Exilado e asilado

Magaly de Almeida, Romero Antunes, Silvio Adibe, Moreira Junior, Elza Gabaglia, Noraldino da Silva, Servulo Julio
Meu caro, você exagerou, não?, ao dizer que Brizola foi exilado e asilado no Uruguai? Não é uma coisa ou outra?

Comentário de Helio Fernandes
Normalmente é. No caso de Brizola, foram as duas. Ele se EXILOU, o que é feito, digamos por vontade própria, mas na verdade por causa da ameaça de morte. Brizola se exilou em Montevidéu, autorizado pelo governo de lá.

Deu entrevista criticando o golpe, os generais brasileiros pediram o ASILO dele. Foi mandado para Atlântida, uma praia a 100 quilômetros da capital. Foi as duas coisas.

Arraes: nem EXÍLIO nem ASILO

No dia 1º de abril de 1964, o governador de Pernambuco e o de Sergipe, Seixas Dória, foram presos e mandados para Fernando de Noronha. Por que só os dois? Não quiseram assinar o manifesto apoiando o golpe. (Todos os outros assinaram).

Ficaram 47 dias lá, Seixas Dória foi solto, mas não voltou ao governo. Um general importante, mais tarde, procurou Arraes em Fernando de Noronha, com uma proposta textual. Nos seguintes termos.

“Se concordar, o senhor será solto e levado imediatamente para Recife. (Pertinho). Terá então 5 dias para viajar ao exterior, pode escolher o país que quiser. Se não aceitar, então a vez de agir será nossa”. Era generosidade da ditadura? Longe disso. O problema era insolúvel com Arraes ficando no Brasil. Preso, se transformaria num mártir. Ou acabaria sendo morto, muitos nem admitiam a negociação com Arraes.

Ele aceitou, lógico, por que recusar, ficar sem atuação, e com o risco permanente de ser assassinado? Foi para a Argélia, que tinha um ditador dito de esquerda, Boumediene. Ficou com honras de vice-rei, perseguiu todos os brasileiros que estavam lá e tiveram que ir para outros países.

Mais tarde, o ditador comunista foi derrubado e logo depois assassinado em Paris. Existe um ótimo filme sobre esse fato, com o ditador representado pelo excelente ator Jean Louis Trintignant. (Arraes não foi atingido, ficou lá até 1979. Ao contrário de Brizola, nem ASILADO nem EXILADO).

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *