Golpe dos R$ 5,7 bilhões para o Fundo Eleitoral é um alerta de que dias piores ainda virão

Charge do Cazo (Ar’quivo Google)

Vinicius Torres Freire
Folha

A “nova política” está por toda parte. Chegou ao poder federal com Jair Bolsonaro (“sem partido!”) e ao governo de vários estados, como o Rio de Janeiro de Wilson Witzel, que pelo menos já foi cassado.

Neste ano, os “homens novos” assumiram de vez o comando da Câmara, com Arthur Lira (PP-AL), cúmplice maior do presidente, seu premiê e regente da avacalhação nacional. Esse casamento de inconveniência acaba por gerar uma cambulhada de indignidades, tal como o golpe do fundão eleitoral.

PODER ÀS BASES – Lira foi eleito com a promessa de dar poder “às bases”, ao baixo clero. Mais poder, na verdade, pois essa turma se tornou cada vez mais proeminente, predominante e poderosa com a multiplicação de partidos negocistas (a partir de 2007, também com a ajuda do STF) e com a degradação decisiva da Presidência da República.

Essa rebelião das massas parece agora desembestada. O aumento do fundo eleitoral de R$ 1,8 bilhão para R$ 5,7 bilhões em 2022 é apenas um sintoma, embora caríssimo (o dinheiro extra equivale a 11% do Bolsa Família).

A dinheirama estimula o empreendedorismo partidário e dá mais poder aos empresários das legendas de aluguel (quase todas das três dúzias), o que incentiva ainda mais a fragmentação partidária, em um efeito bola de lama.

ABRIR A FRANQUIA – Com tamanho fundão eleitoral e partidário à disposição, por que não abrir a sua franquia e até mesmo alugar a cobertura para um candidato a presidente? Pode dar rolo, com aconteceu entre o dono do PSL e os Bolsonaro. Mas isso é da vida, certo? Negócios têm algum risco, bem o sabiam os piratas que dividem butim.

Os parlamentares avançam sobre a definição do Orçamento como hienas, pois o fazem por meio de emendas picadinhas, obrigatórias e pouco transparentes, em vez de também redefinirem grandes prioridades de despesa. No ano que vem, essa mumunha vai continuar, a julgar pelo que está escrito na Lei de Diretrizes Orçamentárias, aprovada nesta quinta-feira (15).

Os apaniguados de Lira também preparam uma reforma política ou eleitoral que pode perverter ainda mais o sistema partidário. Pretende-se dar uma avacalhada nas cláusulas de barreira (exigência de votação ou conquista mínima de cadeiras para que o partido tenha certas regalias).

POLÍTICA E CRIME – Discute-se até a criação do distritão (os votos vão só para os candidatos, não para partidos), com o que as eleições parlamentares vão se tornar uma corrida de celebridades, ricos e representantes do crime (do crime não regulamentado, quer dizer, como facções e milícias).

O empresário partidário, porém, continuaria com o poder de alugar cômodos, ceder vaga na legenda para essa dança dos famosos eleitoral. Se ninguém prestar atenção, vai ser aprovada uma mixórdia sórdida, como era de prever com a chegada ao poder da “nova política”, esse projeto de ruína final do país.

O pacote de jabutis gordos que passou na lei de privatização da Eletrobras e a palhaçada dinheirista que foi a votação do Orçamento de 2021 são outros exemplos da degradação. Não há liderança maior, poderosa e com vergonha na cara para conter a farra.

SEM OBJETIVOS -O governo Bolsonaro não tem projeto político e líderes para negociar um programa legislativo. Não é mesmo capaz de propor projetos com um mínimo de competência técnica e compostura —considere-se o papelucho bisonho que o ministro Paulo Guedes quis passar como “reforma do Imposto de Renda”.

Quanto ao Congresso, Bolsonaro apenas arrumou um centrão para chamar de seu e evitar o impeachment. Em troca, Lira e sua turma entregam umas “reformas” mambembes e ficam à vontade para tocar a balbúrdia, para não dizer outra coisa.

16 thoughts on “Golpe dos R$ 5,7 bilhões para o Fundo Eleitoral é um alerta de que dias piores ainda virão

  1. Sempre fui contrário a abstenção ou voto em branco, Mas, o eleitor está sendo provocado e motivado a essas opções.

    • O Coiso mal saiu do hospital e já começou a cuspir besteiras:

      1. Perguntou retoricamente o que ele já tinha feito pelo país. Faltou alguém responder: ajudou a matar milhares de brasileiros com sua incompetência e negacionismo.
      2. Reafirmou a necessidade do voto impresso, sem se importar que a troca implique em gostos de bilhões ao pais e que milhares de brasileiros estão carentes de alimentos.

      Esse cara deveria ser tratado como o leão que é rejeitado pelo grupo por se tornar inválido: relegado á própria sorte.
      Nojo, nojo, nojento.

    • Na hora H a mídia bandida que faz parte do esquema bandido obriga o povo a votar nos bandidos, via lavagem cerebral diária, pesquisas nazifascistas etc.e tal.

  2. Como diz o artigo, é a Nova Política.
    Alguém sabe me informar como o PT votou neste abusivo aumento do Fundo Partidário?
    Só para saber se o PT está metido nesta maracutaia.

    • A nova política não tem nada ver com essas tranqueiras que, à evidência, são coisas das velha política, e esses “jornalistas”, infelizmente, por ignorância não sabem nem separar o joio do trigo, ou por má-fé a mando dos seus políticos ou bandidos de estimação confundem as coisas.

    • Votou contra, como tem fartamente anunciado. Sem desculpas de “votei a favor da LDO mas pedi destaque” do Fundão, como os bolsonaristas estão pedindo…

      • Só para saber se o PT está metido nesta maracutaia”””

        E como tá Sr. Ronaldo.
        Os irmãos mais velhos do Luladrão, do famoso Partideco Corrupto PSDBandido votaram a favor do CORRUPTÂO, ops, errei, Fundão.
        Então , aguarde, quando as torneiras dos cofres públicos começaram a jorrar os bilhões do fundão,, pode ter certeza seu Partideco Corrupto Petralheiro vai ser o primeiro da fila paa MAMAR NAS TETAS…

        Aguardemmmmmmm, como diz o famoso apresentador o HOmem do Golpe do Baú.

  3. “projeto de ruina final do país”.
    Muito bem observado haja vista que não se pode construir um belo edifício, sem demolir o decrépito e corrompido casarão e com ele, o casarão, todos ou pelo menos a maioria dos ratos que só conseguem mostrar o quanto são bons em corrupção.

  4. A quem recorremos.
    Alguém tem alguma idéia?
    Aos astros, não adianta, eles estão cada vez mais, distantes.

    Os “astros”, seríamos nós.
    Mas o que vemos é terrivelmente preocupante….

  5. A canalhice da nossa classe política, se é que podemos chamar essa corja de políticos, chega a ser “vomitante”.

    Vejam como são desonestos.
    Aproveitando da situação atual que se encontra o presidente, dependendo deles para se livrar da enrascada que se encontra, pensaram rápido.
    Aprovaram esta indecência a toque de caixa, apostando na inoperância do presidente.

    Estou a falar das circunstâncias que estão acontecendo, sem ideologia, por favor.
    Não importa quem estivesse lá, estaria nas mãos destes excrementos engravatados.

    Sejamos justos, há exceções…….

  6. O Leão vem ai, para mandar os “mito$” de araque para a tonga da mironga do kabuletê. “FALTA UM NOME e um conjunto de ideias, valores e princípios que sejam um sim que diga não à polarização atual.” Falta nada, está tudo ai, na pista há cerca de 20 anos, o Leão e o megaprojeto novo e alternativo de política e de nação, porque o resto é tudo mais dos me$mo$. O que está faltando é pelo menos um partido que se preste a servir à causa nobre, ao país e ao povo brasileiro, e o desapego da comilança das ditaduras: partidária, midiática, militar e econômica. O bolsonarismo e o militarismo têm que sair, o lulismo, o demotucanismo e seus puxadinho$ não podem voltar. ENFIM UM ARTIGO, apartidário, isento, desprendido, que traça um diagnóstico perfeito e instiga o debate ideal, positivo, salutar, propositivo, fora das bolhas, sobre o que fazer com o Brasil, doravante, de modo a torná-lo melhor para todos e todas, além das cercanias do continuísmo da mesmice das ditaduras partidária, midiática, militar e econômica. Pergunta que, aliás, está no ar e não quer calar desde Junho de 2013, com o Brasil quase inteiro nas ruas do país aos gritos de “sem partidos, sem golpes, sem violência, sem corrupção, vocês não nos representam”. DIZ O ARTICULISTA no desfecho do seu trabalho intelectual: “Se Lula tem alto índice de intenção de votos, é por ausência de opção. Os seus potenciais eleitores não são petistas e lulistas, mas tão somente antibolsonaristas, da mesma forma que nas últimas eleições foram antipetistas, e não pró-Bolsonaro. Falta um nome e um conjunto de ideias, valores e princípios que sejam um sim que diga não à polarização atual”. AI ESTÃO O DIAGNÓSTICO E A QUESTÃO DA ORA, sendo esse, pois, o debate, isento, desprendido, assentado na verdade, que vale a pena fazermos porque expressa a realidade atual do Brasil, nua e crua, como ela realmente é, pugna pela Solução, e que, por coincidência, vem ao encontro da máxima segundo a qual LULA E BOLSONARO SÃO DOSE PRA LEÃO, porque o resto é puxadinho dos me$mo$, ou seja, continuístas da mesmice da ditadura partidária do sistema apodrecido que, ao longo dos últimos 131 anos, conduziu o país ao estado de coisa$ e coiso$ que ai estão, com prazo de validade vencido há muito tempo, à velha moda FEBEAPÁ (Festival de Besteiras que Assolam o País ), tipo nó górdio, perfazendo uma seara praguejada na qual quanto mais se reza e se ora mais assombrações aparecem tipo “Fundão Eleitoral”, etc.e tal, macumbaria essa que precisa ser desfeita, exorcizada, e que só pode ser exorcizada, e mandada para a tonga da mironga do kabuletê, pelo megaprojeto novo e alternativo de política e de nação, com Deus na Causa, como propõe a Revolução Pacífica do Leão, a Nova Política de Verdade, com Democracia Direta e Meritocracia, a Terceira Via de Verdade, o novo caminho para o novo Brasil de verdade, porque evoluir é preciso. E se eu assino isso como o meu próprio nome, é porque acredito piamente no que estou dizendo, fruto de 30 anos de estudos sobre o assunto, porque há mais de 30 anos estou enxergando o possível Novo Brasil de Verdade, estou vendo ele funcionando a mil por hora, para o bem de todos e todas, porque amo ver seres humanos felizes, de bem com a vida. http://www.tribunadainternet.com.br/nao-deixa-de-ser-algo-indesejado-que-o-nao-a-bolsonaro-volte-a-ser-um-sim-a-lula/?fbclid=IwAR2RGIg5ejYn0Bb1AbnFPpRbeSY5vVfKK4R4THPuBKRt0mUpygU1GY22tCE

  7. Lamento que ficamos discutindo besteiras, literalmente, enquanto o legislativo nos engole, roubando dinheiro do povo permanentemente!!!!

    Aonde estão os generais indignados com o congresso?
    Aonde estão as FFAA que, omissas, irresponsáveis, COVARDES, permitem tamanho deboche, escárnio, desprezo pelo povo??!!

    Cínicos, hipócritas, militares canalhas, que deixaram o Brasil ser usado dessa forma, enquanto o povo se encontra pobre, miserável, desempregado, morto pela pandemia e violência desbragada!!!

    Ter servido a Pátria como fiz há 52 anos, para vê-la ser derrotada fragorosamente pela corrupção, por ladrões, exploradores, manipuladores e traidores, e constatar que o “meu” Exército foi igualmente vencido VERGONHOSAMENTE, pois deixou de lutar, de combater a desonestidade, a incúria, alegando mentirosamente manter a democracia, envergonho-me de ter vestido a farda verde-oliva!!!!

    O que vemos hoje são militares FANTASIADOS de generais, marionetes, soldadinhos de chumbo, meros brinquedos de salafrários!

    Que vergonha, FFAA!!!
    Quanta covardia!!!!
    Que traição à Pátria e ao povo!!!

    Quanto aos “parlamentares” não vejo outra solução:
    combatê-los pessoalmente.
    Quando vermos um deles na rua ou em qualquer lugar, nada tão salutar que encher-lhes de porradas, pontapés, cuspidas, pois são ladrões desgraçados!!!

    Por último, devemos votar, sim:
    mas devemos estabelecer um pacto:
    NÃO REELEGER QUEM QUER QUE SEJA!!!!
    Tirar do parlamento essa gentalha, esses velhas raposas que roubam galinheiros, que se locupletaram com o nosso sangue, suor, lágrimas e trabalho.

    Ou isso ou merecemos mesmo ser estuprados e humilhados como estamos sendo há algumas décadas!
    BASTA!

    Temos de mostrar que não somos bonecos, bonecas, animas amestrados.
    A nossa reação VIOLENTA está atrasada!!!!
    Ou mostramos para nós mesmos que temos vergonha na cara ou deitamos nas calçadas e deixemos que os parlamentares passem por cima de nossos corpos!

    Eu, do alto dos meus 71 anos, só se estiver morto!!!!
    Antes, quero levar alguns comigo!!!!

    E NÃO ME CENSURA NEWTON, POIS ASSINO MEU COMENTÁRIO!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *