Folha, O Globo e Estadão têm 911 mil exemplares e 663 mil assinantes online

REDAÇÃO EM REDE: IDEIAS. Charge. sobre manipulação da mídiaPedro do Coutto      Tirinha do Alexandre Beck

Os três maiores jornais do país – a Folha, O Globo e o Estadão –alcançaram circulação impressa no mês de maio de 911 mil exemplares nas bancas e assinaturas. Nas assinaturas online, a Folha registrou 268 mil, O Globo 245 mil e o Estadão 150 mil, perfazendo um total de 663.000 por dia.

Somando-se a circulação impressa e os acessos online, a Folha mantém a liderança, seguida de O Globo e do Estadão. São os três maiores jornais do país, deixando em quarto lugar o Valor, cuja circulação se realiza entre os grupos empresariais e as faixas de renda mais alta. O mesmo se verifica quanto a presença do Valor na área financeira.

INFORMAÇÃO E OPINIÃO – A matéria foi publicada na edição de hoje da Folha e representa a verificação numérica do que eu chamo mercado de informação e opinião. Não há dúvida quanto a importância cada vez maior das edições online, sobretudo porque a informação se acrescenta no decorrer de cada dia.

Assim, por exemplo uma parcela da opinião pública toma conhecimento dos fatos na hora do almoço e à tarde. Enquanto que pelo jornais impressos tem de haver uma espera de 24 horas.

Os sites também estão em evolução, como é o caso da TI, cujos artigos que publica diariamente se somam à transcrição das principais matérias dos jornais, revistas, sites e portais, formando uma seleção do que há de mais importante na mídia, como um todo, inclusive nas edições online de matérias que dão margem à redação de outras. Este é um fato concreto.

EXISTEM DIFERENÇAS – A meu ver, Há muita diferença entre as edições impressas dos jornais e a sistema online. Isso porque cada exemplar de jornal é lido por mais de uma pessoa, a média é de 2,8 por exemplar, uma vez que se considera a média de 4 pessoas por domicílio. Já as edições online têm o acesso de uma pessoa a cada vez. Mas no universo da internet essa multiplicação não se aplica.

Há uma diferença também que ocorre mais na área da opinião do que da informação. Nas reportagens longas e nas opiniões (editoriais e artigos assinados), a meu ver a vantagem tende para as edições impressas.

Vejam, por exemplo, o relacionamento entre o New York Times e o Washington Post, grandes jornais americanos com o Google. Para o New York Times, cuja tiragem diária é de 4 milhões e 500 mil exemplares, o Google concordou em pagar 4 milhões de dólares por mês porque reproduz matérias do jornal em sua monumental rede de informações em todo o mundo.

###
AUMENTO DO DÉFICIT DA PREVIDÊNCIA

Na Previdência, o aumento do déficit decorre do menor recolhimento por parte das empresas. Reportagem de Marcelo Correia, O Globo de hoje, revela que o déficit da Previdência Social este ano vai crescer muito mais do que assinalava a previsão do Ministério da Economia.

Como o número de empregados diminuiu, em razão do desemprego, com ele diminuíram também as contribuições patronais na ordem de 20% ao mês. Em consequência, a previsão da diferença entre receita e despesa sobe para 306 bilhões de reais até dezembro. A previsão inicial feita por Paulo Guedes estimava o déficit em 264 bilhões de reais.

O estudo é do Instituto Fiscal Independente que funciona no Senado Federal. Comentando o assunto, a economista Margarida Gutierrez argumenta que a face mais importante da reforma previdenciária que entrou em vigor não é seu efeito imediato mas sim uma base que vai se firmar ao longo dos próximos anos. Entretanto, digo eu, tudo dependerá da queda dos índices de desemprego.

13 thoughts on “Folha, O Globo e Estadão têm 911 mil exemplares e 663 mil assinantes online

  1. Ler não é entender! Até pode formar opinião, mas tudo depende do tema e do eleitor.
    Recomendo uma análise nas manifestações/opiniões dos leitores, claro que quando permitidas.
    Na imensa maioria, é uma vergonha! Bobagens, baboseiras, defesa de coisas ilegais e erradas.
    Um verdadeiro festival de imbecilidades!
    E escrevo com conhecimento, pois leio de 400 a 500 comentários por dia. No mes passado, li cerca de 19 mil deles.
    Ler e entender tornou-se uma arte!
    Fallavena

    • -A preguiça de raciocinar e o desprezo pela leitura erudita fazem do indivíduo, um convencido das verdades prontas!

      -Quem crer, na existência de Formadores de Opinião, corre o risco de virar um maria-vai-com-as-mídias!

  2. Raio X do eleitor !!

    Bolsonaro X Hadad pt

    Assinale letra (B) se são eleitores de Bolsonaro e (H) para se eleitores de Hadad .

    ( ) traficantes
    ( ) banqueiros
    ( ) maioria de donos de emissoras de rádios e tvs
    ( ) donos de jornais e revistas
    ( ) quem gosta de baderna
    ( ) pedófilos
    ( ) estupradores
    ( ) invasores de terra
    ( ) desarmamentistas .
    ( ) cristãos
    ( ) os não religiosos
    ( ) policias

    • A diferença entre o primeiro e o segundo grupo, é que este comete seus crimes sob proteção de máscaras, e com o respaldo de um CAPO, que é capaz de sofismar e até criar leis, só para sacralizar seus apaniguados!

  3. É comovente ver o esforço da mídia oficial para nos convencer que ainda são relevantes. A Folha virou um panfleto político e sobrevive graças ao PagSeguro, a Globo é outra que sobrevive de outras rendas, pois se for depender de anunciantes e assinantes já era. O Estadão talvez por ser o melhorzinho e o menos megalomaníaco não sei como sobrevive.

  4. O grande e experiente Jornalista Sr. PEDRO DO COUTTO observa que os três maiores Jornais do Brasil, Folha de SP; O Globo; O Estadão, tem uma tiragem Impressa de +- 1.000.000/Dia, e Assinaturas onLine de +- 700.000/Dia.

    A nosso ver faltou ressaltar os +- 50.000.000/Dia dos que acessam os Sites gratuitos desses Jornais, eu inclusive, para se inteirar dos Assuntos mancheteados e mesmo de alguns que são deixados de “isca, amostras grátis”, para fisgar futuros Assinantes onLine.

    No final dos Anos 60′ costumava visitar o Arquivo e Sede do “Correio do Povo – PA-RS) Cia CALDAS JÚNIOR no começo da Rua dos Andradas, com o Térreo e Mezzaninos com centenas de Mesas e grandes máquinas de escrever matraqueando.
    Era o som de uma verdadeira Fábrica de Noticias.
    E que Som!

    Que diferença fazem meros 50 Anos. Hoje, e cada vez mais, o futuro das Comunicações será a Internet silenciosa.

    É por isso que Sites como o TRIBUNA DA INTERNET, onde além de lermos a Notícia, podemos discuti-la, debatê-la, fazer Pilpul ( análise aguda) da Notícia, cada vez terá mais importância. Os Comentários são o “tempero” da Comida “Notícia” e Comida sem tempero tem muito pouco sabor.
    É por isso que devemos ter o máximo de cuidado no Comentar, porque somos lidos por muitas Senhoras, Jovens e até Crianças.

    • Prezado Bortolotto
      Ouvindo a cd-Novela Pantanal, li teu comentário e visitei o local que descreveste. Quantas vezes ali estive, também. Primeiro para conhecer,depois para ler e pesquisarem jornais antigos e, finalmente, nos anos 90, participar em programas da Rádio Guaíba (entrevistas). Interessante como se pode, mesmo com a Internet google, continuar viajando pela memória no passado!
      Tua recomendação final tem tudo de verdade e seriedade!
      E é por isto que tenho a TI, também, como minha responsabilidade. Ah, se todos, ou a maioria, entendesse que em espaço assim podemos ajudar nosso país e nossos irmãos brasileiros!
      É preciso melhorar, a cada dia.
      Abraço
      Fallavena

  5. Prezado Sr. ANTONIO FALLAVENA,

    Leio sempre com muita atenção seus Artigos e sei que o senhor é um estudioso dos problemas Brasileiros, conhece o Brasil de ponta a ponta, e tem muito Bom Senso.

    São homens como o senhor que dão grandeza aos Debates no TRIBUNA DA INTERNET.
    Abraço.

    • Prezado Bortolotto, um dos grandes Tribunários, colaborador e mestre.
      Agradeço suas palavras. Dentro dos meus limites de conhecimentos procuro sempre aprender e ampliá-los. Tomara tivesse mais tempo para ler mais e melhorá-los.
      Que o final de semana seja de saúde paz.
      Abraço fraterno.
      Fallavena

  6. Acho um absurdo pagar por informação (!)
    Quando entro num site desses e vejo que tem Paywall até em notícias de interesse público de saúde, como a pandemia de Covid-19 ou qualquer outra doença, acho um cúmulo (!)
    Tento técnicas para burlar. Às vezes consigo, outras, não.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *