Folha diz que ministro do Esporte não ataca Teixeira para não tumultuar ambiente

Durante sabatina promovida pela Folha, em parceria com o UOL, o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, disse que não poderia criticar diretamente o presidente da CBF e do comitê organizador da Copa-2014, Ricardo Teixeira, que vive crise no comando da Confederação Brasileira de Futebol.

“Olha, eu não vou falar do presidente da CBF ou da confederação X de determinado esporte porque, se na minha função de deputado eu sou livre para dar qualquer opinião, como ministro de Estado tenho que manter laços com vários entes que participam desses dois grandes eventos [o Mundial e a Olimpíada do Rio, em 2016] e tenho obrigação de manter um ambiente institucional”, disse Rebelo na tarde desta sexta, no auditório da Pinacoteca, em São Paulo.

Apesar de perguntas seguidas sobre o assunto, ele manteve essa posição.
“Temos que lidar com um ambiente de harmonia apesar de uma disputa ou outra. O COL [comitê local] tem o Ricardo Teixeira e os ex-jogadores Bebeto e Ronaldo. Eu procuro trabalhar com todos eles”, acrescentou o alagoano, com mandato por São Paulo.

E completou: “Você sabe que a Copa é um sistema muito complexo de interesses, de objetivos. É o interesse da população, de desenvolver engenharia, educação, saúde, segurança. Ainda tem a Fifa, que é um ente respeitável, com mais filiados que a própria ONU, já reconhece até a Palestina, mas é um ente privado, associado a uma série de patrocinadores, que são grandes empresas do mundo”.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG – Traduzindo tudo isso: a Folha quer derrubar Ricardo Teixeira e age escancaradamente. Armou a arapuca para o ministro do Esporte. Fez perguntas seguidas sobre Teixeira, mas Aldo Rebelo não aceitou no jogo. Preferiu ficar na reserva, sem entrar em campo para ajudar a Folha, e acabou ajudando Ricardo Teixeira. Assim, ao que parece o jornalista Vicente Limongi Netto está com a razão – Teixeira só deixa a CBF em 2014, depois da Copa. Mesmo assim, só sai se quiser.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *