Filho e suplente de senador da cueca, que assumirá vaga do pai, deve R$ 1,1 milhão à União

Pedro declarou à Justiça Eleitoral possuir bens no valor de R$ 70 mil

Aguirre Talento
O Globo

O empresário Pedro Arthur Ferreira Rodrigues, filho e suplente do senador Chico Rodrigues (DEM-RR), que vai assumir a vaga do pai no Senado após ele ter sido afastado por ser flagrado com R$ 30 mil escondidos na cueca, tem uma dívida de R$ 1,1 milhão com a União, segundo dados da lista de devedores da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN).

Constam nos registros da PGFN quatro dívidas da pessoa física de Pedro Rodrigues, que totalizam esse valor. Além disso, uma das empresas da qual ele é sócio-administrador, a San Sebastian Construções, tem dívida de aproximadamente R$ 500 mil com a União, de acordo com os mesmos registros.

SIGILO FISCAL – Por envolver sigilo fiscal, os dados da PGFN não apresentam detalhes sobre essas dívidas, que se referem à cobrança de tributos federais, seja por conta de autuações fiscais ou pela ausência do pagamento dos tributos devidos.

Nas eleições de 2018, Pedro Rodrigues declarou à Justiça Eleitoral possuir bens no valor de R$ 70 mil: um sítio no valor de R$ 20 mil e participações societárias em duas empresas, correspondendo a R$ 25 mil cada.

Pedro Rodrigues não é alvo da investigação em tramitação no Supremo Tribunal Federal (STF) que mira o seu pai, sob suspeita de desvios em recursos da saúde destinados ao combate ao Covid-19. Chico Rodrigues, que era vice-líder do governo Bolsonaro no Senado, foi alvo de busca e apreensão da Polícia Federal na semana passada, quando os investigadores encontraram dinheiro escondido entre suas nádegas e dentro da sua cueca.

AFASTAMENTO – Durante as buscas na residência do senador, a PF chegou a abrir um cofre no quarto de Pedro Rodrigues, mas não encontrou nenhuma irregularidade. Após o caso, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso determinou o afastamento de Chico Rodrigues do seu mandato.

Com a ordem do Supremo e a pressão de aliados, Chico Rodrigues pediu licença do cargo por 121 dias. Isso abriu caminho para que seu filho, primeiro suplente, assumisse o mandato de senador.O Globo tentou contato com Pedro Rodrigues na manhã desta quinta-feira, por meio da assessoria de imprensa do senador Chico Rodrigues. A assessoria informou que não conseguiu localizá-lo.

16 thoughts on “Filho e suplente de senador da cueca, que assumirá vaga do pai, deve R$ 1,1 milhão à União

  1. Se o nepotismo é proibido pela Constituição Federal não haveria chance de contestar o suplente do senador das grandes nádegas, o seu filho?

    Se o nepotismo é proibido justamente no Legislativo, e na ausência do pai AINDA VIVO o rebento assume, a lei não perderia o seu sentido?

    Então o legislador faz a lei para ele mesmo depois desobedecê-la?

    Além da imoralidade desse caso, o novo senador, filho do ladrão, é devedor de impostos à União??!!
    O que precisaria o congresso fazer para ser fechado?!
    Essa corrupção desenfreada, imoralidade incontida, falta de ética permanente, já não seriam suficientes para uma medida radical contra o antro de venais?

    Que exemplo o povo colhe de seus “representantes”?
    Ladrões, notórios ladrões??!!
    Até que ponto considerar o parlamento como danoso e prejudicial ao povo e à nação é aceitável?
    Um congresso dessa laia não nos envergonha até lá fora?

    E o Judiciário?
    Agora com um novo ministro que adulterou o seu currículo, plagiou textos, sua esposa é assessora de um senador, comparece volta e meia ao “trabalho” e recebe do povo mais de 11 mil mensais, pergunto:
    Aonde está a conduta ilibada?

    Che, mas transformaram mesmo o Brasil numa republiqueta de quinta categoria!

    E as FFAA??
    Um ex-capitão do Exército agora peitando generais, demitindo, criticando, criando uma cizânia desnecessária, enquanto seus filhos estão envolvidos em rachadinhas e outras questões??!!
    A milicada engolindo em seco, pergunto:
    Até que ponto isso é nocivo e danoso à imagem dos militares?

    Até onde podemos mensurar a omissão dos militares quanto à corrupção desenfreada, e que o país está sendo subjugado inapelavelmente pela desonestidade nos três poderes?!

    Tenho 71 de idade no lombo; há colegas mais idosos mas, certamente, eu e eles jamais vimos algo parecido com essa atual situação brasileira!!

    NADA FUNCIONA!
    NADA DÁ CERTO!
    NÃO SE TEM MAIS CONFIANÇA EM LADO NENHUM!

    Que palhaçada o lema escolhido:
    Brasil acima de todos, Deus acima de tudo, mas

    ROUBAR É O OBJETIVO!!!

    Tá feia a coisa, muito feia, cada vez mais feia!

    • Não entendi um capitão mandando em general ,,,

      O capitão da reserva ou seja , é um civil ou um ex-militar ..

      No executivo quem manda é o presidente e pronto ..
      Se o presidente fosse um gari aposentado ?

      • Tu não deves ter servido o Exército ou outra Arma.

        Se não sabes, a hierarquia é simplesmente vital para essas instituições.
        Não interessa quem manda:
        se inteligente, burro, mentecapto, gênio … nada.

        Manda quem tiver mais divisas na manga da gandola e estrelas nos ombros.

        Bolsonaro além de ter sido Primeiro Tenente, – saiu capitão depois que foi para a reserva remunerada -, teve problemas no seu comportamento militar, a ponto que esteve ali, ali, para não ser expulso.

        Tempos depois, ei-lo presidente do Brasil, e convida generais para o seu staff.
        Apesar da função – quem manda é o presidente – não é por aí.
        A obediência, lealdade, o respeito, a consideração pelos seus superiores no passado não podem ser deixadas de lado porque foi eleito como primeiro mandatário dessa republiqueta.

        Primeiro, o país não é dele;
        Segundo, nada de autoritarismos;
        terceiro, pelo menos, o presidente deve ser educado.

        Essas demonstrações de autoridade perante a generais mesmo que na reserva não são boas à imagem do ex-capitão.
        De nada adianta querer se vingar do passado quando prestava o serviço militar.
        Se foi perseguido, injustiçado, alvo de “chave de estrela” …passou, vida nova.

        Mas, a sua conduta está deixando a desejar entre o meio militar, e não se pode negar que causa mal-estar à Instituição, e até causa um certo desconforto ao povo.

        • Concordo com que vida tem que seguir .
          Mas o general, quando aceitou o cargo tinha total conhecimento que estaria sendo comandado por um de inferior hierarquia .
          Poste não mija em cachorro , nesse caso pede pra sair , ou melhor não deveria aceitar o cargo.
          Eu servi o exército brasileiro na Gloriosa Cavalaria …Andrade Neves .. turma de 1984.

          • Parabéns, Bagaçado.

            Mas tu és um guri, pois a minha classe é de 50, logo, servi a partir de 68, na PE.

            Evidente que o chefe é Bolsonaro.
            Mas não o será para sempre.
            Quando deixar o Planalto e voltar a ser ex-capitão, certamente receberá críticas dos militares pelos seus rompantes e autoritarismos, enquanto na presidência.

            Bom dia.

  2. Bom, se eu acrescentar os roubos do PT, então só vai piorar a situação para este governo!

    No governo do PT a corrupção correu solta;
    no governo de Bolsonaro a corrupção segue a sua vida;
    esquerda e direita só têm um objetivo:
    ROUBAR!

    Tá bom, assim, Ronaldo?
    Ficou mais equilibrado?

    Bom dia.

  3. 1) Licença… o Garuda, pássaro mitológico do Hinduísmo, me contou que …

    2) O Centrão vai querer se reeleger em 2022 e assim vão importar a vacina da China e de qualquer outro lugar, onde ajudem a salvar a vida das pessoas…

  4. Tá um nojo este País !
    Eu era feliz no exterior e não sabia…
    Pelo menos não ficava sabendo de tantas lambanças,imundícies e canalhices, que se pratica aqui neste Paizão de merda, infestado de bandidos de toda espécie, com destaque para os ratos e ratazanas mal cheirosos, que á cada dia se locupletam mais, roubando dinheiro público descaradamente com impunidade garantida pelas quadrilhas de “julgadores” de cabaré…
    Socorro !
    Credo !

  5. Se ele deve à União como pessoa física, e o Congresso insistir em empossá-lo, nada mais justo do que a Receita Federal confiscar seu salário, verbas de gabinete, penduricalhos diversos e cada e qualquer centavo de remuneração para abatimento da dívida.

  6. Esses VAGABUNDOS são que deicha o povo carentes em todas a situações poderiamos ter uma vida mais digna
    Andamos de ônibus enguanto pagamos viagem e passeios de aviões
    São uns LESA-PÁTRIA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *