Folha insinua que Toffoli nem teria ajudado a Odebrecht na época do e-mail

Resultado de imagem para marcelo odebrecht

Marcelo Odebrecht confirmou que era o apelido de Dias Toffoli

Mônica Bergamo
Folha

O empreiteiro Marcelo Odebrecht disse à Polícia Federal que não saberia explicar as tratativas que a construtora Odebrecht fazia com o então advogado-geral da União, Dias Toffoli, em 2007 —quando se referia a ele, em e-mails internos, como “amigo do amigo de meu pai”.

Na verdade, Marcelo travava uma queda de braço pessoal com a então ministra das Minas e Energia, Dilma Rousseff, em torno do leilão das hidrelétricas de Santo Antônio e Jirau, no rio Madeira. Toffoli participava das conversas.

VERSÃO – Segundo profissionais da empreiteira envolvidos nas tratativas da época, Marcelo Odebrecht perdeu a parada. Ao contrário do que desejava, o governo liberou subsidiárias da Eletrobrás para participar de consórcios concorrentes aos da empreiteira nos leilões.

Toffoli diz que as “insinuações” da Crusoé, que publicou os e-mails de Odebrecht, sobre a atuação dele são “inverdades”.  E o ministro Alexandre de Moraes, do STF, determinou que o texto sobre Odebrecht e Toffoli fosse retirado do ar. A revista diz que reitera o teor da reportagem.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Como diria o grande ator Francisco Milani, há controvérsias. A Odebrecht não perdeu nenhuma parada, porque ganhou a concorrência e é a líder do consórcio da Usina de Santo Antônio, junto com Andrade Gutierrez, Furnas, Cemig e Caixa FIP Amazônia Energia. A matéria da Folha está esquisita, porque desde sempre as empresas energéticas participam dos leilões de hidrelétricas.
Além disso, em 2007 a família Odebrecht não precisava travar briga com Dilma Rousseff, que nem era mais ministra de Minas e Energia desde 2005.

Além disso, Emilio Odebrecht fechava negócios diretamente como Lula, não precisava de mais ninguém. Na época, Toffoli estava na Advocacia-Geral da União e apenas dava um jeito de legalizar os acordos de Lula. Assim, quando Marcelo Odebrecht pergunta se o executivo “já fechou” com “o amigo do amigo de meu pai”, certamente está indagando se o titular da AGU já tinha apresentado o parecer favorável à Odebrecht. Na época, a empresa negociava direto com Lula, e Toffoli era apenas ator coadjuvante. (C.N.)  

12 thoughts on “Folha insinua que Toffoli nem teria ajudado a Odebrecht na época do e-mail

  1. O que pensar disso? O que irão fazer em Lisboa os Presidentes do STF, Senado, Camara e o nefasto Gilmar Mendes? Conspirar? Barrar CPI da Lava Toga? Barrar pedidos de impeachment? Fazerem acordos para livrar a cara de mundo? Isso é uma VERGONHA !!!

    Gilmar Mendes Faz Convite A Maia, Tóffoli E Alcolumbre, Para Participarem De Fórum Em Lisboa
    Notícias Brasil Online – Rafael Tadeu

    O que esperar de um Senado presidido por um homem apontado em processos de corrupção? Alcolumbre, Maia (também apontado em corrupção), Toffoli – “o amigo do amigo do meu pai”, e o “deus” Gilmar viajam juntos para Portugal. Coincidência?

    Como é difícil consertar o Brasil com pessoas comprometidas como esses Rodrigo Maia, Davi Alcolumbre, Dias Toffoli e Gilmar Mendes.

    O recém eleito presidente do Senado, Davi Alcolumbre é alvo de dois inquéritos no Supremo Tribunal Federal (STF) que apuram irregularidades na campanha eleitoral de 2014, quando foi eleito senador. Parece que ele está mais sujo do que os caminhões da “Comlurb”. Para quem não sabe o que é Comlurb eu explico: é a Companhia Municipal de Limpeza Urbana da cidade do Rio de Janeiro, uma sociedade de economia mista que presta serviço à prefeitura.

    LEIA MAIS:

    O presidente da Câmara, Rodrigo Maia é o “BOTAFOGO” na planilha da Construtora Odebrecht, Vale lembrar que o presidente da Câmara e o terceiro homem na linha sucessória da presidência da República. Agora vamos passar do desmoralizado Legislativo para o não menos desmoralizado Judiciário e tentar divulgar para a sociedade, já que a imprensa comprometida com esses dois podres poderes não o faz, a lisura de seu mais alto dirigente.

    Todos nós, minimamente informados acabamos de tomar conhecimento do mais novo codinome surgido na lista dos graduados ladrões do dinheiro público. – “amigo do amigo do meu pai”- pois é, por favor, divulguem o nome dele, chama-se, José Antonio Dias Toffoli, sim ele mesmo, o presidente da mais alta corte do país.

    Pergunto como é que a mais alta corte do país pode ser presidida por alguém que tem um codinome na ista da odebrecht.

    • Caro Eliel, a frase correta seria “o comparsa do comparsa do meu comparsa”!

      -O Supremo é mesmo IMORAL: Enquanto os doutores ficam fazendo turismo, os processos ficam mofando nas suas gavetas!

  2. “A Folha de S. Paulo informa que “Marcelo Odebrecht enviou à Polícia Federal e ao Ministério Público Federal outros emails que trariam menções ao ministro Dias Toffoli.

    Segundo pessoas que tiveram acesso aos documentos, além do apelido ‘amigo do amigo do meu pai’, Toffoli também foi creditado apenas com a letra ‘T’ em algumas mensagens”. (O Antagonista).

    Se o “Amigo do Amigo” ou simplesmente “T” tivesse ficado quieto, a matéria da Crusoé nem teria tanta repercussão. Agora todo mundo só fala dele.

    • Teve a matéria sobre a mesada de 100 contos, que saiu e pouco se falou, ouviu-se um silencio ensurdecedor, e passou em branco, se tivessem feito o mesmo, agora até o zé do churrasquinho de gato tá comentando o assunto.

  3. E pensar que os malvadões acusados de serem censores anti-democratas e fascistas eram Médici, Geisel, Figueiredo e . Bolsonaro. Há ha há ha há ha há ha há ha há ha. Com a galerinha vermelha no poder, aqueles 4 são umas “Damas da democracia “!

  4. Supremacia judaica: queimando igrejas legítimas sob a lei judaica

    O ativista de direita radical Bentzi Gophstein, que escapou por pouco de acusações de incitamento à violência, foi registrado dizendo que ele inquestionavelmente apóia a queima de igrejas e “casas de idolatria”.

    https://www.ynetnews.com/articles/0,7340,L-4688289,00.html

    Já que em sua lei você pode oficialmente incendiar nossas igrejas, podemos colocá-lo oficialmente na prisão, porque em nossa lei, o incêndio deliberado é um crime.

  5. Ex presidente do Peru se mata, vergonha perante a sociedade do Peru, aqui no Brasil, é diferente, não estou pedindo para ninguém fazer o mesmo, pois este ato é covardia de assumir seus erros, mas no Brasil, quem pratica corrupção sabem da IMPUNIDADE existente, não pegam a pena completa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *