Governo diz que vai pagar o 13º salário, mas não sabe quando…

Natuza Nery e Valdo Cruz
Folha

Sob pressão política, o governo Dilma decidiu manter o adiantamento de metade do 13° salário aos aposentados e pensionistas, pagamento que havia sido suspenso pelo Ministério da Fazenda sob o argumento de falta de fluxo de caixa para bancar a despesa.

A data e a forma como se dará o adiantamento serão definidas nesta quarta-feira (19) em reunião da presidente com sua equipe econômica. A Fazenda não incluiu na folha de pagamento de agosto, que é paga entre o final deste mês e o início de setembro, o adiantamento de metade do 13º.

Diante da falta de recursos em caixa, a equipe de Joaquim Levy argumentou que a antecipação não é obrigatória e postergou o gasto para dezembro. A lei prevê o pagamento no último mês do ano, mas há nove anos o governo federal vinha permitindo o repasse de metade do valor na folha de agosto.

O pagamento de metade do 13º salário da folha da Previdência representa um gasto de R$ 15,8 bilhões, que terá de ser feito de qualquer forma neste ano. Portanto o impacto fiscal, no ano, é o mesmo, independentemente da data de pagamento.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOGO governo demonstra ser insensível aos problemas da população e pune exatamente os mais desprotegidos, depois de endividá-los com o crédito consignado, criado por Lula e pelo então ministro Amir Lando, que estão sendo processados há anos. Agora, o governo do PT diz que vai adiantar o 13º salário, mas não sabe quando. Francamente… (C.N.)

21 thoughts on “Governo diz que vai pagar o 13º salário, mas não sabe quando…

  1. A forma correta seria autorizar o pagamento, mas também pode autorizar a Dataprev rodar outra folha e cancelar a que foi rodada, simples assim, este governo não respeita a lei e nem o cidadão.

    • Roberto, querido , a forma correta é extirpar o PT do poder… como não sei… só se for com bastante bala. Agora… quem terá peito prá isso? Ninguém tem.

  2. De fato, o problema não é o impacto fiscal, já que o 13º se encontra devidamente alocado na Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2015; portanto, previsto e empenhado para o exercício de 2015.

    O problema é de fluxo de caixa, isto é, do fluxo de embolsos e desembolsos.

    Acabei de checar o resultado do Tesouro Nacional. Um desastre. Ao invés de o governo produzir superávit primário para ter sobra de caixa, o governo a Dilma continua produzindo déficit primário, isto é, as despesas (desembolsos) estão cobrindo as receitas (embolsos).

    Conclusão: não há caixa para pagamento. Há, na verdade um déficit de R$1,598 bilhões.

    Veja o resultado do Tesouro de janeiro a junho de 2015:

    (+) Receitas do Tesouro Nacional…………………………R$627,715 bilhões
    (-) Transferências para Estados e Municípios………..(R$114,414 bilhões)
    ———————————————————————————————————————–
    (=) Receita Líquida Total………………………………………R$513,301 bilhões
    (-) Despesa Total………………………………………………..(R$514,899 bilhões)
    ———————————————————————————————————————–
    (=) Resultado Primário do Governo Central………….(R$1,598 bilhões) (déficit primário)
    ———————————————————————————————————————–
    ———————————————————————————————————————–

    Fonte: Tesouro Nacional (http://www.tesouro.fazenda.gov.br/resultado-do-tesouro-nacional)

    • O que a população tem de estar ciente é que o PT ou qualquer agremiação de esquerda representa a completa esculhambação das contas públicas. Não sabem administrar sem utilizar o aparato estatal da pior maneira possível, interferindo no equilíbrio do mercado, e promovendo um desequilíbrio descomunal nas finanças públicas. Uma tragédia que todos temos de pagar.

      Usam o Estado como motor da economia, como se o Estado fosse o gerador de riquezas, quando não é! É, em verdade um sorvedor de riquezas produzidas pela iniciativa privada, pela sociedade.

      O Estado nas mãos de gente assim, da esquerda sempre estará fadado ao fracasso.

      Espero que esta sova que a população está levando e continuará até essa gente ser defenestrada do poder sirva de lição de uma vez por todas; e não deixe mais ninguém cair no conto do vigário de qualquer esquerdista que surja tentando fazer proselitismo falseado na distorção de fatos e na falsa argumentação que, até então, encontraram eco em um povo desinformado.

  3. Wagner, menos, menos por favor, fhc, o neo-liberal, quebrou o país duas vezes. O PIB médio do seu período foi +- 500bi, desemprego da ordem de 23%, juros a 47%. Se for isso o que defendes, me inclua fora dessa.

      • O PT quebrou o Brasil? desliga a televisão e deixe de ler Veja, voces conseguirão ainda ligar alguns neuronios.
        O BRasil que nunca teve mais de 36 bilhoes de dolares em reservas, ate o ano de 2003, entenda-se ate o governo Lula, hoje tem 472 Bilhoes de dolares, ou HUM TRILHÃO E QUATROCENTOS BILHOES DE REAIS.
        Hoje estamos tendo uma marolinha se compararmos com a crise mundial.
        Quebrar mesmo e ir ao FMI para governar a economia do Brasil, é dar a Soros o direito de indicar o presidente do Banco Central é dar a Petrobras para as sete irmãs a Presidirem e fazer valer 35 bilhoes de dolares, hoje apesar da midia e do Psdb quererem dar ela para a Chevron, vale 3 vezes mais que a Petrobras que o Paulo Francis denunciava que seus diretores tinham milhoes de dolares na Suiça, pelo simples fato de Fernando Henrique acabar com as licitaçoes na Empresa, ate o limite da irresponsabilidade

    • Antonio, pensando, porque o PT nao pensa… Ah! peraí pensa somente e muito bem em saquecar o país… isso desde que foi eleito pela população desinformada.

    • FHC é pura esquerda!

      De bom que fez foi dar suporte à existência e continuidade da nossa recém-criada moeda (o Real), as privatizações, que apesar de arrecadarem pouco – em torno de R$93,0 bilhões -, abriram espaço para a inciativa privada eliminar as ingerências de tais empresas e dar sinergia à economia; e, por fim, a instituição da Lei de Responsabilidade Fiscal que agora mesmo está freando a voracidade e o descontrole de uma débil mental sobre os recursos públicos.

      De qualquer maneira, FHC, sendo de esquerda, deu início a tresloucada expansão da dívida pública e foi o responsável direto pelo sucesso eleitoral de Lula e Dilma, que, prosseguindo com o “modus” de administração pública, acabarão fazendo com que o déficit nominal, já este ano, ultrapasse os 8% do PIB!

      São mais de R$400,0 bilhões só de juros da dívida!

      Olha aí o resultado fiscal deste governo este ano. Aí em cima, como postei.

      Posso afirmar, praticamente, que esta dívida já é impagável e é questão de um ano, talvez, para haver fuga de capitais, exaurimento das reservas, volta da dependência do FMI e deterioração completa da nossa economia aos níveis de atividade do começo dos anos 90.

      Tudo isso por culpa da esquerda que insiste em ludibriar a população brasileira, pois encontrou eco em uma sociedade muito mal informada.

      • Agora, se o país não tem opção partidária, pois não existem agremiações de direita em quem votar, melhor votar em uma que apesar de esquerda não esteja submetida e não sirva de braço-executor do FORO DE SÃO PAULO.

        Mas, isso é por pura falta de opção para o país. Dos males o menor, o menos ruim. Porque o PT, além de ser de esquerda está a pleno vapor no seu projeto de poder pelo poder.

        É isso.

    • Vocês adoram citar números do governo do FHC – mas nunca se dão ao trabalho de citar os números de quando o Itamar e ele pegaram o governo.
      Eu me lembro de uma inflação tão alta que a gente recebia o salário de manhã e corria para fazer as compras de supermercado na hora do almoço, antes que subisse mais. E tinha que correr na frente dos remarcadores que vinham com aquelas maquininhas de etiquetar preços. Você comprava um produto ele tinha três, quatro etiquetas de preço coladas uma em cima da outra.
      Comparado com a tempestade que eles pegaram, o que ficou para o primeiro governo do Lula foi um céu de brigadeiro.

      • É verdade, o Lula pegou o real estável, e toda a economia estabilizada, com equilíbrio da política monetária, acensão da massa de rendimento real do trabalhador, economia dinamizada pelas recentes privatizações, Balança Comercial favorável com crescentes superávits e recordes sucessivos na exportação de commodities e a consequente e segura formação de reservas cambiais.

        O vagabundo dá uma de bacana, expande o gasto público além dos limites da razoabilidade e estimula inconsequentemente o crédito fazendo as famílias e o setor privado ultrapassarem o limite razoável do endividamento, levando a economia para uma cilada estagflacionária ocasionada pelo esgarçamento do poder de consumo e de investimento do setor público e privado.

        Olha aí a desgraça em que nos meteu este demônio e seu poste.

  4. O problema não é o de antes, mas o de agora, não defendo governos incompetentes nenhum, mas agora a dívida é enorme e em vez de fazer o ajuste necessário no 1º governo Lula ou no 2º, a coisa piorou com a péssima administração Dilma Rousseff, estourou tudo, corrupção desenfreada que se acumulava e se não fosse a operação Lava a Jato, ninguém iria saber e o país afundaria de vez igual ou pior que a Grécia, não sei como ficará o país, mas sei que a coisa é monstruosa, Deus que nos livre.

  5. Prezado Wagner, nem tão pura assim, mas tal como lulla e dillma e, parafraseando Darcy Ribeiro, afiguram-se a esquerda que a direita gosta..

    • Desculpe-me, sr. Carvalho, mas o sr. só está reproduzindo mais uma conversa fiada de esquerdista: “… que a direita gosta…” e etc. e tal.

      Só conversa fiada para confundir a opinião pública que muito pouco se informa e se deixa levar pelo que um ou outro falam.

      Grande abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *