Falso intrprete de sinais em memorial de Mandela revolta surdos

Andrei Netto

A frica do Sul descobriu nesta quarta-feira, 11, com um tanto de choque e indignao e outro de bom-humor, que o tradutor da cerimnia em homenagem a Nelson Mandela na tera-feira, no estdio FNB, em Soccer City, era um impostor.

O homem estava encarregado de fazer a traduo dos discursos para a linguagem dos sinais, para surdos e mudos, e foi uma das pessoas que mais apareceu em uma solenidade que reuniu mais de 90 chefes de Estado e de governo, entre os quais os presidentes dos Estados Unidos, Barack Obama, e do Brasil, Dilma Rousseff.

A descoberta foi feita por surdos e mudos que acompanhavam a solenidade e foi denunciada ontem por associaes como a Federao Mundial de Surdos. E eles no encararam o assunto com bom-humor.

Segundo o intrprete oficial da Federao de Surdos da frica do Sul, o falsrio no conhece a linguagem dos sinais que fingiu interpretar. “Ele gesticulava e apenas mexia as mos para todos os lados, sem nenhuma gramtica, sem utilizar nenhuma estrutura. Ele no conhecia nenhuma regra da lngua” , analisou. “Ele no traduziu nada, porque nenhum de seus gestos fazia nenhum sentido.”

(reportagem enviada por Celso Serra)

2 thoughts on “Falso intrprete de sinais em memorial de Mandela revolta surdos

  1. Depois da mente , entre outras, a esquizofrenia.
    Num ambiente carregado emocionalmente pelas palavras tentando codificar mundos abstratos, confusos, o organismo de alguns reage involuntariamente de alguma maneira que at pode parecer estranho a quem no compreende a fora dos fenmenos mentais e suas interaes com o corpo .
    Como num terreiro de macumba, que , depois que o santo baixa, este adquire vida prpria com um dinamismo surpreendente , j que o veculo que o transporta est com o tanque cheio de marafa.
    Bem , por a e, por a vai.
    n?

  2. Mas o santo dele do bem. Adveio de uma boa ndole.
    Embora, no se pode confiar em ningum, pois ali mesmo na plateia tinha elementos como Lula, Dilma, Obama e outros , cuja ndole definitivamente no de confiana.
    Sarav!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.