França-Uruguai, o insípido 0 a 0

Chatíssimo, ninguém se destacou. Esse resultado favoreceu os Bafanas-Bafanas. Todos estão empatados. O Uruguai tem dois títulos, um em 1930, quem se lembra ou está vivo? O outro em 1950 contra o Brasil, que seria campeão com o empate. (Hoje não existe mais isso). O Brasil fez 1 a 0, os uruguaios precisavam de 2 gols. E não é que fizeram, diante de 200 mil torcedores?

A França ganhou uma única vez em 1998, com a convulsão de Ronaldo e a categoria de Zidane. Dificilmente ganhará outra vez, hoje deixou isso visível. E existe descontentamento.

Os três maiores jogadores da França, pediram Henry como titular, o treinador também. Só que a direção não aceitou, Henry só foi entrar aos 26 minutos do segundo tempo, a seleção estava desconjuntada.

Estavam envergonhados por causa do gol com a mão contra a Irlanda? Então por que a convocação? Henry em 2006 na Alemanha fez o gol da vitória contra o Brasil. Hoje, Henry não repetiu 2006 e o gol da classificação, não viu a bola. (Só pediu um pênalti que não houve, qual o árbitro que atenderá Henry?).

***

PS – Como o árbitro deu muitos cartões amarelos, acabou dando um vermelho para o Uruguai, devia ter dado também para a França.

PS2 – Loco Abreu entrou no segundo tempo, alegria para os botafoguenses, mas nenhum destaque para ele, apesar de ter corrido.

PS3 – Quando o árbitro apitou o fim do jogo, satisfação para todos, ninguém suportava tanta mediocridade.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *