Gilmar Mendes precisa sofrer impeachment e receber tratamento especializado

Resultado de imagem para gilmar mendes charges

Charge do Mário (Arquivo Google)

Carlos Newton

É evidente que os demais ministros do Supremo já perceberam que o comportamento do ministro Gilmar Mendes não é normal e suas decisões contribuem para desgastar cada vez mais a imagem do Poder Judiciário, exatamente num momento crucial em que a política e a administração pública estão submetidas a um rigoroso processo de moralização que jamais teve similar no país. Na forma da lei, já existem motivos suficientes para que se peça o impeachment do ministro, mas isso não vai acontecer, porque seu comportamento não representa um fato isolado e a grande maioria dos integrantes do tribunal tem concorrido para levar adiante o processo de desmoralização da Justiça.

A decisão de soltar novamente o corruptíssimo empresário Jacob Barata Filho demonstra que o ministro Gilmar Mendes perdeu a noção das coisas, pois tomou uma decisão sem sustentação jurídica, com base apenas no exercício da soberba, um dos mais conhecidos pecados capitais, definido no Eclesiastes pela expressão latina «Vanitas vanitatum omnia vanitas» (Vaidade das vaidades, tudo é vaidade»..

PELA TERCEIRA VEZ – Em agosto, o ministro do Supremo Tribunal Federal já tinha concedido outros dois habeas corpus ao empresário, com quem teve relações pessoais, por ser padrinho de casamento da filha de Barata e tio do noivo.

Já houve reação a esses procedimentos, mas não adiantou nada. Quando Gilmar Mendes mandou voltar Barata pela segunda vez, em agosto, a Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) enviou carta-aberta ao Supremo, pedindo aos magistrados para “conter a ação e o comportamento” do ministro Gilmar Mendes. O documento da Associação afirma que “o ministro se destaca e destoa por completo do comportamento dos demais integrantes da Corte”, criticando “a desenvoltura” com que Gilmar Mendes se envolve em assuntos “fora dos autos” e questionando a imparcialidade do ministro para aturar nos processos que envolvem o compadre Jacob Barata Filho.

SEM JUSTIFICATIVA – O pior é que esta terceira decisão nem teve justificativa jurídica. Não levou em conta o fato de Barata continuar dirigindo as empresas envolvidas em corrupção, mesmo estando sob prisão domiciliar. Gilmar Mendes alegou que os decretos de prisão concedidos pela 7ª Vara Federal Criminal e pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região foram uma maneira de contornar sua decisão anterior de libertar o empresário corruptor.

“Tenho que a decisão do Juízo de origem sugere o propósito de contornar a decisão do STF. Dado o contexto, é viável conceder ordem de ofício, suspendendo a execução de ambos os decretos de prisão em desfavor do paciente”, decretou o ministro do STF, desconhecendo toda a base jurídica que fundamentou os pedidos de prisão.

###
P.S. 1
Como se sabe, não se trata de um criminoso comum. Barata é réu em duas ações penais no Rio, acusado de pagar R$ 500 milhões em propinas a políticos fluminenses.

P.S. 2Ao julgar réus com os quais se relaciona e tem amizade, como Barata Filho e Michel Temer, o ministro descumpre as leis e o próprio Regimento do Supremo. Mas a quem reclamar, se quase todos os ministros do Supremo também descumprem essas leis?

P.S. 3 –  Ao que parece, as instituições apodreceram, mas os magistrados ainda não conseguem sentir o cheio nauseabundo, putrefato e pestilento que eles mesmos exalam. (C.N.)

27 thoughts on “Gilmar Mendes precisa sofrer impeachment e receber tratamento especializado

  1. O Judiciário ruiu como um todo.

    Janot afirmou que estão freando a investigação contra Temer no caso da MP do porto de Santos.

    É óbvio que os escolhidos do mordomo foram colocados na PF e PGR exatamente pra isso.

    Fernando Segovia e Raquel Dodge foram empossados justamente pra isso:

    Continuar engavetando a 3ª denúncia contra Temer no caso da MP do porto Santos !!!

  2. Existe uma saída…aeroporto Tom Jobim. Ir embora e não voltar mais.
    Pessoas decentes já estão indo embora, para viver em outros paises um pouco mais decentes.
    Está na hora da sociedade entender que aqui não vai ter como melhorar.
    Não vai ser a lava jato que irá passar o pais a limpo, pois não existe como limpar. A lava jato apenas descortinou o quanto se desviava, mas talvez não se faça muita coisa, pois bandido no Brasil é muito criativo, já já será criada uma maneira de dar ” nó cego em pingo de éter”.
    A desmotivação é tanta que o brasileiro já não está dando importância para isso. Veja se foi feita alguma manifestação a respeito?
    Já começou o carnaval, agora só em março, afinal, o Brasil é o único pais que tem apenas 9 meses (dezembro, janeiro e fevereiro, é férias).
    Eu, particularmente, estou correndo atrás para “sumir desse país”.

  3. C. Newton,
    Foi providencial seu texto. O último sobre esse assunto q escreveu nos deixou muito mal. Agora já apresentou algo mais efetivo com relação aos abusos de um ministro da principal corte judiciária. Ele não estã acima da lei. Isso eh abuso de autoridade! Tem q ter suas consequências. Eh hora da população da um susto nesse tribunal. O reze da mesma cartilha ou pau nele! As leis só vale pra nós? Se a população não fizer nada, não me venham depois ser contra a um golpe de um general louco desses q estão por aí. Terá o apoio da sociedade!
    Cadê os Black blocks? Só agem pra esculhanbar com os movimentos dos trabalhadores?

  4. Enquanto a população não decidir EMPALAR em praça pública os primeiros 50 VAGABUNDOS de cada podre poder, eles continuarão lesando a Pátria.

  5. O Supremo Tribunal não é um juizado de soltar baratas; mas, pelo contrário, um corte suprema. Soltar ou prender o senhor Barata não é uma questão suprema. A Constituição não refere em nenhum momento “o juiz do Supremo”, mas, o tempo todo, registra Supremo Tribunal Federal. Na minha cabeça, com todo o respeito a quem consiga fazer outra leitura, a decisão singular desses senhores não têm cabimento constitucional porque, em sendo singular, deixam de ser supremas, deixam de ser “tribunárias”. Não temos 11 tribunais supremos na cabeça e no devaneio daqueles onze; mas tão só um único Tribunal Supremo. Em suma, a decisão do senhor Gilmar, independente do impedimento/ suspeição, não é do Tribunal nem é Suprema. Será que enlouqueci em pensar assim ou suficiente comparar com os Tribunais Supremos dos países civilizados e também com o texto da Constituição? Vamos levantar este assunto: Corte Constitucional julga assuntos supremos; soltar e prender baratas seria um assunto supremo? Deveras, uma corte constitucional não é o juiz daquela corte, mas o seu conjunto, os seus 11, no caso brasileiro.

  6. Como acreditar no STF, se seus membros em maioria estupram e vilipendiam a dita cuja, estando para sinistros. no momento só se salvam: Barroso, Fachini e Fux, o resto, é o resto. Pobre Brasil, quando sairás desse pantanal!??.
    Gilmar Mente, alma trevosa, já tens garantido, o “Ranger de dentes”, no pós túmulo, destino de todos nós, para a devida prestação da Consciência, Tribunal Divino.

  7. O aparelhamento carcomeu as instituições de forma que quase todos tem telhado de vidro. Gilmar Mendes faz mais do mesmo…..
    Se esse fato não faz parte da ” aproximação sucessiva ” e logaritimica de Mourão, só a vinda de Jesus nos salva..

  8. Eu já disse isso aqui e repito : Gilmar Mendes, o latifundiário que explora trabalhadores em seus latifúndios de forma semelhante ao trabalho escravo, nunca fez nada de bem em sua vida.

    A Única chance que Gilmar tem de fazer a primeira e derradeira ação boa a serviço da Pátria Brasileira, que nunca foi sua preocupação, é o ato de se suicidar. Suicida, canalha, faça pelo menos isso pelo bem do Brasil e dos brasileiros.

    • O Sr. Gilmarmatic não tem doença nenhuma!
      Ele está corrompido até o talo, isso é perceptível a olho nu. Ele não tem como ser diferente porque ele não pode ser diferente!
      Se o Barata ficasse na Jaula por muito tempo, iria abrir a boca… e aí meus amigos… o Gilmá iria fazer companhia ao compadre.
      Simples assim.
      Atenciosamente.

  9. Senhores,

    Os outros ministros do Supremo não são melhores do que o GILMAR, nem fazem coisas menos ou mais altruístas que ele.

    Eles são apenas MAIS DISCRETOS… por isso, naquele covil, a Lei do Silêncio é considerada a mais importante de todas as leis. Mais importante, inclusive, do que a tal Constituição Cidadã.

    Abraços.

    PS: Ainda dá tempo fazer aquele depósito para garantir a existência deste espaço democratico.

  10. O STF e parlamento devem ter feito um acordo, e espúrio, lógico:
    A Alta Corte não julga os processos contra os parlamentares envolvidos na Lava Jato, tampouco permite que sejam presos – Paulo Bernardo, Lula, Padilha, Moreira Franco, Dilma, Temer … – mas, em compensação, quem efetivamente manda no Brasil são os ministros do STF!

    Gilmar segue à risca esta combinação, soltando quem acha que deve e demonstrando que, por mais que reclamem, ele é o chefe.

    • -Exato! Por isso eu quero votar em 2018 é para Ministro do Supremo, que é quem manda de fato e quem diz de onde deve soprar o vento da Justiça nesta fazenda.

      • Francisco Vieira, meu xará,

        Faz algum tempo que o STF sinaliza que o poder se transferiu do Planalto para o prédio do STF.

        Observa o seguinte:
        Parlamento e Executivo somente atuam contra o povo e país, roubando, explorando, mentindo, enganando, porém as decisões quem as toma é a Alta Corte, inclusive as políticas!

        Por que chegamos a este ponto?

        Simples:
        Na razão direta das indenizações que o parlamento se concede, também estendeu tais benefícios imorais e ilegais ao magistrados, pois não seria crível que os ladrões ganhassem tanto e nada repartissem aos demais poderes, mesmo que aparentemente em forma de suplementos salariais.

        A partir dessas concessões, o comprometimento maior ainda do STF com o parlamento e com aquele que havia escolhido os ministros, o presidente, então o sistema se interliga, se identifica, a passa a se comportar como o Brasil se resumisse nos três poderes, enquanto o povo é mero acessório ou objeto a ser descartado!

        A violência, a saúde pública deteriorada, comprovam que estamos sendo aniquilados sádica e cruelmente, e para quem sobrevive a tais circunstâncias, existe a reforma da Previdência, que nos obrigará a trabalhar mais, e a extirpação de leis que salvaguardavam alguns direitos trabalhistas, ou seja, se não a escravidão, o trabalhador não terá mais as garantias que teve durante muitos anos.

        Um abraço.
        Saúde e paz.

  11. Ele deveria ser impedido de julgar qualquer habeas corpus, de pessoas aonde tem afinidade, como é o caso de Jacob Barata Filho, a corte deveria ter se pronunciado, já que ele não teve grandeza de agir, o alto poder judiciário, representado pela ministra Cármen Lúcia, já deveria proibir qualquer processo onde este ministro teve convivência íntima com os denunciados, aos olhos do cidadão de bem, era isto que se espera do STF.

  12. Creio que essa coisa que veio pelo corta caminho do PSDB chamado 5º constitucional e mais os demais assim promovidos deveria ser questionado pelos seus pares e destituído sumariamente pois está comprometendo a dignidade e moralidade da Justiça brasileira e colocando em risco a ordem pública no Brasil…Esse cara têm que ser interditado e afastado sumariamente…

  13. Sr. Newton, aquele que colocou o Monstro Gilmar Efeagacê lá no Supremo, o famoso Monstro Tucanossauro FHcorrupto também precisa de tratamento especializado…
    E todos sabem qual o tratamento deve ser dado ao Tucaladrão Mor da Máfia Tucanostra.

  14. Valores morais e éticos em seres como ( gilmar mentes ) é natimorto. Este ser é prova incontestável de que , para ser sicário , basta nascer sicário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *