Garotinho diz que não está inelegível e garante que disputará o governo do Rio

Garotinho convocou uma coletiva para dar explicações

Lucas Altino
O Globo

Uma hora após a confirmação da condenação do ex-governador Anthony Garotinho em segunda instância, pela segunda turma do TRF-2, o candidato do PRP ao governo do Rio concedeu uma entrevista coletiva para se defender. O ex-governador disse que já sabia da decisão desde a última sexta-feira, pois haveria setores interessados na sua inelegibilidade, sem citar quem, e afirmou que vai manter a candidatura dele. Os advogados do ex-governador pretendem entrar com dois recursos: os embargos declaratórios no TRF-2 e recurso especial junto ao STJ para anulação da sentença.

Nessa terça-feira, o TRF-2 aumentou a pena de Garotinho de dois anos e seis meses para quatro anos e seis meses. Com isso, o regime de prisão passa do aberto para o semiaberto. O pedido de prisão, porém, ainda não foi expedido.

RETALIAÇÃO – Em seu pronunciamento, Garotinho tentou politizar o caso, se disse vítima de uma retaliação por ter denunciado a quadrilha de Sérgio Cabral e falou que o mérito da ação “chega ao absurdo”.

– Não me surpreende a condenação. Porque sou o único candidato a ter denunciado essa corrupção do Rio. O objetivo desse julgamento é político, para confundir o eleitor. Eu não estou inelegível.

A defesa de Garotinho argumenta que condenações em segunda instância depois de cinco dias após o pedido de registro eleitoral não podem ser usadas para justificar a inelegibilidade de um candidato pela Lei da Ficha Limpa.

PRESCRIÇÃO DO CASO – Garotinho disse que soube da decisão da condenação na última sexta-feira e que inclusive faria uma transmissão ao vivo sobre isso no fim de semana, mas foi impedido por familiares e assessores. O candidato disse ainda que o objetivo de aumentar a pena foi o de evitar a prescrição do caso, o que ocorreria com a manutenção da sentença original.

– O mérito da ação chega ao absurdo. Disseram que o Álvaro Lins atuaria recebendo vantagens de bicheiros e eu faria parte da quadrilha. Se alguém tinha que ser chefe era eu, eu não seria mandado pelo chefe de polícia. Eles falam de diversos acontecimentos, mas nenhum fato contra mim. Que eu, como secretário, não teria como deixar de ter conhecimento dos fatos. Nem dentro de casa um cidadão sabe de tudo, imagina dentro do estado.

DISCURSO POLÍTICO – Para o advogado de Garotinho, Carlos Azeredo, houve uma combinação entre os desembargadores para que a decisão da pena fosse unânime. Inicialmente, a presidente havia divergido do relator e do revisor, mas no fim os três decidiram pela pena de quatro anos e seis meses. Azeredo disse que vai esperar ter acesso ao voto por escrito para entrar com recurso de embargos declaratórios e anulação da sentença no STJ.

– Vamos estudar direito com o texto do voto. Mas foi claramente um discurso político do relator – disse Azeredo

A condenação se refere ao caso de loteamento de cargos nas delegacias do Rio, durante os governos Garotinho e Rosinha, numa associação com a quadrilha do contraventor Rogério de Andrade. O então chefe da Polícia Civil, Alvaro Lins, também foi condenado no processo a 28 anos de prisão.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Pode acontecer que Garotinho consiga a candidatura sub judice, caso o TRF-2 não consiga julgar antes da eleição os recursos dele (embargos de declaração com efeito modificativo), embora as questões eleitorais sejam julgadas com prioridade. Além disso, há o recurso ao STJ com base na própria Lei da Ficha Limpa, mas não tem efeito suspensivo.   (C.N.)

25 thoughts on “Garotinho diz que não está inelegível e garante que disputará o governo do Rio

  1. Como tá liberado

    TUTA QUE PARIU, QUE POVO DE MERDA LEI DE MERDA ,POLITICU DE MERDA, INTELEKITUAIS DE MERDA É MELHOR FECHAR O BUTECU, POR MAIS OTIMISTA QUE SE SEJA NÃO DÁ PRA AGUENTAR MUITO TEMPO TODO DIA UMA PORRA DE UMA NOTICIA TIPO ESSA, É DE ENLOUQUECER QUALQUER ATEU, SOU OBRIGADO A CITAR BOB JEF, INSTINTOS PRIMITIVOS,

    • um judiciário PODRE e VENAL que não forma jurisprudência nenhuma pq prefere “julgar” o mesmo caso de forma diferente para proteger seus amigos.

      E assim, os bandidos da política é que dizem o que tá certo ou não.

      país de merda
      povinho bosta

  2. kkkkkkkkkkkkk xD

    Samba do crioulo doido!! Os vagabundos fazem o que querem……Lembram quando Toffoli liberou o senador cassado Demóstenes Torres pra concorrer este ano? Alguém reclamou? Teve micaretinha dos vagabundinhos do MBL na Av. Paulista? Legalismo de ocasião é isso aí…

    kkkkkkkkkkkkkkkkk xD

  3. Sem querer defender Garotinho, há algo de muito estranho nisso tudo. Cabral já foi condenado a mais de 100 anos de prisão em primeira instância e até agora, não tem nenhuma condenação pelo TRF-2 em segunda instância. Como Garotinho foi quem denunciou a Gang dos Guardanapos e esta acusandoo ex-presidente do TJ_RJ Luiz Sveiter, este processo tramitou mais rápido que trem bala. Aí tem!

    • Não é só isso, políticos candidatos a

      governador e presidente que são contra

      as reformas trabalhista e previdenciária; e

      também contra a entrega do pré-sal e de

      nossas empresas estão na mira da

      justiça.

    • Não defendo Garotinho. Longe disso. Mas o processo não foi julgado como trem bala não. Aliás já deveria ter sido julgado a “séculos”. Primeiramente os autos do TRF2 foram para Brasília, para julgamento de recurso, haja vista que à época Garotinho passou a ter foro privilegiado e ficou lá muito tempo. Quando ele perdeu essa condição, voltou ao TRF2, pois lá o STF tornou-se incompetente para julgamento. Ficou outros tantos no TRF2 e, à beira de uma prescrição, resolveu-se julgar, coincidindo com o período da eleição. Na verdade demorou até muito tempo, beirando a prescrição. Mas que houve um incentivo político, teve sim.

  4. Vazou no meio da tarde para o mercando financeiro a pesquisa do Ibope programada para ser veiculada no Jornal Nacional da noite desta terça (4). O efeito foi imediato: a Bolsa mergulhou e fechou o dia com baixa de 1,97% enquanto o dólar saltava 0,90%, fechando a R$ 4,16.

    Qual a informação que chacoalhou o mercado?

    Lula estaria com 40% na pesquisa e Alckmin grudado nos 5%. Pânico.

    Começou então uma operação confusa e destrambelhada para cancelar a divulgação da pesquisa, o que acabou acontecendo. O Ibope soltou uma nota sem pé nem cabeça lida por Bonner no Jornal Nacional para tentar salvar as aparências.

  5. Não sou admirador do Garotinho , mas também não ferrenho critico .
    Mas nunca vi ninguém no meio político ter a coragem desse cara, denunciou toda uma cúpula de malfeitores encasteladas em todas as áreas do governo , inclusive representante do judiciário .
    Não sei como ainda não o passaram …

    E é mais que sabido que nenhum advogado em sã consciência denuncia juiz , porque si assim fizer, pode mudar de profissão, não vai ganhar mais nem uma causa !!

    • Perfeito!

      Exatamente como fez Roberto Jefferson, por quem alguns imbecis ainda suspiram de admiração.

      Jefferson, bandido favorito de muitos trouxas, só denunciou o mensalão porque deixou de receber o que lhe haviam prometido.

  6. Não sou admirador do Garotinho , mas também não sou ferrenho critico .

    Mas nunca vi ninguém no meio político ter a coragem desse cara. Denunciou toda uma cúpula de malfeitores encastelados em todas as áreas do governo , inclusive representante do judiciário .

    Não sei como ainda não o passaram …

    E é mais que sabido que nenhum advogado em sã consciência denuncia juiz , porque se assim o fizer; pode mudar de profissão. Não vai ganhar mais nenhuma causa !!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *