Gilberto Carvalho diz que não é ladrão, mas já foi acusado várias vezes

Deu na Folha

À frente da Secretaria-Geral da Presidência durante todo o primeiro governo Dilma Rousseff, Gilberto Carvalho era o auxiliar mais próximo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Amigo pessoal e homem de confiança do ex-metalúrgico, ocupou a chefia de gabinete do Palácio do Planalto de 2003 a 2010.

O ex-ministro foi acusado pelos irmãos de Celso Daniel, prefeito de Santo André (SP) assassinado em 2002, de participar de esquema de arrecadação de propina para o PT junto a empresas que prestavam serviços para o município.

Carvalho era, na época, secretário de Comunicação e de Governo de Daniel e teria admitido o transporte de valores que seriam entregues ao ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, condenado pelo Supremo Tribunal Federal no processo do mensalão.

MARCOS VALÉRIO DENUNCIOU

Também condenado no mesmo processo, o empresário Marcos Valério afirmou ao Ministério Público Federal que o PT lhe pediu dinheiro para silenciar pessoas ligadas ao assassinato do prefeito de Santo André.

O ex-presidente Lula e Gilberto Carvalho teriam sido chantageados em 2003 por figuras suspeitas de participar do crime.

À época, Carvalho negou as acusações e disse que Valério estava “desesperado”.

Ex-secretário nacional de Justiça durante o governo Lula, Romeu Tuma Jr. também acusou Carvalho de envolvimento no esquema de desvio de recursos em Santo André e de encomendar dossiês contra adversários do governo petista.

9 thoughts on “Gilberto Carvalho diz que não é ladrão, mas já foi acusado várias vezes

  1. Quando deixarão de brincar e partirem para os devidos e necessários esclarecimentos. Estão esperando vencer o tempo? E as acusações ficam por isto mesmo? Alguém acusa e o acusado cala. Como se classifica isto? Até quando as gavetas e os tapetes servirão como arquivos para processos envolvendo políticos e seus seguidores?
    Com a palavra a polícia, a justiça e acusados/acusadores!
    Será que Daniel precisará reencarnar para as comprovações?

  2. O lamentável dessa história, os grandes culpados, Agentes do governo, esttão “presos” em casa, por serem amigos do rei e rainha, e, até o menos culpado, o “careca Marcos”, pegou 40 anos de cana, o STF, fez a “justiça” de declarar, após condenar, que os amigos do rei e rainha, não formavam “quadrilha”, os outros (menos culpados continuaram quadrilheiros, (todos juntos, mais separados), para que a INJUSTIÇA fosse feita. A inversão de VALORES no Brasil, foi instituida pelo PT-Traidor da Nação, transformando inocentes em culpados, e culpados em inocentes, com a “bênção do STF”, como “cabeça” da justiça, está podre.
    Só nos resta, rogar à DEUS, sua JUSTIÇA, que julga pelos ATOS e AÇÕES,
    quando a “porta da verdade” se abrir para a prestação de contas da consciência, pois, a vida continua, creiam ou não, é Lei Cósmica.
    Cada lágrima derramada pelos “injustiçados”, será “bola de fogo” a arder na consciência do criminoso da Lei Divina: AMAR O PRÓXIMO COMO A SÍ MESMO”.
    A corrupção em todas as suas modalidades, arderá na consciência “do AUTOR”, e a conquista material, ficará no mundo, mas, o resultado pesará mais que chumbo!.

  3. A reportagem de ontem a noite, no fantástico, sobre as próteses cirúrgicas, da a dimensão do apodrecimento
    do tecido social brasileiro.
    Ninguem faz mais nada sem receber uma comissão ou alguma vantagem indevida. Um músico, outro dia me
    confidenciou, que só consegue fazer contrato para tocar em salões do interior, se pagar algum por fora para o presidente do clube.
    O câncer social, já se tornou metástase.

  4. É, pelo que vem sendo noticiado pela mídia (antes da “regulagem” pelo PT) a frase proferida “NÓS NÃO SOMOS LADRÕES” equivale a afirmar que o capeta é um “santo” e que seus chifres foram colocados pela Madre Teresa de Calcutá.

    A mídia, a Polícia Federal e o Ministério Publico têm provado que são ladrões.

    E a família de Celso Daniel que, além de ladrões, são assassinos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *