Fora-tarefa descobre ligaes da famlia de Lula com empresas da Lava Jato

Resultado de imagem para luiz claudio lula

Lus Cludio Lula est cada vez mais envolvido na Lava Jato

Deu no Correio Braziliense
(Agncia Estado)

A fora-tarefa da Operao Lava-Jato, em Curitiba, analisa o pagamento de R$ 68 mil efetuado por uma empresa de um scio do filho mais novo do ex-presidente Lula, Luis Cludio Lula da Silva, J Nobre Consultoria e Engenharia – usada pela empreiteira Andrade Gutierrez para pagar propina para o ex-presidente da Eletronuclear Othon Pinheiro da Silva, nas obras da Usina Nuclear de Angra 3.

O caula de Lula j alvo da Operao Zelotes por causa de valores recebidos da empresa Marcondes & Mautoni, acusada de atuar na compra de medidas provisrias. A empresa responsvel pelo pagamento que os investigadores rastreiam a HZ Administrao e Participaes. Ela tem como scio Jos Antonio Fragoas Zuffo. O empresrio do ABC um dos parceiros comerciais do filho de Lula na ZLT 500 Sports Gerenciamento e Marketing de Competies Esportivas. A ZLT 500 foi aberta em agosto de 2010 e, atualmente, consta como empresa desativada.

QUATRO PAGAMENTOS – A J Nobre declarou Receita ter recebido, entre outubro de 2011 e junho de 2012, quatro pagamentos da HZ Administrao e Participaes, que totalizaram R$ 68 mil. A reportagem apurou que no so os valores repassados que interessam aos investigadores. Segundo fontes com acesso investigao, o objetivo mapear qualquer transao financeira que possa explicar qual era a relao da famlia de Lula com empresas de fachada utilizadas pelas empreiteiras.

Alguns pontos chamam a ateno dos investigadores. O primeiro a teia de empresas nas quais o filho de Lula e seus scios, entre eles Fragoas Zuffo, possuem participao. Na mesma ZLT, Luis Cludio e Zuffo so scios de Fabio Haruo Tsukamoto. Ele scio de vrias empresas, entre elas a Bilmaker 600 Servios em Importao e Exportao, atualmente registrada com o nome de Wdealer Servio de Importao.

PRIMO DE BUMLAI – A Bilmaker j teve como scio Glaucos Costamarques Bumlai, primo do pecuarista Jos Carlos Bumlai, amigo de Lula e suspeito de custear as reformas no stio Santa Brbara, de Atibaia (SP), que a Lava-Jato diz ser do petista. Alm da relao de parentesco com Bumlai, Glaucos o proprietrio de um apartamento utilizado pela famlia Lula, em So Bernardo do Campo (SP). Em maro, quando foi deflagrada a Operao Aletheia, com busca e apreenso no apartamento do ex-presidente, os policiais descobriram que a famlia faz uso de outro imvel, no mesmo prdio.

A cobertura de Glaucos, a nmero 121, no edifcio Hill House, fica em frente que pertence ao petista, a 122. poca, Glaucos garantiu que Lula lhe paga aluguel. Essa segunda cobertura j era usada por Lula desde o primeiro ano na Presidncia, em 2003. At 2007, o PT pagou pelas despesas do imvel para que ele guardasse o acervo que doou ao partido. No segundo mandato, o governo assumiu os custos sob a justificativa de que era necessrio para a segurana do ento presidente.

SCIOS DA FAMLIA – Zuffo mais um dos scios dos filhos do ex-presidente investigados pela Lava-Jato. A suspeita que movimentaes financeiras e investidas comerciais dos familiares podem ter ocultado movimentao de dinheiro de propina. Empresrio do ABC paulista dono do Grupo Memorial, que tem funerrias, crematrios e cemitrios, o nome de Zuffo no integra os inquritos que investigam Lula, em fase final na Lava-Jato.

O ex-presidente alvo de trs apuraes principais, em Curitiba: uma sobre a compra e reformas executadas no Stio Santa Brbara, em Atibaia (SP), outra sobre reformas no trplex do Edifcio Solaris, do Guaruj (SP), e outra sobre pagamentos e doaes para a empresa de palestra do ex-presidente, a LILS Palestras e Eventos, e para o Instituto Lula.

No caso do stio de Atibaia, que a Lava-Jato diz pertencer a Lula, os principais alvos at aqui so os empresrios Fernando Bittar – filho do ex-prefeito de Campinas Jac Bittar – e Jonas Suassuna. Os dois aparecerem como donos do Stio Santa Brbara. Lula afirma no ser o proprietrio. Para os investigadores, o imvel, alm de ter sido comprado em nome de laranjas, foi reformado por empreiteiras acusadas de corrupo na Petrobras.

SEM COMENTRIOS – Procurado, Glaucos disse que no iria comentar as informaes da reportagem. Anteriormente, Glaucos negou que a compra do imvel em So Bernardo tenha sido um pedido de Jos Carlos Bumlai. Morador de Campo Grande (MS), o primo do amigo de Lula disse que adquiriu a cobertura por sugesto do advogado Roberto Teixeira, compadre de Lula..

A reportagem procurou Jos Fragoas Antonio Zuffo, mas no conseguiu contato. Scio de Fragoas Zuffo na HZ, o advogado Hamilton Dias de Souza informou, por meio de um representante, que os pagamentos efetuados J Nobre so referentes a “servios tcnicos de consultoria para aprovao de licena de funcionamento”. Segundo Dias Souza, a contratao da J Nobre teria sido negociada por Fragoas Zuffo. O Instituto Lula, por meio de sua assessoria de imprensa, informou que no comentaria o caso, porque no h acusao contra o filho do ex-presidente.

###
NOTA DA REDAO DO BLOG
A matria mostra como a fora-tarefa da Lava Jato est conseguindo levantar a podrido que cerca o enriquecimento ilcito da famlia Lula da Silva e se estende at um sobrinho de Marisa Letcia, chamado Taiguara Rodrigues dos Santos, investigado pela Lava Jato. Os federais j intimaram Lula para que preste depoimento sobre as relaes de Taiguara com a Odebrecht. Quanto ao primo de Bumlai, aceitou ser laranja e tambm vai pegar uma bela cadeia. A cobertura vizinha de Lula est em nome de Glaucos e a parede da sala foi derrubada, para duplicar a residncia da famlia Lula da Silva em So Bernardo. (C.N.)

8 thoughts on “Fora-tarefa descobre ligaes da famlia de Lula com empresas da Lava Jato

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.