Francisco Bendl volta ao Blog logo depois das eleições

Carlos Newton

Nosso querido comentarista Francisco Bendl fez contato para informar que está bem e volta à Tribuna da Internet logo depois das eleições, no dia 27, já recuperado e com mais disposição para escrever e se relacionar com o pessoal, como ele diz, mandando lembranças para um bando de gente, inclusive Almério Nunes e Isac Mariano, que estão sumidos.

O Blog me fez muito bem como pessoa; trouxe-me sentido à vida durante quase três anos”, disse Bendl, acrescentando: “Quem tem eventualmente trocado mensagens comigo e está sendo muito atencioso é o Dr. Béja, que me enviou até mesmo um livro de presente, duas gravações dele tocando piano e fotos dele e da esposa”.

Por outro lado, estamos na fase mais delicada de nossas vidas, aquela da saudade, da dor que sentimos dos que já foram embora e continuamos nessa vida sentindo as suas ausências. Sabe, é o momento do rescaldo do que fizemos, e se valeu a pena ou não a nossa trajetória, a nossa existência. Indiscutivelmente, a tua valeu a pena por aquilo que realizaste, Newton, pela possibilidade que deste para que milhares de pessoas se distraíssem, se informassem, aprendessem, ficassem a par dos acontecimentos nacionais e internacionais”, assinalou o grande Bendl, sem o qual o Blog não é mais aquele…

SOBEM OS ACESSOS

E vamos então a mais uma boa notícia: a procura pela Tribuna da Internet continua aumentando e já estamos trabalhando acima de 6 mil acessos diários. Ou seja, trilhamos o caminho certo.

Aproveitando a ocasião, faço um apelo aos colaboradores do Blog quanto à necessidade de facilitar a edição dos artigos, que é detalhada e demorada. Por exemplo, mandem os títulos dos artigos em letras minúsculas e os entretítulos em maiúsculas. Motivo: a plataforma que usamos (World Press) publica os títulos dos artigos sempre em maiúsculas e faz essa transformação automaticamente.

Mas os títulos dos artigos precisam vir em minúsculas, porque eles são repetidos nos dois quadros do lado direito do monitor: “TÓPICOS RECENTES” e “COMENTÁRIOS”. Se eu deixar os títulos em maiúsculas eles saem assim nos dois quadros, diminuindo o número de tópicos (artigos) e comentários desses importantes sumários, onde basta clicar neles para lê-los na íntegra.

Então, não esqueçam: Títulos sempre em minúsculas e ENTRETÍTULOS em maiúsculas.

31 thoughts on “Francisco Bendl volta ao Blog logo depois das eleições

  1. Caro Bentl,
    Seja bem-vindo com as suas ponderações!

    Caros participantes,
    Não se esqueçam de contribuir nas casas lotéricas para que esse espaço continue independente. Anote a conta em um papelzinho, ponha da carteira e quando estiver passando por acaso perto de uma dessas casas, dê uma paradinha e faça uma fezinha na democracia!

    Caro Newton,
    Grato pelo trabalho em oferecer este espaço “de bandeja e sem trabalho algum” para os participantes. Trabalho mesmo, só o teu! Só uma pergunta: é verdade que o blog ganha por cada clicada que damos nos ícones de propaganda que aparecem?

    Abraços e boa sorte.

    • Prezado Francisco Vieira,

      Não sei muito como isso funciona. Acho que o Blog ganha por clicada, mas é um valor mínimo e não adianta ficar clicando aleatoriamente, porque o Google é como o Big Brother original, de George Orwell, que tudo sabe, tudo vê. Acho que o Blog ganha mesmo quando alguém veja negócio através desses anúncios. Dentro de mais uns dias vou perguntar ao Marcio Lordelo, especialista em informática, como isso funciona e quanto faturamos este mês, para acrescentar à nossa prestação de contas.

      Abs.

      CN

    • Basicamente existem dois meios de faturamento com os anúncios: Visualização dos anúncios e cliques. Em relação à maneira que são contabilizados os ganhos, isso irá variar de acordo com a campanha que foi contratada pelo anunciante (empresa que pagou ao Google para exibir anúncios de sua empresa/marca) e os valores repassados pelo Google serão, se não me falha a memória, 68% do valor definido pelo anunciante. Ou seja:

      Um anunciante cria uma campanha e define que quer pagar, por exemplo, R$ 1,00 por clique. Dessa forma quando alguém aqui do blog clica no anúncio desse anunciante R$0,68 é repassado para o blog e o restante fica com o Google.

      Já para o caso de campanhas de visualização o anunciante define pagar, por exemplo, R$5,00 a cada mil visualizações dos seus anúncios. Caso seja exibido mil vezes o bendito anúncio aqui no blog, há o faturamento de R$3,40. Se ao término da campanha o anúncio não tenha sido exibido mil vezes no blog ainda há o faturamento proporcional à quantidade de vezes que ele foi exibido.

      Sendo assim, na “dúvida”, o ideal são os cliques mesmo. Como o valor ganho é muito dependente do valor anunciante define em sua campanha, quanto mais cliques melhor.

  2. Uma notícia realmente gratificante para o dia de hoje: Francisco Bendl. o Retorno… com uma mensagem de vida bem ao estilo do nosso estimado amigo.
    Abraços, senhor Bendl… até depois das eleições.

      • Correto … amigo … está lá: “1. Honra o médico por causa da necessidade, pois foi o Altíssimo quem o criou. 2. (Toda a medicina provém de Deus), e ele recebe presentes do rei: 3. a ciência do médico o eleva em honra; ele é admirado na presença dos grandes. 4. O Senhor fez a terra produzir os medicamentos: o homem sensato não os despreza. 5. Uma espécie de madeira não adoçou o amargor da água? Essa virtude chegou ao conhecimento dos homens. 6. O Altíssimo deu-lhes a ciência da medicina para ser honrado em suas maravilhas; 7. e dela se serve para acalmar as dores e curá-las; o farmacêutico faz misturas agradáveis, compõe ungüentos úteis à saúde, e seu trabalho não terminará, 8. até que a paz divina se estenda sobre a face da terra. 9. Meu filho, se estiveres doente não te descuides de ti, mas ora ao Senhor, que te curará. 10. Afasta-te do pecado, reergue as mãos e purifica teu coração de todo o pecado. 11. Oferece um incenso suave e uma lembrança de flor de farinha; faze a oblação de uma vítima gorda. 12. Em seguida dá lugar ao médico, pois ele foi criado por Deus; que ele não te deixe, pois sua arte te é necessária. 13. Virá um tempo em que cairás nas mãos deles. 14. E eles mesmos rogarão ao Senhor que mande por meio deles o alívio e a saúde (ao doente) segundo a finalidade de sua vida. 15. Aquele que peca na presença daquele que o fez, cairá nas mãos do médico. 16. Meu filho, derrama lágrimas sobre um morto, e chora como um homem que sofreu cruelmente. Sepulta o seu corpo segundo o costume, e não descuides de sua sepultura. 17. Chora-o amargamente durante um dia, por causa da opinião pública, e depois consola-te de tua tristeza; 18. toma luto segundo o merecimento da pessoa, um dia ou dois, para evitar as más palavras. 19. Pois a tristeza apressa a morte, tira o vigor, e o desgosto do coração faz inclinar a cabeça. 20. A tristeza permanece quando (o corpo) é levado; e a vida do pobre é o espelho de seu coração. 21. Não entregues teu coração à tristeza, mas afasta-a e lembra-te do teu fim. 22. Não te esqueças dele, porque não há retorno; de nada lhe servirás e só causarás dano a ti mesmo. 23. Lembra-te da sentença que me foi dada: a tua será igual; ontem para mim, hoje para ti. 24. Na paz em que o morto entrou, deixa repousar a sua memória, e conforta-o no momento em que exalar o último suspiro. 25. A sabedoria do escriba lhe vem no tempo do lazer. Aquele que pouco se agita adquirirá sabedoria. 26. Que sabedoria poderia ter o homem que conduz a charrua, que faz ponto de honra aguilhoar os bois, que participa de seu labor, e só sabe falar das crias dos touros? 27. Ele põe todo o seu coração em traçar sulcos, e o seu cuidado é engordar novilhas. 28. Igualmente acontece com todo carpinteiro, todo arquiteto, que passa no trabalho os dias e as noites. Assim sucede àquele que grava as marcas dos sinetes, variando as figuras por um trabalho assíduo; que aplica todo o seu coração na imitação da pintura, e põe todo o cuidado no acabamento de seu trabalho. 29. Assim acontece com o ferreiro sentado perto da bigorna, examinando o ferro que vai moldar; o vapor do fogo queima as suas carnes, e ele resiste ao ardor da fornalha. 30. O barulho do martelo lhe fere o ouvido de golpes repetidos; seus olhos estão fixos no modelo do objeto. 31. Ele aplica o seu coração em aperfeiçoar a sua obra, e põe um cuidado vigilante em torná-la bela e perfeita. 32. O mesmo sucede com o oleiro que, entregue à sua tarefa, gira a roda com os pés, sempre cuidadoso pela sua obra; e todo o seu trabalho (visa a produzir) uma quantidade (determinada). 33. Com o seu braço dá forma ao barro, torna-o maleável com os pés, 34. aplica o seu coração em aperfeiçoar o verniz, e limpa o forno com muita diligência. 35. Todos esses artistas esperam (tudo) de suas mãos; cada um deles é sábio em sua profissão. 36. Sem eles nenhuma cidade seria construída, 37. nem habitada, nem freqüentada; mas eles mesmos não terão parte na assembléia, 38. não se sentarão nas cadeiras dos juízes, não entenderão as disposições judiciárias, não apregoarão nem a instrução nem o direito, nem serão encontrados a estudar as máximas. 39. Entretanto, sustentam as coisas deste mundo. Sua oração se refere aos trabalhos de sua arte; a eles aplicam sua alma, e estudam juntos a lei do Altíssimo”. (Eclo 38)

  3. Pois, é, Bendl:

    Volte logo e ENSINE a algumas pessoas, que pensam em votar no mesmo candidato que você, que é preciso ter respeito às opiniões alheias, que o “diferente” pode, inclusive, estar certo, e nós, equivocados, não é verdade? Muitos que vociferam, por aqui, nunca leram Voltaire, não sabem sequer de quem se trata; mas a falta de cultura NÃO impede ninguém de ter EDUCAÇÃO_ bah!, elementar!
    Outra coisa: a falta de educação e a deselegância inviabilizam a troca saudável de conhecimentos, nivelando, por baixo, o blog. E, claro, isso é reflexo do nível dos candidatos: NÃO é um estúdio para se debater idéias, é um ringue! Há muito, já me decidi NÃO participar disso, e portanto NÃO voto. A partir de primeiro de janeiro, muitos se decepcionarão, e não é necessário ser o tal vidente Carlinhos para pressenti-lo. O Carlos Chagas falou dos turcos, identificando-os com a população_ ah, Chagas, sou um pouquinho mais cético, e não vejo ” turquia” possível senão a militar. Até porque, auscultando os dois partidos e os dois candidatos, depois de todas as manifestações de 2013, a comparar chegamos: ” muito trovão é sinal de pouca chuva”.
    Daí, concluímos: os dois candidatos expressam, literalmente, a SECA que estamos vivendo. Água, por favor, Água!

    Saudações,

    Carlos Cazé.

  4. Muito bom dia, Bendi.
    Estamos todos muito alegres com a notícia de seu retorno para nos brindar com sua
    inteligência , é lógico – mas sobretudo gratos à Deus, por sua recuperação.
    Que Deus o abençoe.
    Um fraternal abraço.

  5. Grande Bendl, maior amigo.
    A natureza reage ao sopro do Pai.
    Teu retorno trará mais ânimo e energia ao debate.
    Confesso que não me animei, durante tua ausência, a escrever com profundidade (se é que isto é possível com meus parcos conhecimentos).
    O período foi pobre de propostas e virulento nos embates ideológicos.
    As campanhas são assim, mesmo que a gente não goste.
    Que Deus lhe dê muita saúde e que possamos continuar caminhando para um futuro melhor e mais justo.
    Seja mais do que bem vindo.
    Um grande e fraterno abraço ao amigo e irmão.
    Fallavena

  6. Prezado Sr. FRANCISCO BENDL, Saudações.
    Causou-nos muita alegria, saber que sua Saúde vai gradativamente melhorando, e que logo após as Eleições o ilustre Comentarista está voltando ao nosso convívio no TRIBUNA DA INTERNET onLine.
    Pessoas como o senhor, com grande experiência de vida, formadores de Famílias exemplares, são uma contribuição excelente para nossos Debates.
    Nunca me canso de agradecer nosso Editor-Moderador Jornalista veterano, Sr. CARLOS NEWTON por nos proporcionar esse Espaço Democrático, que Vale bem mais do que uma Mensalidade de R$ 20, a qual conclamo a que Todos os Leitores que puderem, que ao passar em uma Lotérica, paguem, para ajudar na Manutenção.
    CEF Ag. 211 CC. 323-4. Muito Obrigado.
    Um forte abraço a esse Gigante do Sul, Sr. FRANCISCO BENDL, esperando breve, seu Retorno.

  7. Grande Bendl, enfim uma notícia boa nesse mar de confusões que inunda os jornais!
    Benvindo de volta. Precisamos muito de você aqui. Do seu conhecimento, da sua sensatez, da sua disposição para o debate.
    Um abraço do
    Wilson

  8. Caro Bendl, teus artigos e comentários fraternos, preenche nossas lacunas, de vivencia em nosso querido Brasil, no enquadramento do Pastor Luther King: o que preocupa não é o barulho ou corrupção dos maus, mas o silêncio dos bons, e o amigo, por não ser “OMISSO”, como diz a “giria” põe a “boca no trombone” com lições de brasilidade e amor ao próximo, portanto que DEUS te de muita Saúde e vida longa, para continuar a “SERVIR” ao nosso POVO, com os sentimentos e saber positivos, pois, nós somos emissores e receptores de “energia”. Aceite osso forte abraço fraterno.

  9. Nesta trincheira de resistência contra império da mentira, capitaneada pelo incansável Carlos Newton, o retorno do diplomata Francisco Bendl abrilhantará cada vez mais este blog incomparável. Cabe destacar que Bendl é um entusiasta do voto em Aécio Neves! Saudações brizolistas

  10. Seja bem vindo á bordo (de novo),comandante Bendl ! O navio,meio a deriva, estava enfrentando ventos e ondas com bravura e determinação. Como canta Paulinho da Viola,coube ao Newtão, conduzir o barco durante o nevoeiro,como um velho marinheiro (não confundir com marineiro),devagar,mas com segurança.
    Retome o leme e vamos pra batalha,juntos,sempre !
    Abraço fraternal.
    Barão.

  11. Somente agora li esta excelente notícia que nos informa sobre a positiva recuperação do nosso amigo Francisco Bendl.

    Confesso que deixei ultimamente de escrever comentários, aqui na Tribuna, por pura (e injustificável) preguiça. Mas afirmo que minha admiração por este agradável espaço democrático de jornalismo continua a mesma!

    Abraços a todos.

  12. Excelente notícia a volta do conterrâneo. E que após as eleições o Mav se desfaça e volte o tempo em que as discussões eram sobre idéias e opiniões e não sobre pessoas e sobre “o teu roubou mais que o meu”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *