General Villas Boas elogia Bolsonaro e diz que o Brasil pode encarar “consequências imprevisíveis”

General diz que falta de “integração de esforços e compatibilizações”

Gregory Prudenciano
Estadão

Ex-comandante do Exército e atualmente assessor do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), o general Eduardo Villas Boas publicou nesta segunda-feira, dia 30, em sua conta no Twitter, algumas opiniões sobre a crise causada pelo avanço da covid-19 no Brasil.

Na publicação, que foi compartilhada pela conta do presidente Jair Bolsonaro, Villas Bôas elogia o mandatário e fala que o Brasil pode encarar “consequências imprevisíveis”, que seriam fruto de “ações extremadas”.

FALTA DE SINERGIA – Na postagem, Villas Bôas diz que o País vive “um momento especial e muito grave” e que tem se preocupado com a falta de “sinergia, integração de esforços e compatibilizações de visões” dos “protagonistas”, sem citar nomes. Segundo o general, há o risco dos pobres terem de pagar o preço por “ações extremadas” – expressão usadas duas vezes no texto.

Sobre Jair Bolsonaro, Villas Bôas diz que o presidente “não tem outra motivação que não o bem estar (sic) do povo e o futuro do País”, e que suas posturas mostram “coragem e perseverança nas próprias convicções”.

“NORMALIDADE” – Nas últimas semanas, Bolsonaro tem discutido, via imprensa, teleconferências e redes sociais, com governadores e críticos que defendem maiores restrições à mobilidade e ao comércio como forma de conter a disseminação do novo coronavírus. Para o presidente, é necessário “voltar à normalidade” para evitar um colapso econômico.“Um líder deve agir em função do que as pessoas necessitam, acima do que elas querem”, termina o texto de Villas Bôas.

O ex-comandante notabilizou-se por suas publicações no Twitter em momentos importantes, como quando falou sobre risco de “convulsão social” no dia anterior ao julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF) que poderia colocar em liberdade o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que deixou a cadeia posteriormente, por uma mudança no entendimento do STF sobre cumprimento de pena após condenação em segunda instância.

MACRON – Em outro momento, Villas Bôas disse ver em falas do presidente francês, Emmanuel Macron, “ameaças de emprego de poder militar” contra a soberania brasileira. Em setembro de 2019, em entrevista ao Estado, o general falou que estava preocupado com as deliberações entre bispos católicos no Sínodo da Amazônia, ocorrido no Vaticano. Para Villas Bôas, o encontro entre religiosos havia adquirido “viés político”.

32 thoughts on “General Villas Boas elogia Bolsonaro e diz que o Brasil pode encarar “consequências imprevisíveis”

  1. Processo de US $ 20 trilhões contra a China! Grupo dos EUA diz que o coronavírus é uma arma biológica *

    Um processo de US $ 20 trilhões foi movido contra autoridades chinesas nos EUA por causa de um surto de coronavírus. O advogado americano Larry Klayman e seu grupo de defesa Freedom Watch, juntamente com a empresa texana Buzz Photos, entraram com uma ação contra o governo chinês, o exército chinês, o Instituto Wuhan de Virologia, o diretor do Instituto Wuhan de Virologia Shi Zhengli e o general geral do exército chinês Chen Wei.
    Os demandantes buscaram US $ 20 trilhões, uma quantia maior que o PIB da China, alegando que o coronavírus é o resultado de uma arma biológica preparada pelas autoridades chinesas.

    Eles acusaram a China de ajudar e favorecer a morte, fornecimento de apoio material a terroristas, conspiração para causar ferimentos e morte de cidadãos dos EUA, negligência, morte por negligência e agressão e agressão.
    Eles alegam que o vírus foi liberado pelo Instituto de Virologia de Wuhan. Os autores declararam que o vírus COVID-19 foi “projetado” pela China para matar populações em massa. As armas biológicas foram proibidas em 1925 e, portanto, essa arma biológica é uma arma de destruição em massa relacionada ao terrorismo, o processo mencionado.
    O grupo americano cita várias reportagens da mídia que afirmam que havia apenas um laboratório de microbiologia na China que lidava com vírus avançados como o novo coronavírus – em Wuhan. Para encobrir, alegaram os autores, a China vinculou as declarações sobre o coronavírus aos protocolos de segurança nacional.

    Klayman e os autores também alegaram que médicos e pesquisadores chineses que falaram sobre o coronavírus e “deram o alarme para o mundo exterior internacionalmente” foram “silenciados”. Eles acrescentaram que esse era o desespero do major-general Chen de se salvar do vírus, que ela injetou em si e em seis membros de sua equipe uma vacina potencial que ainda estava para ser testada.
    Eles também alegaram que todos os réus estavam trabalhando juntos para perpetuar o “terrorismo internacional”.
    O processo afirmou que, embora o coronavírus tenha ação lenta e se espalhe lentamente para ser usado contra as forças armadas de um país “, ele foi projetado para ser usado contra a população em geral de uma ou mais das nações inimigas da China, como os Estados Unidos”.

    Os demandantes americanos também pediram um julgamento por júri contra os réus chineses.
    https://www.businesstoday.in/current/world/usd-20-trillion-lawsuit-against-china-us-group-says-coronavirus-bioweapon/story/399071.html?fbclid=IwAR35vFVuEYFxUB5BoFg5iV4JK7NK7NK4NK4NK

  2. O General Vilas Boas está certo.
    Ex-comandante do Exército, respeitado por todos, excepcional homem público,
    Deixou claro, há alguns meses, que as Forças Armadas jamais aceitariam ser comandaras por um ladrão condenado duas vezes.
    Está dado o recado.

  3. Bravo General Villas Boas, que bom ver em meio as suas limitações físicas vir de encontro à Pátria e ao Povo de Bem |Brasileiro que aguardavam suas Palavras de Amor e Respeito ao Brasil e a nossa gente brasileira ! A Imprensa Esquerdopata, ansiosa pelas verbas fáceis para continuarem destruindo o Brasil, com seus iguais dos Partidos/Organizações Criminosas de Lesa Pátria, tentam desmoralizar o Presidente da República, em conluio e conspiração já provada e comprovada (o povo vai saber) com Governadores, Prefeitos e Banda Podre do Congresso Nacional, com respaldo criminoso daqueles que soltaram Lula e tantos outros Ladrões e Traidores da Pátria e vem posarem de Defensores do Direito e Impedirem Bolsonaro de Governar o País por não se submeter aos caprichos organizados de bandidões da República. Sua Palavra tem Força, Valor e Ordem para os Brasileiros de Bem de todos os Quadrantes, sabíamos que não estávamos sós, os “podres poderes” com a voz rouca e predadora do Direito, Cínica, que soltaram Lula e muitos ladrões da Pátria vieram hoje pela manhã na mídia interpelando a PGR para por prá fora o Presidente da República Eleito pelo povo e que não praticou nenhum ilícito. Que moral tem quem soltou Lula e mais da metade dos Ladrões da Pátria nessa discussão criminosa de instancias, quando hoje, vemos e testemunhamos que o dinheiro que Lula e sua Quadrilha nos roubaram faz falta ao Povo Brasileiro nesses momentos de incertezas e angústias ??? Bravo General Vilas Boas, era isso que nossos Irmãos das FFAA precisavam para mostrarmos que as Forças Armadas jamais iriam faltar ao Brasil e a seu Povo nesses instantes cruéis de nossa História onde o Brasil e seu Povo de Bem, estar sob o Ataque desleal e desumano de 2 Vírus, o Coronavírus (fabricado pelos Comunistas Chineses) e os Comunistas e Socialistas Corruptos do Brasil que querem aproveitar a fraqueza de um povo preso em suas casas e humilhados com temor de perderem seus Empregos e suas Empresas e a vida de suas Famílias, e seu Futuro, com a “campanha organizada de tomar o poder a qualquer custo” por parte dos Traidores e Ladrões do Brasil, travestidos de Governantes, Legisladores, Cumpridores e Fazedores de Lei nas cochas do atraso vermelho ! A Poesia do Teófilo Barros na Música Fibra de Herói diz bem o que passamos, mas, vamos vencer com as Graças de Deus em defesa da Pátria , de nossas Famílias e o Futuro do Brasil…” Afronta se lava com Fibra de Herói de Gente Brava….! Nosso Abraço, Bravo e Grande Brasileiro General Villas Boas

  4. Acho que deveriamos por uma pitadinha de sal nas observações do gen Vilas Boas. Ele tem muita experiência e geralmente se mostrou moderado. Atualmente o seu coração deve estar ditando o que ele fala. E não é de bom alvitre ouvir o coração – deus nos deu o lobo frontal para as decisões racionais.

  5. Eu acho esses militares – tal como no passado – aproveitadores canalhas da pior estirpe.
    Qualquer abordagem de História do Mundo, nas instituições sérias de ensino no estrangeiro, quando adentra em capítulos da América Latina, retratou-os, no passado, como espertalhões que assumiram a máquina pública com propósitos – alta cúpula – mais pessoais que de interesse público.
    Quantos não ficaram muito bem de vida?
    Ahhh agora querem, uma vez mais, mamar…
    Aproveitaram o momento dos erros em que (parte) (d)a esquerda idiota enfiou o Brasil.
    Agora querem de vez – das cagadas no tabuleiro político – tomar o poder novamente.

  6. Que exemplo o Uruguai. Vai da esquerda para direita harmonicamente…
    Aqui tem um Presidente que comete crimes no cargo e quando falam de colocá-lo no seu devido lugar – ou tirá-lo – tem generais que ameaçam o regime constitucional

  7. PENA que nas forças armadas não existem mais, há muito tempo, militares do quilate de Deodoro da Fonseca e Floriano Peixoto, que, diante da marcha natural da história não hesitaram em romper com o velho que já havia morrido para abraçar o então novo que precisava se estabelecer como de fato foi estabelecido pela mão forte dos mesmos, que infelizmente, com o passar do tempo, e o mau uso, tb envelheceu, exauriu-se e tb já morreu e que, por isso, tb precisa dar lugar ao novo da ora, o novo de verdade, que tb precisa se estabelecer, tal seja a Confederação, com Democracia Direta e Meritocracia, como propõe a RPL-PNBC-DD-ME, o novo caminho para o novo Brasil de verdade, porque evoluir é preciso. E cadê os Deodoros e os Florianos do novo tempo, para apoiarem a Intervenção Social inédita, munida de megaprojeto próprio, novo e alternativo de política e de país ? É como diria o saudoso Padre Quevedo, tão citado pelo C.N., Eles não existem, e os que ai estão, salvo exceções, ao que parece, infelizmente, estão apoiando um bandido, safado, sem-vergonha, vagabundo…, com uma famíglia do mesmo naipe, como dizem “orbi et orbi” os seus próprios ex-aliados, Delegado Valdir e Deputado Frota.

    • Tropa armada, coisa de covarde. Que tal o mano-a-mano, no braço, coisa de homens e não se covardes que se escondem atrás de tropas armadas, iguais traficantes e bandidos vagabundos que se escondem atrás de quadrilhas mas no mano-a-mano, no braço, mijam pra trás no ato.

        • Se um vírus pode dizimar vocês, imaginem um exército de vírus, enviado por Deus para acabar com a patriotada de araque, pilantra, mercenária. Coloque as suas tropas nas ruas para que sejam devoradas pela tropa de Deus.

          • Mario, Deus não é chinês pra mandar exércitos de vírus.
            Deus só mandou pragas ao faraó lá nos tempos de Moisés, a rigor se tivesse que mandar praga não seria sobre uma nação de maioria cristã. A praga seria sobre os ímpios e você parece ser um deles.

  8. Um líder deve agir em função do que as pessoas necessitam, acima do que elas querem

    Corretíssimo, o velho soldado.

    Ele sabe que o Presidente, diante da ameaça do dilúvio, incentiva os homens saudáveis a construirem barcos, em vez de se refugiarem dentro de casa com medo da tempestade.

    • Estamos todos cansados desses discursos pilantra$. Vocês, pilantra$, estão todos com os burros nas sombras, e nós, povo, estamos todos fritos. Esse ai, p.ex., acumulando soldos e salários faraônicos, dando “expediente” numa cadeira de rodas, usufruindo de um dinheiro que não faz por merecer, que deveria ser carreado para a saúde da população ou educação das crianças que estão morrendo à míngua de recursos. Mui patriota$.

  9. O livro “”Falsa Aurora”, de Lee Pen, Ed. CEDET discorre, com riqueza de notas de pé-de-página, dados, citações, nomes de pessoas, organizações, lugares, fatos, documentos, sobre o tema por você abordado.
    “A Iniciativa das Religiões Unidas, O Globalismo e a Busca Por Uma Religião Mundial”.

  10. Não entendo o porquê do elogio ao presidente.
    Será pelas atitudes do Bolsonaro contrárias a ciência, ao que diz os infectologistas, ao ministro da Saúde e todos os governos mundiais?

    • Passarinho que não canta não come alpiste. Tem que fazer jus ao salário de marajá que está recebendo sem trabalhar, além dos soldos e demais mordomias, daí resta a bajulação, aquela tão condenada pelo General de verdade, Mourão Filho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *