponho de estatísticas mais amplas do que essa pequena amostra, mas ela sugere que os indonésios não andam muito dispostos a enfrentar a lei local nesse particular.

A leniência com a criminalidade, que se expressa tanto na nossa legislação quanto nas proteções e garantias que oferecemos aos criminosos, transformaram o Brasil numa terra sem lei, a partir do topo da pirâmide social.

34 thoughts on “Executaram um traficante brasileiro e Dilma está indignada

  1. Para a Dilma e os tok tok Garcia que a rodeiam, seria de bom alvitre levantar uma celeuma qualquer, que desviasse a atenção dos problemas criados por sua administração, e de seu colega Agnelo Queirós (DF), um desastre aliás, que conseguiu superá-la em todos quesitos.
    Salários de médicos da saúde pública do DF atrasados desde outubro/14.
    E o bandido passeando, soltinho, em Miami.
    Mas, importante é condenar a Indonésia. Não sei se devo rir ou chorar.

  2. Como criticar a pena de morte na indonésia se no Brasil tem trabalho escravo, que aumenta, como é o caso de Minas Gerais, estado de aecio neves, do PSDB, que há 12 anos governa o estado mineiro , e, na última eleição, teve mais de 50 milhões votos, e sua campanha política estava baseada na moralidade pública ?

    Aécio, detonou com a Petrobras, mas fez vista grossa para a exploração do homem pelo homem. Presidente Dilma a senhora governa um país do aecios, fhc, perrella, …… Cuidado para não cair no ridículo !

    Responder

  3. A princípio, sou contra a pena de morte, mas não posso deixar de dar
    razão ao Percival Puggina pelo seu correto artigo. As leis de um país são
    para serem respeitadas, ainda que sejamos contra.
    No EUA, é pior, há casos que depois de morto, descobrem que o condenado
    a morte era inocente. É um erro irreparável.

  4. Ela não fica indignada pela pena de morte que os bandidos decretam todo o dia no Brasil. Indignada esta a população deste País quando esta mulher abre a boca. Vai para La Paz e fique por lá. O seu Renato o Aécio não tem nada a ver com esta notícia.

  5. Se ela não pedisse pelo condenado, seria criticada. Pediu e está sendo criticada. O problema é que, como sempre, quando lhe dizem não, ela estica desnecessariamente a conversa. E ainda permite a top top Garcia vir com seus “brilhantes” argumentos.

  6. Dona Presidanta está indignada com a morte do traficante internacional que por várias vezes driblou “as puliças” do mundo, se gabando em oportunidades que levou vantagem e muita grana pelos “transportes de drogas”……..
    Aqui no Brasil sua PULIÇA FEDERAL pegou um Helicoptero carregado até as tampas de cocaína que segundo constam beira aos 450 kilos de pó, inclusive a tal nave lhe foi dado um apelido sugestivo de Pólicoptero, a nave em questão pertence ao grande político mineiro e grande amigão do famoso playboy carioca-mineiro-pernambucano e suposto senador aécio nevers,
    Será que Dona Presidanta também está INDIGNADA com este fato.???
    E que nínguem foi preso até a presente data.????

  7. Por mim o tal traficante poderia tomar uma pena de 20 a 30 anos. Mas cada país tem sua legislação e deve-se respeitá-la.
    Já pensaram se a Indonésia criticasse a nossa legislação , que não pune a bandidagem que ocupa o estado brasileiro?
    O bando da hora não iria gostar.

  8. Interessante um dos sobrenomes do traficante brasileiro fuzilado na Indonésia é CARDOSO……….
    Drogas, coca, maconha, mulas, aviões, liberação das drogas,Brasil Liberado e Terra de ninguém,,, cardoso……..
    Sei não…

  9. Prezado Percival:

    Seu artigo está desprovido das noções mínimas de proporcionalidade. Antes que alguém venha com a falácia de ‘defesa do petismo’, afirmo abominar Dilma Rousseff, em quaisquer de suas qualificações, como ser humano, como presidente ou como qualquer outra coisa minimamente representativa do “homo sapiens” moderno e decente. Esqueçamo-la. Abominemos o PT.

    Essa mesma Indonésia assassina que condena à morte uma pessoa que cometeu um delito gravíssimo, mas que não foi na linha do homicídio doloso qualificado consumado, tem a cara de pau de impor a um genocida que assassinou 202 pessoas em Báli por meio de um ataque a bomba, a pena de meros 20 anos de prisão. Indonésia: país irmanado com o terrorismo.

    Por fim, uma digressão: ainda que Dilma não envidasse o menor esforço em arrefecer a pena aplicada ao brasileiro, sua obrigação era, ao menos, a de dissimular sua indignação.

    Repito: Indonésia é um Estado irmanado no terrorismo, terrorismo este protegido sob o manto do ‘sagrado’ em razão do assassino Maomé.

    • Estimado Luiz Fernando,
      permita-me discordar. Em momento algum elogiei o governo da Indonésia, portanto suas observações a esse respeito caberiam numa outra abordagem. Quanto à proporcionalidade sim, provavelmente divirjamos. Para mim, o tráfico de drogas disputa palmo a palmo com o terrorismo a corrida dos males do século. E precisa ser enfrentado com rigor absoluto. O poder de destruição de vidas e o poder mortífero de um traficante excede o simples homicida, mesmo que doloso. Todos sabemos disso. Abraço.

  10. Este caso me fez recordar certos anúncios de televisão de tempos passados. Um dizia que DURA LEX SED LEX,
    NO CABELO SÓ GUMEX. Esta é a Indonésia, que tem leis duras e as aplica.
    No outro lado, tem o DENOREX, AQUELE QUE PARECE,MAS NÃO É. Este é o Brasil, que parece um pais, mas não é. É na verdade uma casa de tolerância com oito milhões e meio de quilômetros quadrados,com uma vasta legislação, mas não aplica. É só para inglês ver, como a maioria das coisas que acontecem por cá.
    Os nossos políticos ha muito já superaram os humoristas, na capacidade de fazer o povo rir(para não chorar).
    Agora vem a Dilma a bater cabeça com o Garcia, por que um brasileiro foi fuzilado na Indonésia por tráfico
    de drogas. Só uma pergunta. Neste pastelão de chamar o embaixador e outras coisitas más, vai custar
    quanto para o otário do contribuinte, Ou este estrilo é por conta de manter a produção do “MEU QUERIDO
    EVO’, segundo o sapo. Da o que pensar.

  11. O PT gosta de ideologizar qualquer coisa, para fazer o biombo do relincho ideológico e assim tentar dar uma de defensor dos ‘oprimidos’ . Por que ela não se indigna com Cuba que também tem pena de morte para traficantes? Ou Angola, que o Brasil ‘ajuda’ e tem um sanguinário ditador? Apesar de estar entre os últimos IDHs do mundo, a filha desse ditador é bilionária e está querendo comprar a OI/Portugal Telecom ( Gamecorp )…. Em Angola na maioria das vezes nem julgamento há !

  12. Já começaram os apagões da Tia Yossef :
    ” Distribuidoras de energia em vários estados das regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste, entre elas a Eletropaulo e a Light, que distribuem energia nos estados de São Paulo e do Rio de Janeiro, informaram nesta segunda-feira (19) reduções no fornecimento de luz. Segundo as empresas, o corte foi orientado pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), órgão federal responsável pela gestão de energia no país.
    O G1 confirmou, até o momento, que houve corte de energia em São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Paraná, Goiás e Distrito Federal.
    A TV Globo apurou que o motivo foi o pico de consumo que superou a capacidade de geração.
    Até a última atualização desta reportagem, nem o ONS, nem o Ministério de Minas e Energia, haviam se pronunciado sobre o assunto.

  13. São Paulo, assim como Minas Gerais , é governado pelo PSDB há anos, e o craque , que também escraviza, é uma droga que só dá lucro se tiver muitos consumidores, porque o preço é baixo, a maldita droga virou a exterminadora de viciado pobre. Uma pena de morte decretada pela negligência da polícia paulista, que não viu o que todo mundo via, o craque se espalhar por São Paulo. Nas cavernas urbanas de sampa o povo escravizado morre pela maldita droga que só vicejou e se espalhou pelo Brasil porque o governo paulista, do PSDB, não tomou nenhuma providência( falta água em sampa pelo mesmo motivo: negligência). Hoje , o craque, é problema de saúde pública em vários estados brasileiros. Como criticar a pena de morte na indonésia se os dois maiores estados brasileiros, governados pelo PSDB, existem, as escravidões da mão de obra e da droga. Como dizer que a indonésia é atrasada moralmente por ter a pena de morte, se o PSDB, partido de oposição feroz ao PT, teve mais de 50 milhões de votos na eleição para presidente da república ?

  14. O Brasil e o pais do cinismo. Sao cinicos a situacao e a oposicao , isso pode variar conforme a danca, quando a oposicao vira situacao e vice-versa. Independente de quem e quem nessa republica das bananas , comandada por banqueiros , fazendeirose pelo capital monopolista mundial, a partir de wall strett e seu ceo”s , o discurso e sempre o mesmo. Entao hipocrisia a parte , e a Indonesia sim , um Estado sustentado por um elite assassina e reacionaria , que se mantem no poder pelo terrorrismo de estado e usam e abusam de milicias assassinas para matar opositores. Se os comentarios e opinioes aqui colocadas fosse na Hindonesia , ja estariamos seguestrados e assassinados por uma dessas milicias. Agiu certo sim a Presidenta , quer gostemos dela ou nao, a vida e o bem mais precioso do universo, para aqueles que aindam conseguem amar ainda o proximo, acreditando em deus ou nao.

  15. Percival.
    Sobre a condenação do brasileiro Archer, fique um pouco em dúvida e até comovido.
    Porém, lendo seu artigo, concordo com você, principalmente na análise sobre o com-
    portamento de Dona Dilma, sobre o caso. E foto dela. Que ”expressão” !!!
    Está brava com quem ?
    Agora, muito hilariante alguns comentários de alguns ”SISTEMÁTICOS” que só falam
    no Aécio, FHC, Serra, Perrela, etc. e etc. Seja qual assunto for. Lá vem eles, lá vem eles !
    Como diz um amigo : Não lógicos não. NÃO ESCLARECEM NADA. Mas divertem a gente!

  16. Caro Jornalista,

    Quando se poupa os lobos, se condenam as ovelhas. Veja duas OVELHAS INOCENTES cujas execuções que só despertaram pena, lágrimas e compaixão dos pais, irmãos e amigos próximos.

    GAROTO É ATINGIDO POR BALA PRÓXIMO A REDUTOS DE TRAFICANTES
    O garoto Asafe Willian Costa, de apenas 9 anos de idade, foi atingido hoje por uma bala dentro do Sesi de Honório Gurgel, na Zona Norte do Rio. A criança aproveitava o domingo ensolarado com sua família. Aproximadamente às 15h, ele saiu da piscina para beber água no playground do clube quando foi atingido por uma bala no olho esquerdo. O Sesi de Honório Gurgel fica próximo dos complexos do Chapadão e da Pedreira, os locais são redutos de duas facções criminosas, que comandam o tráfico. ele internado no Hospital estadual Getúlio Vargas, na Penha, Zona Norte da cidade, com a bala alojada no olho esquerdo. De acordo com informações do hospital, o estado de saúde de Asafe é grave.

    GAROTA DE QUATRO ANOS MORRE ATINGIDA POR BALA
    No último sábado (17), Larissa Carvalho, de 4 anos, foi atingida por uma bala perdida em Bangu, Zona Oeste do Rio. A garota teve morte cerebral decretada e a família decidiu por doar os órgãos da menina.

    -NENHUMA MÍSERA AUTORIDADE FOI À TV PROTESTAR CONTRA A MORTE DESSES ANJOS ou mandar o secretário de segurança comparecer ao Palácio do Planalto.

    E ainda, CÍNICOS, dizem que valorizam a vida humana!
    -VALORIZAM A VIDA DE QUEM?
    -A VIDA DE QUEM TIRA VIDA?

    Miseráveis, isso é o que são.

  17. Devido ao trafego e consumo de drogas no nosso Brasil, mata e assalta milhares de pessoas por dia!!! Cadê a PresidAnta , neste imbróglio? Nada vezes nada. Pelo contrário, ela é cúmplice, nossas fronteiras estão abertas para os nossos vizinhos produtores da cocaína. Todos amiguinhos da PresidAnta, inclusive as Farc- traficantes declarados, que até fazem parte do foro de São Paulo. Assim não dá, não é? Possivelmente, na posse do Evo Morales, que a PresidAnta irá, encontrará grandes produtores de droga, talvez ela peça encarecidamente, que não mande mais droga para o Brasil

  18. Ele nunca trabalhou, a não ser para o tráfico. Portanto ele é traficante. Cada país tem as suas leis, por exemplo e o corredor da morte nos EUA, em alguns estados, ninguém diz nada. E em Cuba o famoso el paredon. Hein, dona dilma !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *