Futuro ministro foi preso em aeroporto com caixas de dinheiro

Com esse tipo de ministro, o governo Dilma vai longe…

João Valadares, Eduardo Militão e Paulo de Tarso Lyra
Correio Braziliense

O futuro ministro do Esporte, George Hilton, anunciado na terça-feira pela presidente Dilma Rousseff (PT), foi flagrado, em 2005, no Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte, com R$ 600 mil em espécie (R$ 976 mil em valores atualizados). O dinheiro estava distribuído em 11 caixas de papelão. Pastor licenciado da Igreja Universal do Reino de Deus, ele era, na época, deputado estadual do PFL em Minas Gerais.

Na ocasião, após ser surpreendido, a Polícia Federal o liberou. Levantamento do Correio aponta que George Hilton dobrou seu patrimônio desde que passou a informar à Justiça Eleitoral os valores de seus bens. Era de R$ 294 mil em 2006, quando obteve seu primeiro mandato de deputado federal. Em 2010, ele foi reeleito e afirmou ter R$ 472 mil. Este ano, quando também foi reeleito, o valor declarado foi de R$ 669 mil.

Na época em que foi abordado pela Polícia Federal, Hilton contou que os recursos, em notas de vários valores, eram provenientes de doações de fiéis do sul do estado. Acabou sendo expulso pela Executiva Nacional do partido. Na época, o senador Antônio Carlos Magalhães (ACM), morto em 2007, foi contra a expulsão, mas a maioria do comando partidário achou melhor tomar a atitude para se contrapor ao escândalo do mensalão petista, que ganhava força na imprensa e no Congresso.

EM AVIÃO PARTICULAR

No momento em que foi flagrado no aeroporto, Hilton estava acompanhado do vereador do PL em Belo Horizonte Carlos Henrique da Silva, também pastor da Universal. Os dois estavam numa aeronave particular e vinham de Poços de Caldas. O Departamento de Aviação Civil havia alertado a Polícia Federal de que o avião transportava dinheiro. Quando desembarcaram, os dois foram imediatamente abordados. A liberação das malas e dos políticos foi autorizada pelo delegado executivo da PF em Minas, Domingos Pereira dos Reis.

Em 2012, Hilton foi candidato a prefeito de Contagem (MG). Não obteve sucesso. Na época, declarou possuir R$ 626 mil, contra os R$ 669 mil informados este ano, que incluem uma residência e um automóvel VW Jetta. Em 1998, declarou apenas uma linha de telefone celular, sem informar os valores, quando disputou uma vaga de deputado estadual pelo PST. Em 2002, um apartamento, um Gol e um Vectra. Nas últimas eleições, ele teve R$ 496 mil em doações recebidas. A maior parte veio do comitê financeiro do PRB, mas com origem em empresas como JBS S.A., Bradesco, Construtora Queiroz Galvão e Cervejaria Petrópolis.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOGA notícia é inacreditável, em pleno Natal. A presidente Dilma, que anunciou recorrer ao Ministério Público para não nomear corruptos, aponta a caneta em direção a um deputado que foi expulso do antigo PFL. Já que é para nomear esse tipo de político, por que Dilma não nomeia logo José Dirceu, Paulo Maluf, José Genoino e outros do mesmo quilate? O mais satisfeito com tudo isso chama-se Michel Temer. Desse jeito, este governo realmente não irá longe. (C.N.)

25 thoughts on “Futuro ministro foi preso em aeroporto com caixas de dinheiro

    • Antonio
      Tenho amigos petistas que também estão assim.
      mas quando pergunto se vão deixar o partido a resposta é não.
      De imediato afirmo, com convicção: estão todos contaminados, inclusive vocês.
      Pessoas sérias, cidadãos de boa fé e com vergonha na cara não podem achar tudo isto normal ou necessário para melhorar o país.
      Dillma está dominada e não manda nada! Falta-lhe tudo, mas tudo mesmo.
      É preciso que a oposição selecione deputados, senadores, juiíes e demais segmentos da sociedade e defenda a Constituição.
      A saída da situação está nela: os podres e os cidadãos tem de se curvar às Carta Magna do País, protege-la e usá-la corretamente.
      O novo ministério de Dillma será pior do que anterior que já era sem qualidade.
      E ella só poderá usar uma desculpa para seus erros nas escolhas: não quiseram dar-lhe os nomes dos futuros indiciados. E os babacas de plantão tendem a acreditar.

  1. Jesus, Maria e José, Nossa Senhora de Fátima, Nossa Senhora de Aparecida, Nossa Senhora de Guadalupe, que nos proteja……
    Caminhamos a passos largos para tornar um PARAGUAIZÂO de dimensões continentais….

  2. Pobre esporte brasileiro,às vésperas de uma olimpíada realizada no país,vai ficar nas mão$ de pastore$ evangélico$.Além da presidenta Rousseff por um do PRB da Universal do Edir Macedo como Ministro dos Esportes,o governador Alckimin também indicou um pastor do mesmo partido para a Secretaria dos Esportes de SP.Ambos,presidenta e governador,fazendo acordos políticos em nome do poder,porque governar com gente honesta e capacitada dá muito trabalho.Estão “caçando chifres na cabeça de cavalo”,podem crer,vão achar!

  3. Nova rabacuada de ministros de Dilma tem tudo para ser pior que a anterior

    Ricardo Noblat

    A se levar em conta os nomes anunciados ontem, a presidente Dilma Rousseff parece destinada a cometer o prodígio de montar um segundo ministério tão ruim ou pior do que o primeiro. “Governo novo, ideias novas” foi o que ela prometeu durante a recente campanha eleitoral. Prometeu também que não formaria o novo governo com políticos derrotados este ano. O que temos até aqui? Um novo governo com velhos nomes, carente de ideias novas e repleto de derrotados.

    Cid Gomes, governador do Ceará, cuidará do Ministério da Educação – sabe por quê? Porque Dilma deve a ele o racha no PSB que apoiaria Eduardo Campos para presidente da República. Fora o estupendo número de votos que ela teve no Ceará. Mas para todos os efeitos, Cid ganhou o lugar porque a Educação foi o ponto forte do seu governo. Por que forte? Você não sabe? Nem eu.

    Em compensação eu sei – e talvez você saiba – que Cid se notabilizou por contratar artistas a peso de ouro para shows no Ceará. Ivete Sangalo, a R$ 650 mil por show, foi um deles. Plácido Domingos, o tenor, outro. Esse embolsou R$ 3,4 milhões. Pela módica quantia de R$ 388 mil, Cid fretou um jatinho para viajar de férias à Europa acompanhado da sogra. Sim, da sogra.

    Legítimo representante do baixo clero da Câmara dos Deputados, o novo ministro dos Esportes, George Hilton, faz questão de ser conhecido como radialista, apresentador de televisão, teólogo e animador. É líder do PRB. Em julho de 2007, foi expulso do PFL, partido ao qual era filiado, por ter sido flagrado no aeroporto de Belo Horizonte com 11 caixas de papelão carregadas de dinheiro e de cheques. Algo como R$ 600 mil que seriam provenientes de doações de fiéis da Igreja Universal.

    Cinco derrotados nas eleições deste ano serão promovidos a ministros. Eduardo Braga (PMDB-AM), que perdeu o governo do seu Estado, ficará com o Ministério das Minas e Energia.

    Braga entende tanto de Energia quanto entendia Edison Lobão (PMDB-MA), citado na roubalheira da Petrobras, e que está deixando o cargo.

    Para fazer feliz seu vice Michel Temer, que pediu por ele, Dilma convidou Eliseu Padilha (PMDB-RS) para a Secretaria de Aviação Civil. Eliseu está sem mandato depois de ter sido deputado federal quatro vezes. Foi ministro do governo Fernando Henrique Cardoso, em 2010 apoiou José Serra contra Dilma e, este ano, Dilma contra Aécio Neves.

    Vice-prefeito de São Paulo quando Serra era prefeito, derrotado por Serra para o Senado, Gilberto Kassab assumirá o cobiçado Ministério das Cidades. Com isso, Dilma pagará o apoio que recebeu do PSD dele.
    Para se reeleger presidente em 2006, Lula compareceu a um comício em Belém do Pará e publicamente beijou a mão do então ex-senador Jáder Barbalho (PMDB), que o apoiava. A seu modo, Dilma também beijou a mão de Barbalho. Ela e Lula foram a Belém apoiar a candidatura ao governo do filho de Jáder, Helder. Vencido, Helder foi convidado por Dilma para ministro da Pesca.

    Armando Monteiro Neto (PTB) perdeu a eleição para governador de Pernambuco. Ex-presidente da Confederação Nacional da Indústria, responderá pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio.

    Renan Calheiros (PMDB-AL), presidente do Senado, está rindo à toa. Elegeu o filho governador de Alagoas. E emplacou Vinícius Lages, um técnico, no Ministério do Turismo.

    Primeira mulher a governar o Brasil, Dilma escalou nove mulheres para sua primeira equipe ministerial. No momento conta com sete. Dos 17 novos ministros que anunciou até agora, apenas dois são mulheres.

  4. Ora, ora, Armando.
    Muito simples. Ele pede dinheiro aos fiéis, simplesmente POR ESPORTE.
    Acumula fortuna, por ”esporte”.
    E então ? Ele entende muito bem do assunto, mais e mais … !!!
    Boas Festas e um abençoado 2015, a competente seleção
    do Carlos Newton

  5. Neste governo, político não tem currículo, tem ficha corrida.
    Não precisa ter notável saber jurídico, pode ser ministro.
    Não precisa saber de PN, pode dormir ministro dos esportes e acordar da ciência e tecnologia.
    Se nem LDO precisa cumprir, por que cumpriria outras obrigações?

  6. Mais uma vez a nota da redação fez uma análise perfeita.
    O pastor foi nomeado como pagamento à Igreja Universal pelo
    apoio que deu a Presidente para sua reeleição.
    Aquela história de pedir os nomes dos envolvidos no escândalo da Petrobrás, para não nomear corruptos, foi falácia.

  7. Ricardo Froes
    Relatou tudo, tudinho.
    Mesmo que piorado em tudo, a nova composição (ou será decomposição?) está perfeita dentro dos limites do conhecimento acadêmico e político de Dillma.
    Plagiando meu amigo João Jorge, “ela está se superando, dia após dia”. E seus seguidores atestando que o efeito da bolsa esmola é prolongado. agradecem a maria do Rosário por teer ajudado a manter o “benefício”, mesmo que tendo de usar a malandragem e as ameaças. Tem gente que é assim: ameaçada fica com quem lhe manda.
    Vamos aguardar as próximas pedradas e tuas avaliações.
    Abraço

  8. A presidente Dilma ao nomear este escroque como ministro, comprova de uma vez por todas que o Brasil não é a meta do PT, mas terminar de roubá-lo, deixá-lo sem patrimônio, sacar o erário público, desfalcar as estatais, e atribuir à corrupção e à desonestidade a marca registrada petista!
    Dilma não tem compromisso com o povo, a não ser com o seu partido e aliados lacaios, a ralé da política brasileira, o bando de fascínoras e criminosos que infestam o Palácio do Planalto.
    Escrevi anteriormente e repito:
    Se a presidente Dilma FOSSE honesta, RENUNCIARIA!
    Ela não tem mais moral para governar o País, pois perdeu a sua autoridade neste sentido.
    Perdeu o seu poder de presidente para se transformar em distribuidora de ministérios e cargos ao PT e os partidos traidores de seus próprios estatutos, abandonando a sua função porque simplesmente refém de cretinos, ladrões, cafajestes.
    O Partido dos Trabalhadores ruiu, tornou-se um monte de escombros de escândalos, roubos, falcatruas, negociatas, do que poderia haver de mais grave e deplorável em um governo que foi desgraçadamente eleito por um povo alienado, analfabeto funcional, que mal e porcamente sabe conduzir a sua vida, quanto mais entender o significado de uma eleição!
    Dilma e o PT são excrescências de uma política abjeta, deteriorada pelas práticas ilícitas, e da qual ela faz parte direta ou indiretamente.
    Não acredito que ela termine o seu mandato.
    A continuar vindo à tona cada vez mais roubos e desvios de dinheiro, comissões de contratos, de empreiteiras, superfaturamentos, Dilma sairá do cargo pela vergonha de sequer poder se apresentar em público, e se tornará uma prisioneira em Brasília, indo do Planalto ao Alvorada e deste para aquele como único roteiro que restará para trafegar com seu carro oficial.
    Agora, vamos e venhamos, este indivíduo no ministério dos Esportes, das duas uma:
    Ou teremos de correr atrás dele porque cometerá várias irregularidades;
    Ou o veremos correr atrás do dinheiro para se locupletar o mais rápido possível, e “doar” algum para seu partido.
    Dilma está acuada.
    RENUNCIA, presidente!

  9. Senhores, o hoje é pior que o ontem, e o amanhã, pior que o hoje, Dª Dilma não nos deixa mentir. O TSE, com toffoli ao dizer que Maluf é ficha limpa, estupra a Srª Justiça, o STF, estupra e vilipendia, por quem tem por obrigação de ofício honrá-la. O Congresso, metade pendurado na justiça, blindados pela impunidade, enquanto os ladrões de galinha, amargam cadeia abjeta.
    Não vejo luz, na saída deste túnel, o Zé e Maria Mané, vão continuar na Mer…
    Chega de hipocrisia governamental.
    Que o Dr. Sergio Moro e Equipe, se multiplique nesse país, para voltar a ser “PAÍS”, moralizando-o.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *