Fique atento à contagem regressiva para a recriação de um mundo melhor

Resultado de imagem para recriação da vida

Paulo Peres
Site Poemas & Canções

O administrador de empresas e poeta carioca Marcos Fernandes Monteiro, conhecido como Cokito, na letra de “Contagem Regressiva”, parceria com Johnny do Matto, personifica-se de profeta e alerta para os primeiros sinais. A música “Contagem Regressiva” foi gravada por Johnny do Matto no CD Parcerias, em 2009, produção independente.

CONTAGEM REGRESSIVA
Johnny do Matto e Cokito

Fique atento aos primeiros sinais
Movimentos celestes
A chegada das pestes
Mensagens astrais

Fique atento aos primeiros sinais
Caso a lua se vá
Sem querer mais voltar
E o sol também for
E levar seu calor

Fique atento aos primeiros sinais
Só restará uma prece
E é bom que se apresse
Pois a estrela cadente
Desce incandescente
Anunciando a matança

Mas ainda há esperança
Na força de um grito
Que leve ao infinito
Toda a redenção
De um novo ser humano
Em um novo plano
Através da lição
Em um novo mundo
Na recriação

6 thoughts on “Fique atento à contagem regressiva para a recriação de um mundo melhor

  1. Conscientemente, todo ser humano é de natureza eclética. Por mais que algumas conquistas e prazeres buscados por outrem, a você possa parecer absurdo ou desonesto. Ora, se eu sei que sendo inescrupuloso, eu terei maiores probabilidades de sair exitoso de uma tentativa, de que se eu incorporasse um proceder ético.
    Assim, por mais ingênuos que queiramos encenar, o que podemos vislumbrar da posteridade, será uma secessão de gerações cada vez pior que anterior. Remar contra uma conduta já impregnada no inconsciente coletivo, nem Jesus Cristo conseguiu triunfar sobre.

    • Esta é a linha de raciocínio do governo estadunidense, ao fundamentar a sua relutância contra a idéia de reduzir a degradação ambiental. “Se é destruindo que eu estou crescendo, por tenho de parar para regredir? Nem que tal crescimento se encaixe no presságio dos profetas escatológicos: bons tempos por pouco tempo! Mas o que vale é o aqui e o agora!

  2. Mais uma profecia sobre o fim do mundo. Os sinais dos tempos estão ai, todos os dias, noticiados pela TV e jornais. Estamos vendo. Entretanto, os dois compositores nos trazem Esperança de dias melhores :
    “Mas ainda há esperança
    Na força de um grito
    Que leve ao infinito
    Toda a redenção
    De um novo ser humano
    Em um novo plano
    Através da lição
    Em um novo mundo
    Na recriação”

    • Frase do Plano Cruzado: “Tem que dar certo”. Positivismo de Auguste Comte puro, torcida de cadeirante. Cadê a base material sobre a qual essa reumanização possa erguer-se? Donde virá a roupagem messiânica que revestirá o novo ser?
      A esperança é uma embromação sorrateira, que nos conduz dopados, nesta vida passageira.

  3. Não sei com que base andaram dizendo que a Terra a 2000 não chegaria; Estamos em 2018. E pela profecia de Baba Vanga, a Terra irá até o ano de 5099.Também previu que em 2018 – A China se torna a nova potência mundial.
    Baba Vanga Pandeva nasceu em 1911, falecendo em 1996. Viveu quase toda a sua vida na Bulgária. Perdeu a visão quando tinha 12 anos, vitima de um tornado. Quando foi encontrada, havia areia nos olhos dela, o que lhe comeu a vista.
    Vanga começou a fazer previsões aos 16 e se tornou muito famosa. Foi visitada por personalidades como Hitler (que, segundo a história, não gostou do que descobriu). Foi uma das poucas pessoas que foram contratadas como “vidente” pelo governo.

    Mais fim do mundo:
    Apocalipse é um livro de revelações divinas escritas por S. João.
    Devido ao fato de, na maioria das bíblias em língua portuguesa se usar o título Apocalipse e não Revelação, até o significado da palavra ficou obscuro, sendo às vezes usado como sinônimo de “fim do mundo”.

    • Um vaticínio de Baba Vanga a caminho da consumação: Iria haver um excesso de comidas, nos centros urbanos, porém, as pessoas fugiriam para o campo; já que as comidas das cidades estariam envenenadas.
      Há dois meses, a TV Record exibiu um documentário excelente, com depoimentos de trabalhadores das indústrias de agrotóxicos, de toxicologistas, oncologistas, nutricionistas, trabalhadores da agricultura e afins. Um painel de telhado das desgraças que nós ingerimos no quotidiano, e as multienfermidades resultantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *