Garimpeiros do Rio Madeira desafiam o país e criam grupo em rede social para divulgar extração ilegal

Garimpeiros negociam balsas por R$ 350 mil Foto: Redes Sociais

Nas redes sociais, garimpeiros vendem balsas por R$ 350 mil

Deu em O Globo


Os garimpeiros que invadiram o Rio Madeira nesta quarta-feira com balsas para extrair ilegalmente ouro criaram um grupo público em uma rede social onde divulgam gravações da extração do minério  e ironizam as críticas à atividade.
No grupo é também possível ver os garimpeiros negociando mercúrio, substância usada na prática ilegal e que envenena as águas dos rios. Uma das balsas usadas na mineração também é negociada pelo valor de R$ 350 mil.

Balsas e dragas ilegais, a 113kmde Manaus, buscam ouro no Rio Madeira. Foto: BRUNO KELLY / REUTERS

Mais de 200 balsas de garimpeiro exibem omissão do governo

CORRIDA DO OURO – Moradores da região relatam que os garimpeiros começaram a divulgar a informação de que haveria ouro no trecho do rio próximo a comunidade de Rosário, no município de Autazes.

Em nota, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) informou que teve ciência do caso na quarta-feira e que houve uma reunião com Ipaam para alinhar as informações, a fim de tomar as devidas providências e coordenar uma fiscalização de garimpo na região.

A Polícia Federal informou, também por meio de nota, que “se encontram em andamento, tratativas interinstitucionais sobre a notícia dos garimpeiros na calha do rio Madeira. Assim que reunidas informações e dados acerca de ações desta Superintendência Regional da Polícia Federal sobre o assunto em questão, encaminharemos para o conhecimento de todos”.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOGÉ inacreditável o que está acontecendo na Amazônia. Além do criminoso abandono dos índios da Terra Yanomami, essa invasão de garimpeiros no Rio Madeira necessita de reação oficial imediata, mas não há  vontade política do Planalto nem das Forças Armadas. As balsas só começaram a se dispersar devido à pressão da imprensa, iniciada pela Rede Globo, deve-se reconhecer. Reparem que as balsas dos garimpeiros estavam todas ancoradas, enquanto o governo ficava à deriva. (C.N.)

2 thoughts on “Garimpeiros do Rio Madeira desafiam o país e criam grupo em rede social para divulgar extração ilegal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *