Flávio Bolsonaro foge de acareação com Paulo Marinho sobre vazamento de Operação Furna da Onça

Defesa alega que Flávio estava em “agenda no Amazonas”

Italo Nogueira
Folha

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) faltou à acareação nesta segunda-feira, dia 21, com o empresário Paulo Marinho marcada pelo Ministério Público Federal como parte da investigação sobre vazamento de dados sigilosos sobre Fabrício Queiroz antes das eleições de 2018. A marcação de uma nova data para a acareação pode sofrer um impasse. O senador quer usar a prerrogativa do cargo para marcar o encontro no dia 5 de outubro em seu gabinete, em Brasília.

O procurador Eduardo Benones, responsável pela investigação, diz que a prerrogativa de Flávio não se encaixa em casos de acareação e que ainda definirá nova data e local. Marinho, por sua vez, recusa-se ir a Brasília em razão da necessidade de entrar num avião durante a pandemia.

JUSTIFICATIVA – Flávio alegou ao MPF que esteve em agenda no Amazonas. Benones afirmou que ainda não recebeu a petição da defesa do senador. Disse que, caso não haja justificativa legal condizente para a ausência, representará contra o senador pelo crime de desobediência. “Fora de uma justificativa médica ou uma ordem judicial, não vejo embasamento legal [para não comparecer]. Se isso de fato aconteceu, tenho por dever de ofício representar ao procurador-geral da República para que ele tome as providências”, disse Benones.

A investigação foi aberta após entrevista de Paulo Marinho à Folha, em que o empresário disse que, segundo ouviu do próprio filho do presidente Jair Bolsonaro, um delegado da Polícia Federal antecipou a Flávio em outubro de 2018 que a Operação Furna da Onça, então sigilosa, seria realizada.

“RACHADINHA” – Embora não fosse alvo, o nome de Fabrício Queiroz, suspeito de ser o operador da “rachadinha”, e sua movimentação financeira estavam mencionados em documento do inquérito. O senador nega ter dado tal informação. A acareação serviria, segundo Benones, para esclarecer as divergências sobre o fato.

“Vou morrer confirmando minha versão dos fatos porque foi o que aconteceu. Venho aqui quantas vezes o procurador quiser. Eu não sei se ele está mentindo. Sei que eu estou dizendo a verdade. Se a tese dele é frontalmente contrária à minha, então ele está mentindo”, disse Marinho.

15 thoughts on “Flávio Bolsonaro foge de acareação com Paulo Marinho sobre vazamento de Operação Furna da Onça

  1. O Brasil é o paraíso dos canalhas. Aqui, eles tem cobertura legal e dane-se a lei. Um vagabundo qualquer pode inventar uma mentira sobre outro cidadão, essa mentira será publicada sem provas na imprensa corrupta e a reportagem servirá de base para a nova-inquisição investigar o cidadão sem nenhum indício. Aquele princípio da ônus da prova que se exploda, principalmente se o cidadão for parente ou amigo do Presidente da República que derrotou a bandidocracia vermelha.

  2. WOOOOOOOOOOOOOOOW !!!!!!!!!!!!!!!!!!

    A bundamolice parece ser uma herança genética na família e pseudo machões……….kkkkkkkkkkkkk xD

    Flavinho Chocolícia (Chocolateiro da Milícia…kkkkkk xD) fugindo da acareação ????

    Alô, senador Chocolícia !!!!

    Alô, Chocolateiro da Milícia!!!

    O que foi que houve, rapaz???

    Ficou com medinho de desmaiar igual em 2016 no debate pra prefeito???

    Honra as tuas calças, rapaz!!

    Pelo menos finja que você não é um calça frouxa!

    Tá ficando feio pra família que adora pagar de machão!!!

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk xD

      • O pai em 1995 ——> “Ainnnnnnnnnnn, mesmo armado me senti indefeso!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!”

        ————————————-

        O filho em 2016 ——> “Ainnnn, tô tendo uma baixa de pressão..”

          • EM TEMPO:

            Viram o Flavinho Chocolícia dançando no programa do Sikera Jr.?

            Tinha um jegue no meio da coreografia….

            Acho que era uma homenagem à manada do Imbrochável….

            kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk (Pausa pra respirar!) kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk (Outra pausa!) kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk (engasgando de tanto rir!) kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk (Ufa!) kkkkkkkkkkkkkkkkk xD

  3. Parabéns Folha e Tribuna da Internet pela excelente matéria sobre esta operação – o Sr. Paulo Marinho ( Psdb ) – homem corajoso e a verdade, Sr. Paulo – pode crescer e ganhar as eleições no Rio, Obs. este e o trabalho da Imprensa da verdade informar a verdade doa a quem doer, o Apoio de entidades cono da Abi, SJMRJ e OJB e sempre primordial com certeza ( afinal estamos escrevendo a história ). 2020.

  4. Igual ao caso anterior do grande corrupto e ladrão Lula. Apenas estou lembrando para a comparação ficar mais clara!
    Por tudo que já fez, está fazendo e ainda fará, Flávio Bolsonaro, o mais votado senador de todos os tempos, dá as provas definitivas de sua culpa no cartório!
    Ora, se não tem “malfeitos”, por que foge, se esconde, se esquiva, escafeder-se da justiça! Está assumindo o rabo e o tamanho dele no caso das “rachadinhas”.
    Só vê quem não quer, nem não tem caráter e defende bandido!
    Pode demorar um pouquinho mais, mas ele sentará no banco dos réus e será condenado. Não se pode pensar em outro final.
    Enquanto isto, o pai que mentiu em tantos casos, mente no caso do filho também! Lembrem-se do que disse quando surgiu o caso: que não tinha nada com ele; que é maior deidade e se errou tem de responder pelo erro!
    O mundo é redondo e dá voltas! Se está achando que vai só com “bolsa miséria” ganhar, que espere. Collor, FHC, Lula, Dilma, Temer, todos tiveram sua hora.

    • E o pior, segundo ele, estava cumprindo agenda oficial.

      Ou seja, o cara é eleito para fazer palhaçada.

      Desculpa de amador para fugir, aí sim, de um compromisso oficial que era comparecer a uma acareação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *