Futuro ministro foge da Justiça para não pagar R$ 29 mil…

George entrega camiseta à presidente dilma

Intimidade: foto dentro do Aerolula, como Dilma

Eduardo Militão e João Valadares
Correio Braziliense

O próximo ministro do Esporte, o deputado federal e pastor licenciado George Hilton (PRB-MG) — flagrado pela Polícia Federal em 2005 transportando R$ 600 mil em dinheiro (R$ 972 mil em valores atualizados) em um avião fretado —, não declarou à Justiça Eleitoral a propriedade de uma empresa de transportes em que é sócio da esposa. A Visão Locação e Transportes Ltda., criada em 2004, está registrada em Belo Horizonte e tem um processo de execução fiscal na Justiça Federal. Pela ação, Hilton, a esposa dele, Gorete Cecílio, e a firma são executados a pagarem R$ 29 mil. Após duas tentativa de penhora de bens para quitar a dívida, o juiz afirmou eles estão em “local incerto e não sabido”.

Hilton não citou a propriedade da empresa na relação de bens apresentada à Justiça Eleitoral. Entretanto, nas certidões judiciais que informou, é possível descobrir um processo relacionado à Visão Transportes. A ação é movida pela Fazenda Nacional desde 2011, devido a uma cobrança de Simples.

Após Hilton ser reeleito, a Justiça o citou por edital, depois de tentar penhorar bens do casal e da empresa em outras ocasiões, a fim de pagar a dívida de R$ 29.637,72. Eles foram citados no mês passado. O juiz da 26ª Vara Federal de Minas Gerais, André Gonçalves Salce, afirmou, em 26 de setembro, que os executados estavam em “local incerto e não sabido”. À Receita Federal, o endereço informado da Visão Locação e Transportes é uma sala no edifício Estoril, no bairro Cidade Jardim, em Belo Horizonte, cidade onde mora o parlamentar. O número de telefone registrado pela empresa não existe.

PROCURADO POR EDITAL

Apesar de ser procurado por edital, o próprio deputado informou dois telefones e um endereço à 26ª Vara quando foi extrair uma cópia do processo. Ontem, ninguém atendia nos telefones indicados. A assessoria do futuro ministro disse ontem que ele estava descansando e só atenderia pedidos de entrevista a partir de hoje.

“Houve muitas negociações nessas últimas duas semanas e conversas em Brasília”, justificaram os auxiliares de Hilton. Eles disseram que o objetivo era tomar pé das ações do ministério, como as Olimpíadas de 2016. Apesar da indicação para a pasta do Esporte, o futuro ministro — que entra no posto de Aldo Rebelo, deslocado para o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação — não tem histórico de atuação no setor esportivo. O perfil do deputado no site da Câmara informa que o parlamentar, formado em ciências sociais, já foi radialista, apresentador de televisão, teólogo e animador.

9 thoughts on “Futuro ministro foge da Justiça para não pagar R$ 29 mil…

  1. Escolher, a um ano da Olimpíada, um Ministro do Esporte com esta ficha e sem a menor ligação com o esporte no seu currículo anterior mostra bem duas coisas: o completo desinteresse de Dilma pelo esporte e o fisiologismo da escolha de seus ministros, quando havia uma esperança de que, no segundo mandato e sem compromisso com sua reeleição, pudesse escolher um ministério decente.
    Para abrir este espaço ela colocou o antigo ministro, Aldo Ribeiro, na pasta de Ciência e Tecnologia, o que, pelos projetos de lei anteriormente apresentados pelo novo ministro, revela um absoluto descaso com a evolução tecnológica do país. Começou muito, muito mal este segundo mandato.

  2. O ministro do início do governo Dilma, Orlando Silva foi acusado de comprar com cartão corporativo uma tapioca por R$ 8,30. O futuro ministro foi flagrado pela Polícia Federal transportando R$ 600 mil e foge para não pagar dívida de 29.637,72. Os valores sobem no próximo governo Dilma.

  3. Acho que não há mais dúvidas de quê a tentativa da Dilma em querer saber do MP quem estava enrolado com o Petrolão,para poder nomear ministro,não passou de uma pegadinha,jogar para a platéia. Na verdade,estava querendo é saber quem estava envolvido,para avisar aos meliantes e estes tomarem medidas para blindarem-se. Com a nomeação deste personagem,para o Ministério dos Esportes,fica claro,que mesmo sabendo dos maus feitos dos indigitados,conduziria-os aos Ministérios dando-lhes posse dos latifúndios ministeriais.E é neste contexto,que faço uma perguntinha inútil,inócua e inoportuna (Helio Fernandes): Ainda existe um órgão de inteligência,chamado ABIN? Se existe,não era este órgão que deveria informar a “presidenta” que os escolhidos,a dedo,metiam e metem a mão no erário,estariam envolvidos em processos cabeludos,com pendências judiciais? Ou a ABIN avisou e foi solenemente excluída das escolhas? E se foi excluídas,o quê faz a ABIN? Aliás,à muito não se ouve falar desta secretaria.

  4. O indivíduo sequer foi empossado e já está fugindo da Justiça!
    Finalmente a presidente Dilma demonstra à sociedade o seu critério para escolher seus próximos auxiliares:
    Quanto pior for o caráter, MELHOR,
    Considero um grande avanço petista, na razão direta que os ministros escolhidos estão plenamente de acordo e integrados à maneira de ser do PT, seu comportamento, desonestidade, corrupção, a sua má intenção permanente no trato da coisa pública …
    Evidentemente que o mais importante é que a presidente Dilma quando flagrar seu nomeado em atitude ilícita NÃO PODERÁ ESTAMPAR NA SUA FACE ARES DE SURPRESA, QUANTO MAIS SE SAIR COM A MESMA, GASTA E RIDÍCULA EXPLICAÇÃO DE QUE, “não sabia de nada”!
    SABIA DESDE O COMEÇO ao escolher a dedo a ralé política, os mercenários, os ladrões, meliantes, criminosos, sempre à disposição de governos com a mesma índole, com o mesmo objetivo de dilapidar o País.
    Agora, também podemos observar e calcular que a próxima gestão de Dilma Roussef será um carrossel, em infindável apear do cavalo e outro subir no equídeo, enquanto que o governo gira sem sair do lugar!
    Triste destino do brasileiro consciente, TRABALHADOR, que paga caríssimos impostos para assistir um festival de horrores com o seu dinheiro, gasto de forma perdulária, irresponsável, além de ser consentido que o Brasil seja alvo de roubos, falcatruas, desfalques, estatais prejudicadas por diretores escolhidos com a finalidade de fazê-las perder valor …
    RENUNCIA, DILMA se fores honesta, pelo menos!

  5. O Estado é Laico (é mesmo?), já a digníssima presidenta se deixa fotografar no avião oficial com a camiseta da IURD. Pode isso ? Mesmo que ela fosse da citada religião, o mais Ético,penso, seria não “vestir” a referida.

  6. Caro Antônio Rocha,
    Muito bem lembrado!
    Além de as escolhas serem estabelecidas à base do quanto mais “sem caráter, melhor”, também os nomeados estão sob os auspícios do cinismo e hipocrisia!
    RENUNCIA, Dilma!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *