Generais já desistiram de aconselhar Bolsonaro, que ainda se julga “enviado de Deus”

Resultado de imagem para bolsonaro isolado

Cada vez mais isolado,  Jair Bolsonaro não aceita conselhos

Carlos Newton

O inglês John Donne (1572–1631) foi um dos mais interessantes, inquietantes e intrigantes pensadores da Idade Média. Na juventude, era muito animado e dedicava-se a poesias amorosas e sátiras, mas na maturidade tornou-se pastor anglicano. Passou então a escrever pensamentos e sermões religiosos, tendo vivido na pobreza por muitos anos, até a morte. De sua primorosa obra, pelo menos uma reflexão ficará para sempre na História da Humanidade, como marco de sua visão humanística.

“Nenhum homem é uma ilha isolada; cada homem é uma partícula do continente, uma parte da terra; se um torrão é arrastado para o mar, a Europa fica diminuída, como se fosse um promontório, como se fosse a casa dos teus amigos ou a tua própria; a morte de qualquer homem diminui-me, porque sou parte do gênero humano. E por isso não perguntes por quem os sinos dobram; eles dobram por ti” – escreveu o genial Donne, em sua fase religiosa.

MOMENTO BOLSONAROLembrei esse pensamento de Donne ao ler uma oportuna análise de Tânia Monteiro e Felipe Frazão, no Estadão, sobre as dificuldades de entrosamento do presidente Jair Bolsonaro com os ministros do núcleo duro do governo, hoje formado por três generais e um major da PM do Distrito Federal, sem contar o porta-voz e o vice-presidente, que também são generais e habitam o Planalto.

O fato preocupante é que o presidente da República vive numa espécie de isolamento forçado, porque até mesmo os ministros-militares passaram a evitar conversas francas com o “capitão”.

Dizem os jornalistas do Estadão que, no manual de sobrevivência do poder, é risco máximo apontar exageros nas teorias de conspiração que entram no Palácio do Planalto. Por isso, todos se calaram quando o presidente começou a escrever, em conversas num grupo de WhatsApp, que a China tinha interesses na pandemia por razões comerciais.

FALTA UM AMIGO – Outro fato concreto é que ninguém tem coragem de falar abertamente com Bolsonaro, indicar deslizes em seu comportamento público e enxergar futuros problemas políticos.

Tânia Monteiro e Felipe Frazão explicam que “a dificuldade dos amigos em abrir o jogo com o presidente costuma esbarrar na questão da crença”, acrescentando que Bolsonaro já deixou claro que sua “missão divina” o protege da solidão comum dos governantes.

Realmente, desde o início do governo, Bolsonaro tem se definido como “um enviado de Deus”. E quem se considera assim não deve ter motivos para ouvir a opinião alheia, o que até explica o comportamento omisso dos generais do Planalto.

NÃO É UMA ILHA – Se tivesse mais discernimento, Bolsonaro saberia que nenhum homem é uma ilha, por mais capacitado e admirado que ele seja, como ensinava John Donne. Aliás, no caso dos líderes políticos, se não forem bem assessorados por conselheiros de altíssimo nível, nenhum governante jamais terá futuro grandioso.

É triste saber que os ministros-generais nem tentam mais aconselhar Bolsonaro. Não é preciso ser superdotado para constatar que, sem ter conselheiros que o auxiliem, o capitão Jair Bolsonaro não demonstra capacidade intelectual nem equilíbrio emocional para exercer o cargo de presidente da República, especialmente numa fase de crise como a do coronavírus.

Se Bolsonaro fizesse como o genial Ernest Hemingway e perguntasse por quem os sinos dobram, poderíamos fazer como John Donne e responder: “Eles dobram por ti”.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOGO isolamento do presidente da República é o maior problema do país, bem mais grave do que o coronavírus, porque já se vislumbra solução para a pandemia, porém, quanto a Bolsonaro e os filhos, parecem mesmo ser um caso perdido. (C.N.)

48 thoughts on “Generais já desistiram de aconselhar Bolsonaro, que ainda se julga “enviado de Deus”

  1. Entendo que quem está isolado é o Brasil. Desde janeiro de 2003 até dezembro de 2018 deixou-se isolar pela CLEPTOCRACIA. Apoiada pela imprensa esquerdista que era também alimentada pela corrupção.
    Os generais deveriam era aconselhar o Presidente para requisitar o artigo 142 e fechar esse congresso e STF totalmente corrompido.
    É muito difícil de entender que com todos esses vícios dominando a política nas 27 unidades federativas isso nunca mudará ao contrário só ficará cada vez pior.
    Temos que extrair o tumor para curar a doença.
    Agora estão todos adorando esse surto para desmoralizar o Bolsonaro, essa é a verdade.
    Vamos lá gritem bem alto viva LULADRÃO viva BOTAFOGO viva BATORÉ viva O AMIGO DO AMIGO DO MEU PAI.

    • Excelente comentário!
      Muitos esquerdistas ladrões e sugadores do erário.
      Congresso superpovoado de apaniguados e asseclas.
      Justiça sugando (2%) dois pct. do PIB, com aposentadorias milionárias e estarrecedoras.
      Excesso de 50% no número de funcionários públicos.

      • “Talvez seja mesmo que sabe “um Enviado de Deus”, o diabo é que ele ainda não descobriu ou não está aceitando o seu papel no Milagre da multiplicação dos pães, dos peixes e das oportunidades, que de fato e de direito precisa ser levado a efeito no Brasil, que pode não ser o papel de ator principal mas isto sim o de coadjuvante. Todavia, besteirol e chuva no molhado tb de nada adiantam, formam apenas mais lama. A podridão é mais ampla e mais profunda. O diagnóstico todos conhecemos, o problema continua sendo encontrar o remédio certo na dose certa, ambas as coisas que vocês tb não têm assim como não tem humildade para recorrer a quem as têm. Daí a pergunta que não quer calar: será ue existe outra maneira mais evoluída e mais alvissareira de resolver tudo isso senão via RPL-PNBC-DD-ME, o Projeto Novo e Alternativo de Política e de Nação, o novo caminho para o novo Brasil de verdade, porque evoluir é preciso, transatlântico esse, zero km, que ainda se encontra atracado no Porto Esperança, esperando pelo nosso embarque há cerca de 30 anos ? E se existir ou saída mais evoluída e mais alvissareira nos apresentem logo, pelo amor de Deus, antes que o coronavírus acabe de vez com todos os sonhos e esperanças. “

  2. Comentarista, o que tínhamos como opções era ele e o outro. Ele é como aponta porém como estaríamos com o outro? Provavelmente bem educadinho porém continuação da LADROAGEM E CORRUPÇÃO CONTINUADA!!! Difícil entender a estes SABICHONES DA POLITICA. Pior ainda, as opções que temos pra o futuro são: Lula, Ciro, e outros. A mesma coisa que já conhecemos. O PROBLEMA DO BRASIL é sua classe política e o STF. Presidente foi eleito para GOVERNAR, ser o EXECUTIVO das ações de governo do país. DEPUTADOS E SENADORES foram eleitos para LEGISLAR fazer as Leis e controlar Executivo e Judiciário. E o JUDICIARIO “não eleito” deveria ser um poder MODERADOR. Porém o Legislativo quer ser EXECUTIVO e LEGISLA 30 bilhões para eles que não são EXECUTIVO. O STF (JUDICIARIO) convirtiu-se em legislador de Leis sem nenhum controle. O Legislativo CHANTAGEIA o EXECUTIVO não examinando decretos do Executivo a troca de BILHÕES. Igualmente o SENADO não controla os excessos de alguns ministros STF que atuam como defensores de bandidos e corruptos amigos de alguns ministros. O GRANDE PROBLEMA DO BRASIL ESTA AI ARTICULISTA, BOLSONARO ESTA TENTANDO MUDAR ESTA REALIDADE E ENFRENTA MUITOS INTERESSES DA CORRUPÇÃO QUE QUER CONTINUIDADE PARA SEGUIR SAQUEANDO O BRASIL, POREM O POVO BRASILEIRO ESTA COM O PRESIDENTE NESTA LUTA CONTRA OS CORRUPTOS, SEUS CUMPLICES E ALGUNS “TONTOS UTEIS” DO JORNALISMO. DEIXEM GOVERNAR O PRESIDENTE E SE QUISEREM MUDAR SERÁ NO 2022, AINDA QUE MAIS PROVAVEL QUE SEJA REELEITO!!!

    • E cadê o projeto de mudanças, sérias, estruturais e profundas ? Se não apresentar o projeto é porque não o tem, e se não o tem o seu comentário não passará de conversa fiada para boi bandido continuar dormindo na sombra, aliás, quanto ao Bolsonaro e CIA , há pelo menos trinta anos descobriu a sombra e nunca mais largou dela, e nela tb estabeleceu seus filhos, com pelo menos um dele$ virando até o rei das rachadinhas.

  3. “– O isolamento do presidente da República é o maior problema do país, bem mais grave do que o coronavírus,”

    Respeitosamente, discordo.
    Que tal chamar algum ex-presidente para concluir a atual administração?

  4. Muito bom texto Sr. Carlos Newton.Colocou a seringa na veia.

    Os defensores do Bozo ficam furiosos da vida, mas é a realidade do Messias que veio ao mundo para dá jeito no Brasil, mas foi um frustante Messias.

  5. Eu não seria capaz de escrever um livro sobre o acasalamento dos grilos de Zanzibar, aqueles que o macho não morre depois do coito.
    Mas alguns jornalistas, sim, boa parte deles seriam mestres dessas descrições invocando outras conexões do tipo onde um arroto de uma baleia azul do ártico provoca terríveis incêndios na amazônia e de elucubrações mil encerrariam o libro de mil páginas com a célebre frase antes do The End. O culpado disso tudo é Bolsonaro.

  6. A imprensa vai eleger novamente o Bolsonaro. KKKKKk. Falam dele diariamente. Só tratam da personalidade dele e sua maneira de ser. Como não podem falar de corrupção, má gestão, etc.., o que é importante em um governo, ficam tentando denegrir sua imagem. Isso não cola mais. O cara vai ficar até 2026 e depois virá o Moro, que ficará até 2034. Simples assim. CN você é melhor que isso.

    • Caro Vicente, folga consentida, mas vigiada, conforme:
      “Como Pode o Homem Controlar o Clima Se Deus Criou os Céus e a Terra e Reservou Essa Capacidade Para Si Mesmo?”
      “A expressão “foi-lhe dado poder” aparece cinco vezes no Apocalipse referindo-se ao Anticristo — a chave para nossa compreensão.”

      https://www.espada.eti.br/n2071.asp

  7. Mais um artigo que não se pode levar a sério.
    Não cita fontes.
    Apenas coisas do achismo.

    Fato: o presidente é o presidente, os ministros são ministros,etc

    Ou os ministros são o presidente e o presidente agora é o ministro?

    Acabou a hierarquia?

  8. Honestamente, depois dessa pandemia a mídia deveria rever sua postura,não é possível que uma emissora de radio ou televisão permita que quem quer que seja propague noticias contra a ciência,não da para aceitar isso.

  9. Amigos, Saúde e Paz para todos. Ontem conversando por telefone com um Mestre em Comunicação e Pesquisas ele me disse pura e simplesmente..”Não acreditem em nenhuma Pesquisa de fulano subiu, sicrano desceu, e por aí vai, não temos nem Coordenadores de Pesquisas quanto mais gente pesquisando em ruas desertas com gente não querendo falar e nem ver ninguém, e, se for de Internet pior ainda é uma nuvem de mentiras para agradar quem paga mais para inventar mentiras para o Cidadão aterrorizado com o caos do Coronavírus,tudo é mentira e invencionice nesse papo de nós e eles, uma vergonha e desrespeito para com o Cidadão que pouco tá se lixando para o jogo baixo dos aproveitadores políticos, inclusive Jornalistas apaixonados por fulano e sicrano.” Foi o que ouvi de gente séria e conhecedor profundo, no mais ele pediu que fossemos cuidar de nossa Saúde e de nossas Famílias, e como sempre nos ligando para saber como estavam nossas vidas. Um Abraço Carlos Newton e Francisco Bendl , sábado sentado na mesa ao jantarmos na minha humilde casa, o meu Amado João Pedro disse na telha..”Mamãe essa doença é muito ruim, não posso Abraçar e nem Beijar quem eu Amo, meu Pai, minha Mãe, Minha Irmã, minha Família e meus Amigos, que tristeza..” . Abraços e Saúde para vocês , fiquem com Deus, unidos venceremos esse terrível momento….Deus estar de nosso lado !

  10. Carlos Newton,

    não adianta ser racional, quando o fanatismo impera. Ocorre isso com os ceguidores de Bolsonaro e Lula.

    O que se espera de um líder é que ele tenha um comportamento e ações condizentes com o cargo maior do país. Que seja o condutor de políticas capazes de melhorar e unir o país.

    Mas à menor crítica ao atual presidente, lá vem os defensores com pedras na mão, sempre colocando que quem critica é porque quer de volta o PT ou melhor, Lula.

    Essa fé cega não permite uma crítica lúcida. Sempre atribuindo aos outros o que acontece de errado. As bolas da vez são o congresso, o STF e a mídia tradicional.

    Para os ceguidores, os outros poderes e a imprensa é que estão prejudicando o Brasil. A culpa da estagnação da economia é a da não aprovação de reformas propostas pelo executivo e as críticas feitas ao presidente.

    Acham que o comportamento infantil e dúbio do nosso presidente são defeitos irrelevantes. Pergunto, então que se esse tipo de postura partisse de um adversário político, a opinião seria a mesma?

    O dirigente maior de um país deve ser honesto, sim, moralmente e materialmente. Essa deve ser uma condição mínima e incontestável. Mas não basta. Ele tem de saber ser um gestor capaz.

    Não basta se dizer patriota, tem que ser patriota.

    • Falou o Isentão. O que já escreveu aqui que é ambidestro. Diz gostar das coisas da direita e também das coisas da esquerda.

      Ou seja, lá num passado bem distante você de dia apoiava Stalin e à noite apoiava Churchill.
      Já em dias mais recente você podia apoiar Fidel Castro e às vezes, a depender das circunstancias, poderia apoiar o governo Kennedy.
      Nos dias de hoje ora apoia Putim e se precisar apoia Trump.

      Jose Vidal e a sua velha e manjada conversa fiada de que é uma pessoa que não tem lado, e de que é a favor do que for melhor para o Brasil, de que só quer o bem do Brasil.
      Vidal, esse teu papo furado não convence as pessoas que conhece um pouco da funcionalidade do Socialismo.
      EU que conheço pouco sobre a essência do socialismo percebo o quanto os teus comentários são escritos com viés socialista, imaginem quem muito conhece como funciona essa Seita maldita.
      Além de ser eleitor do esquerdista Ciro, insinua que o mesmo é o melhor candidato.
      Por aqui (que eu visse) nunca fez um mísero elogio a alguma medida oriunda do governo Bolsonaro, é só pau no lombo.

      “não adianta ser racional, quando o fanatismo impera. Ocorre isso com os ceguidores de Bolsonaro e Lula”.

      José Vidal, existe algum socialista que pensa racionalmente?
      O marxismo é considerado uma máquina assassina, foi responsável pela morte de mais de 100 milhões de seres humanos, matou o seu próprio povo em tempos de paz e destruiu a Economia de todos os países que o governaram.
      E assim, o socialista apoiador desse regime é um cara RACIONAL.
      MAS, quem apoia o Bolsonaro, que pode até não ser perfeito, ser uma pessoas polêmica, não ter um mar de competência, mas faz um governo sem praticas criminosas baseado na CORRUPÇÂO, o apoiador de Bolsonaro é IRRACIONAL, não é Vidal?

      José Vidal, você (dando uma de ISENTÃO) critica o Lula devido o mesmo já estar destruído politicamente. MAS, se numa eleição presidencial, eu tenho 100% de certeza que, se num acaso teu voto fosse decisivo para decidir entre o Lula SOCIALISTA e cheio de processos nas costas e Bolsonaro CAPITALISTA e honesto (até que se prove o contrário) você escolheria o socialista que rouba, mas faz.

      • Dizem tanto que o Lula está destruído politicamente, mas será verdade? Mesmo na cadeia ele emplacou o candidato dele no segundo turno. Perdeu, é verdade, mas chegou em segundo. Desde 1989 não se fez uma única eleição presidencial em que o PT não tenha chegado ao menos em segundo lugar. Com todos os defeitos, o PT tem um eleitorado fiel que nega os desvios do lulismo e os atribui às conspirações inimigas. E, francamente, os representantes da “boa” direita, da “direita moderna” com que sonha a Eliane Cantanhede, não se deveriam pensar que podem se fiar na rejeição a Lula para ascenderem ao poder. Não aprenderam nada das eleições desde 2002. Se o fato de não ser o Lula bastasse para alguém se eleger, o Serra, o Alckmin e o Aécio teriam sido presidentes. O eleitorado do Bolsonaro não veio todo ele do anticomunismo “místico” do Olavo de Carvalho. Muito do voto no Bolsonaro veio daquela rejeição ao establishment que no passado havia beneficiado o PT e o levou à vitória em 2002. Se for o caso, os eleitores anti-sistema podem até mesmo se voltar de novo para o Lula ou seu indicado, apesar de toda a verve estridente e antipática da militância lulista, que se tornou um obstáculo maior para o retorno do lulismo que a própria ficha suja do Lula. Como escreveu uma vez C. S. Lewis, pode ser preferível ser governado por ladrões que por moralistas prepotentes. E a militância petista cumpre muito bem esse último papel.

        • Quis dizer que Lula está destruído politicamente, mas refiro-me apenas às suas ambições em querer novamente presidente.
          Sei perfeitamente que Lula ainda é capaz de dar um click nos dedos e toda sua militância cooptada e submissa se apresentar dispostos a lhes servir para o que der e vier.
          Creio que o Lula ainda é capaz de causar muito mal a esse país tipo: colocar sua a militância para fazer todo tipo de arruaças inimagináveis e que venha causar pânico à população.

          • Destruída está toda a nossa “zelite” política, por toda a sua corrupção e cinismo, e por sua incapacidade,por total desinteresse e presunção, de atender às necessidades da população, de se identificar minimamente com ela. Foi isso que levou à vitória do Bolsonaro.

      • Meu caro João da Bahia,

        não sei se és da Bahia mesmo. Terra que gosto muito. Inclusive gosto de conversar com o pessoal do povo daí. Há um teu conterrâneo que escreve bons textos e que aprecio bastante. Se chama Wilson Gomes.

        Mas pode ser que eu esteja enganado, que o teu ungido seja aquele ser impoluto que todos nos merecemos. És um daqueles que retratei no comentário acima, gente que não suporta qualquer crítica ao seu adorado presidente. Logo vai taxando o crítico de comunista, de socialista.

        Sim, tens razão, conheces pouco o que é comunismo, socialismo. Devias pesquisar mais sobre isso. Na verdade, gosto mais do capitalismo (que penda mais ao social). Acho que é o melhor sistema atualmente.

        Não gosto de nenhum tipo de ditadura, portanto, figuras como Stalin, Fidel, Chaves e outros tantos, tem o meu repúdio. Trump e Putin pensam no que é bom ao seu país. Tomam algumas medidas dignas de elogio. Será que Bolsonaro também toma atitudes semelhantes?

        O melhor sistema, embora falho, ainda é a democracia. Essa democracia que permitem as discordâncias. E desde que tais diferenças de ideias sejam expressas em nível razoável, elas são salutares.

  11. “Generais já desistiram de aconselhar Bolsonaro, que ainda se julga “enviado de Deus”

    Hahaha… é uma fake news atrás da outra. Depois não sabem porque a população hoje se informa pelas redes sociais e não mais pela grande impren$a.

    A cobertura da grande impren$a nesta crise global é mediocre.

  12. Vidal só discordo de você quando diz que a melhora da economia poderia se dar pelas reformas do governo,as reformas de Temer e Bolsonaro só pioraram o quadro de desemprego e miséria.

  13. Concordo com vc Vidal, mas isto todos sabemos.
    O transtorno de personalidade conhecido como fanatismo é conhecido desde o advento da mente nos humanos, quando este se contaminou com o ideal, que produziu religiões ou ideologias.

    Hoje temos duas delas estão empenhadas em tomar o poder e instalar definitivamente o seu politicamente correto com o esquerdismo (socialismo) e o islamismo tipo ISIS. Como já demonstraram, a democracia e a alternância de poder incomoda-as. Não aceitam o pensamento diferente, classificando seus portadores de infiéis ou reacionários, neo liberais,etc.
    ………………………………………………………………………
    Esclareceria melhor um discurso quando nele fosse apontado as causas e as explicações dos termos nele empregados.

    Todos sabemos que discursos com generalizações não contribuem para a elucidação de questões e pior, seu autor pode estar incorrendo no mesmo erro daqueles que quer criticar.

    Esse negócio de ‘os judeus’, ‘os americanos’, ‘os negros’, ‘os brancos’, ‘os índios’…….já mostrou que não dá bons resultados.

    Eu, por exemplo, com qualquer presidente eleito eu torço para que seu governo dê certo. O governo não é o presidente, são os ministros e os outros poderes.
    Isto se chama ‘pensar no Brasil’

    Que tal deixar de radicalização e aceitar a democracia, a alternância de poder, ser patriota e torcer para o país?

    Ps. Se se aponta aqui fatos concretos, naturalmente que a eles temos que nos submeter.
    Já, achismos baseados em preferências pessoais?

    • Caro Mario Jr.,

      Sempre coloco a seguinte frase sobre o que entendo por ser patriota:

      “O verdadeiro patriota é aquele que ama seu país e critica os erros do seu governo; não aquele que o aplaude cegamente, não importa o quê”.

      • Concordo de novo com você, Vidal, mas a crítica deve ser acompanhada de fatos.
        Nos governos passados, que no começo eu torci para desse certo, como faço para qualquer um, os fatos falaram por si , o que fez eu mudar de ideia.

        Agora, ainda não temos fatos comprometedores a ponto de se querer impichar o presidente. O que tem mais é um ódio da imprensa por ele ter cortado dela o nosso dinheiro que a sustentava. Isto é fato e vc ninguém consegue negá-lo.

        As críticas que se faz ao presidente são de natureza estética e não político-administrativas.
        Mas o governo ,ão é só ele. São os excelentes ministros Guedes, Mandetta, Moro e outros, que estão fazendo fazendo de tudo para vencer as resistências no congresso e no stf para melhorar a situação, , que vc sabe e é fato concreto, que nesses poderes tem pessoas de mau caráter.

        • Caro Mario Jr.,
          certamente é uma questão de opinião, mas acho que os ministros Mandetta e o da infraestrutura, Tarcísio são muito bons. Já Guedes, não. Quanto ao Moro, algumas ações parecem boas, outras nem tanto. A política é feita por diálogo e convencimento, usando as ideias. Isso é a essência do ser humano.

          Claro, em todos os poderes há pessoas de boa e má índole, pessoas capazes e outras inúteis. Pessoas que lideram por competência, outras por populismo e ainda outras pelo enfrentamento. Cabe a nós percebermos essas diferenças.

          Quanto à imprensa, o seu principal papel é a crítica.

  14. Muitos perguntam: Quem mandou milicianos matarem Marielle? Eu pergunto: Quem mandou enforcar na 20ª delegacia Jorge Luis dos Santos e depois às 11 horas da noite de um certo dia fuzilaram sua idosa mãe Terezinha e sua esposa Márcia quando desciam do Acari para apanhar uma condução na “Presidente Dutra”. Jorge fora quem comprara a moto e a pistola Glock de Bolsonaro quando fôra assaltado por dois pivetes. Atenção : Não estou acusando o Deus Bolsonaro. Apena pergunto para o ar.

  15. Bolsonaro é o menos culpado, o grande problema são os eleitores, motivados pela alienação política se deixam levar pela emoção, tornando-se fanáticos como torcedores de futebol.
    Os fanáticos lulistas e bolsanaristas levaram ao segundo turno os dois piores candidatos, deixando até pessoas bem informadas sem opção, e naturalmente votar no candidato que mais se identificou com o afastamento do Lula da política votando contra o Haddad.
    A maioria que votou no Bolsonaro, creio, está arrependida, somente uma minoria ainda o defende.
    Depois de 13 meses, Boplsonaro vem demonstrando despreparo para o cargo que ocupa, os eleitores que votou nele, ao reconhecer que ele está errando é para quem tem dignidade, amor próprio. Insistir em defende-lo, mesmo sabendo do desastre que é o seu governo, é próprio do fanatismo irracional.
    Sempre defendi que o eleitor tem que se basear no curriculum, na vida política do candidato. O Haddad era candidato do Lula, isto basta para não votar nele. O Bolsonaro foi 28 anos deputado com atuação zero, ser deputado era apenas um emprego, tanto que, ao ser perguntado para que recebia ajuda moradia se tinha apartamento em Brasília, respondeu: o dinheiro era para comer gente. Tem gente que acha graça em grosserias desse tipo

    • E quem era o bom candidato em 2018? O Meireles? O Alckmin? O Ciro, aquele oportunista que achou que podia enrolar todo mundo e acabou enrolado mais uma vez pelo Lula? O Amoedo de quem ninguém nunca tinha ouvido falar?

        • Perguntei quem era o candidato bom. Se Bolsonaro e Haddad eram os piores, quem era o melhor? Não se atreve a escolher um dentre todos os outros? Ficar só dizendo que Bolsonaro e Haddad e achar que os eleitores são burros – que raio de democratas são esses? – é não entender o que ocorreu em 2018. É fingir que o sistema todo estava desacreditado por obra de seus operadores. A “zelite” fez por merecer o Bolsonaro, por sua corrupção, incompetência e cinismo,

          • Não vou discutir as virtudes pessoais do Ciro, não tenho conhecimento suficiente para isso. Mas ele é um trapalhão, não tinha nem tem como construir um caminho viável para ser presidente. Em 2018 quis ser o plano B do lulismo, sem perguntar a ninguém – nem a si mesmo – se o PT tinha interesse nisso. O PT sozinho foi capaz de levar um candidato medíocre feito o Haddad ao segundo turno, então para que iria servir de escada para oportunista que poderia se voltar para a direita se eleito?
            Quanto ao Alvaro Dias, ele ficou tempo demais no PSDB para posar de imaculado. Isso resume tudo.

  16. Como dizemos aqui no Ceará com o que apodrecido = pôdi. À imprensa é pôdi na sua essência. É corrupta. Considere que é a imprensa que faz o elo entre o poder e o povo. Daí o sentimento de amigo do rei. Poucos não se dobram por dinheiro. Por isso as ditaduras se alastrando e o povo sendo espezinhado. Essa matéria é uma prova disso. TRINUNA na Internet = pôdi.

  17. -Quando eu veja alguém na TRIBUNA DA INTERNET defendendo as quadrilhas que nos roubaram, que construíram ESTÁDIOS ao invés de HOSPITAIS, que investiu dinheiro do BNDES no exterior enquanto o país definhava, concluo que os nossos presídios precisam ser melhor revistados:

    -Ainda tem MUITO PRESO com Smartphone acessando a internet.

    • -A pessoa que você é hoje não surgiu do nada, do ano passado para este ano. Não somos batata ou mandioca.
      -Você é o resultado de pelo menos vinte anos de preparo (ou de despreparo) e de investimento seu e dos seus país.
      -Um país é a mesma coisa. Aliás, é até mais difícil, haja vista os interesses conflitantes dos habitantes.

  18. Moisés foi lá tirar os israelitas da escravidão do Egito .
    Deus mostrou seu poder subjugando os deuses do Egito e suas crendices ..
    Mais o mesmo povo q era escravizado na caminhada, na falta de alimento começaram a amaldiçoar Moisés seu líder…
    Assim está sendo hoje o brasileiro , muitos que perderam a boquinha só procuram defeito no presidente esqueceram os assaltos aos cofres públicos ..
    Até parece que a esquerda nunca tiveram no comando do país por mais de dez anos ..
    Não estou dizendo que Bolsonaro é o melhor e que é um Moisés , mas poder ser ele um José do Egito ..
    Outra coisa nossas palavras tem poder para construir e também para construir , qual vcs escolhem ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *