FHC: “Contra o povão”

Helio Fernandes

Analistas desinformados e tituleiros apressados, rotularam assim a declaração do ex-presidente. Ele é elitista por formação, vocação e convicção. Sociólogo com livro de estranha “parceria”. Patrocinado pela Fundação Ford. Fingindo de cassado, mas sendo o único que se dizia “atingido”, disputou eleição em 1978, em plena ditadura, começando a carreira.

Na verdade, FHC nunca teve nada a ver com o “povão”. Mas a declaração de agora tem como objetivo atingir Serra, Alckmin e Aecio, nessa ordem ou na inversa. Pela inveja, pela decepção ou frustração, odiaria, que palavra, que algum deles chegasse ao Poder. Principalmente: estaria com 85 anos, não poderia acreditar numa recompensa.

***

LOBÃO, PRIMEIRO OS TEUS

Existe uma empresa pouco conhecida, estatal ou com controle do governo. O presidente era o filho do ministro de Minas e Energia, Lobão pai.

Quando o pai foi governador do Maranhão (“eleito” pelo “papa” do estado), o filho era conhecido como “Edinho 30”. Jamais entendi a razão do apelido. Quanta desinformação.

Revelação sobre o filho: chamei-o de “Edinho 30”, afinal o Maranhão, Brasília e o país inteiro usavam a mesma denominação. Ele entrou na Justiça, pedindo que eu não usasses esse “Edinho 30”.

Decisão da juíza: “O jornalista tem todo o direito de chamá-lo como quiser, e o senhor de processá-lo”. Aproveitando; “Edinho 30, Edinho 30, Edinho 30”.

***

HENRIQUE ALVES DEFENDE TEMER

Afirmação pública: “Tem que acabar com esses fogos de artifício contra a honra das pessoas”. O líder (?) do PMDB sabe o que sofreu com as acusações da ex-mulher. Que apesar de gravíssimas, não o atingiram, a partir daí é que sua carreira decolou.

Afirmação particular: “Querem impedir desde já, que o Michel Temer seja reeleito vice-presidente com a Dilma ou o Lula”. Isso é que se chama, defesa à vista e a longo prazo.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *