Fernando Haddad espera que FHC formalize apoio à sua candidatura

Resultado de imagem para fhc

FHC diz que não apoia Bolsonaro, de jeito nenhum

Alessandro Giannini
O Globo

O candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad,  disse neste domingo, em São Paulo, que espera obter apoio do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que declarou neutralidade, mas admitiu a possibilidade de apoiar o concorrente petista. Em entrevista ao jornal “O Estado de S. Paulo”, publicada neste domingo, FH disse existir um muro entre ele e Bolsonaro, e que, por enquanto, havia uma porta a ser aberta na direção de Haddad.

—  Se depender de mim, essa porta vai ser aberta em nome da democracia — disse o candidato, que mantém uma relação cordial com Cardoso, além de terem amigos em comum.

DEMOCRACIA EM JOGO —“Independentemente de o PSDB ser oposição ou situação no próximo governo, o mais importante hoje é garantir as liberdades democráticas, que estão em risco em nosso país, como ele mesmo reconhece na entrevista”, disse. 

Haddad também comentou a campanha de Bolsonaro na TV e no rádio, que aponta o PT e seus principais líderes como defensores dos regimes de Cuba e Venezuela:

— Olha, o PT nunca violou um princípio democrático enquanto esteve no comando do governo. O Estado democrático de Direito era e continua sendo um princípio basilar nosso. O meu adversário, ao contrário, defendeu tortura, a morte de 30 mil pessoas durante a ditadura, chamou Dom Paulo Evaristo Arns de vagabundo e charlatão. E está tudo registrado.

OLAVO DE CARVALHO – O candidato petista também comentou um tuíte publicado pelo filósofo Olavo de Carvalho, e republicado por um dos filhos de Bolsonaro, dizendo que o candidato do PT defendia o incesto. Carvalho apagou a publicação logo em seguida. 

—  Já disseram que sou dono de uma Ferrari e que meu relógio, presente da minha família quando me formei, custa R$ 400 mil reais —  disse —  Onde essa loucura vai parar?

Haddad também atacou Bolsonaro por espalhar “mentiras” na internet sobre sua religiosidade. E incluiu a imprensa no desabafo:  “Não entendo por que razão a imprensa não está denunciando isso”.

15 thoughts on “Fernando Haddad espera que FHC formalize apoio à sua candidatura

  1. Realmente, aqui e ali, por vezes perdemos a noção do bom senso e da verdade.
    Mas FHC perdeu muito mais. Desde 2002, FHC é acusado e considerado o culpado de tudo, aquele que legou ao país uma herança maldita. Assim o PT o enxergou sempre. Agora pode ser uma porta da salvação deles, não do país!
    O que dizer de Haddad e do PT diante de tamanha aberração? Será ótimo se FHC, a grande liderança dos atucanados, se petetizar.
    Quando falta caráter, o jogo virá um vale tudo e um salve-se quem puder.
    No fundo, bem lá no fundo, ambos sempre se mereceram.
    Fallavena

  2. O grande acontecimento desses dias: A queda das máscaras!

    FHC está extremamente ansioso, desde o primeiro turno, para remover sua máscara de opositor do PT.

    Mas todo mundo já sabe quem ele é. Ele pensa que tem uma grande biografia, mas vai terminar seus dias apenas como mais um zé ruela socialista admirador de Lula, Chavez, Fidel e cambada.

  3. Acho que o FHC, o sujeito que apequenou a própria história, deveria se abraçar ao Boulos (o bandido que gosta de invadir casa dos outros).
    Melhor jogar lixo em rio de esgoto que em rio limpo.

  4. Um canalha à porta do Planalto

    Equiparar Haddad a Bolsonaro constitui um acto moral e politicamente inqualificável. Quem o faz torna-se cúmplice de Bolsonaro.

    Carlos Alberto Brilhante Ustra foi um dos maiores, senão mesmo o maior torcionário, no tempo da ditadura militar que vigorou no Brasil entre 1964 e 1985. Em 2008 foi o primeiro oficial condenado por sequestro e tortura. Comprovadamente, maltratou física e psicologicamente centenas de pessoas e chegou ao limite de obrigar crianças a presenciarem o dilacerante espectáculo do espancamento dos respectivos progenitores. Nunca reconheceu os seus crimes nem manifestou o mais leve arrependimento pelos seus actos desumanos. Era um canalha. Morreu em 2015, em Brasília, na cama de um hospital.

    Foi precisamente este torcionário miserável que o então deputado federal Jair Bolsonaro homenageou no momento em que votou a favor do impeachment da Presidente Dilma Rousseff. Nessa ocasião, Bolsonaro pronunciou uma declaração que o define integralmente: dedicou o seu voto à “memória do Coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra, o pavor de Dilma Rousseff”. É impossível imaginar, naquele contexto, uma afirmação mais vil, um comportamento mais indigno, uma atitude mais asquerosa. Bolsonaro revelou-se ali o que ele verdadeiramente é: um canalha em estado puro.

    https://goo.gl/YTpbCd

    • Prezado Alex, vou resumir a minha opinião:

      -Não tenho nenhum PARENTE BANDIDO, mas tenho vários que já foram assaltados!
      -Portanto, meu jovem, jamais votarei em PRESIDIÁRIO ou no seu fantoche.

      Valeu.

  5. Olha só:

    “Major Olímpio pede à PGR para saber origem do financiamento da defesa do agressor de Bolsonaro. Na representação, o deputado federal do PSL incluiu trechos do código de ética do Direito, que censura o trabalho de graça de advogados se houver fins eleitorais ou com o objetivo de captar clientela.”

    https://cbn.globoradio.globo.com/media/audio/211869/major-olimpio-pede-pgr-para-saber-origem-do-financ.htm?fbclid=IwAR35LE1bzNvKSwDOLS4NBvhm22w1lxK1ivje8LCkboFvkFgEY0qt3BJzJ0c

    -Será que já sabem que é o FINANCIADOR e estão querendo esconder?
    -Ou será que é só especulação política?

  6. Conforme FH disse “existir um muro entre ele e Bolsonaro”. Assim sendo ele e seus miquinhos amestrados vão ficar em cima do muro para depois tentar obter benefícios.

    Nas próximas eleições provavelmente o PSDB vai ser mais um partido nanico.

  7. E o apoio do FHC conta para alguma coisa? Alguém ainda se deixa influenciar por ele? FHC afundou o PSDB, que perdeu as últimas quatro eleições presidenciais por causa dele. Hoje nem mesmo os tucanos se importam com o que ele diz, haja vista seus esforços frustrados em prol da candidatura de Luciano Huck e daquele recente manifesto de sei lá o quê de centro. E agora o PT espera obter o que com um apoio de FHC?

  8. FHC tem a sua parcela de responsabilidade pela chegada da quadrilha lulopetista ao poder. E por ela ter ficado tanto tempo lá. Todo mundo sabe!

    Não é de duvidar que de repente FHC resolva tornar público o seu apoio ao poste de Lula.

    O que a bandidagem não entende é que talvez isso seja ainda pior. Porque a esmagadora maioria dos brasileiros quer ficar livre do crime organizado no poder, ou seja, da cleptocracia.

  9. Quanto ao relógio, foi publicado uma imagem composta por duas fotos, uma mostrando Bolsonaro com um relógio simples e Haddad com um aparentemente mais caro. Como a imagem não está bem nítida, pode ter sido montada. Ou não. Quanto a tal Ferrari, existe um vídeo em que Haddad sai de um carro esportivo amarelo, que se não for uma Ferrari é muito parecido. Haddad se despede do carro e o vídeo acaba. Quanto aos candidatos. O PT tem de muitíssimo pouco a nada a poder esconder. Haddad foi ruim como prefeito e seu partido precisou ser escorraçado do poder, tamanho vulto que a Lava Jato tomou. O PT não elege pessoas, elege siglas. Quer um poste e não um presidente em Brasília. A quantidade e a qualidade das denúncias por quais o PT responde ou precisa responder são da maior gravidade. Vão desde assassinato a corrupção generalizada. A esquerda mostra tudo que representa contra a democracia, mas jamais dirá isso abertamente, fomentado a violência, a divisão de classes, o golpismo, o descumprimento legal do que não interessa. Bolsonaro está vivo, graças ao profissionalismo da equipe médica que fez seu primeiro atendimento e seu rápido transporte ao hospital mais perto. Tentativa de assassinato que foi minimizada em primeiro momento e num segundo, o ministro de Temer se apressa em dizer que tinha sido um ato isolado de um “lobo solitário”. Cujos advogados prontamente vieram em vôo fretado num jatinho pertencente a um deles. O povo não é tão estúpido e se fraudarem novamente as urnas, a coisa vai dar bastante ruim.

  10. FERNANDO MALDDAD ESTÁ RESPONDENDO A MAIS DE 32 PROCESSOS.
    Uma extensa ficha corrida
    Preposto de Lula na disputa presidencial, Fernando Haddad responde a 32 processos, que vão do recebimento de dinheiro da Lava Jato a denúncias por improbidade administrativa e superfaturamento de obras. O candidato reproduz o modelo petista de malfeitos na gestão pública

    https://istoe.com.br/uma-extensa-ficha-corrida/

  11. O poste do 51 acredita que até o abraço de afogado pode ser de grande ajuda. O intelectual prova que bateu no fundo do poço, todo mundo sabe que o velho FHC sempre foi pestista, então não agrega voto nenhum além do dele e da famiglia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *