Governo federal deixa os Estados à deriva

Resultado de imagem para violencia em vitoria

Caos no Espírito Santo é o maior indicador da crise

Bernardo Mello Franco
Folha

Diante da escalada da violência em diversos Estados, o governo federal decidiu tomar uma medida enérgica: trocou o nome do Ministério da Justiça. A pasta foi rebatizada de Ministério da Justiça e da Segurança Pública, com direito a solenidade no Palácio do Planalto. A mudança no letreiro agradou aos deputados da bancada da bala, mas não tirou um só criminoso das ruas. Pelo contrário: a situação tomou contornos dramáticos no Espírito Santo, que já contabiliza 95 mortos em cinco dias de greve da PM.

Enquanto as ruas de Vitória fervem com saques e arrastões, o ministério renomeado está acéfalo. Empossado pela segunda vez na semana passada, Alexandre de Moraes deixou o cargo apenas três dias depois, ao ser indicado para o STF.

Nesta quarta-feira (dia 8), ele tomava cafezinho com senadores no momento em que o governador Paulo Hartung (PMDB) foi à TV implorar que os policiais voltem ao serviço. Moraes estava ocupado com outro assunto: pedir votos para que o Senado aprove sua promoção a juiz.

VERBORRAGIA – Ninguém esperava que o tucano resolvesse a crise com sua verborragia diante das câmeras. Mas a inexistência de um ministro da Justiça, qualquer que seja, agrava a sensação de descontrole e omissão diante do drama capixaba.

Se 2016 ficou marcado pela queda do governo petista, 2017 promete fortes turbulências nos Estados. Sem dinheiro para pagar médicos e professores, o Rio de Janeiro agora está prestes a ficar também sem governo.

A decisão do TRE que cassou os mandatos do governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) e do vice Francisco Dornelles (PP) ainda pode ser revista, mas tende a agravar o quadro de instabilidade. A União dificulta as coisas, apresentando novos entraves para um socorro financeiro.

Ao deixar os Estados à deriva, o novo regime parece crer que só tem responsabilidade pelas crises iniciadas em Brasília. É um erro grave, que ainda pode se voltar contra o Planalto.

 

15 thoughts on “Governo federal deixa os Estados à deriva

  1. Acabei de receber. Vamos nos livrar dessas tralhas ?

    Olá virgilio,

    A essa altura você deve ter visto a decisão do Tribunal Regional Eleitoral de cassar a chapa de Pezão e Dornelles. A cassação é fruto de uma ação minha, de 2014 que denunciou a utilização de gráficas fantasmas e pagamentos de material de campanha feitos com dinheiro público e também vantagens oferecidas a empresas, como benefícios fiscais e aditivos contratuais, em troca de doações eleitorais para a chapa de Pezão.

    Agora, o governador e o vice têm três dias após a publicação do acórdão para recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral e tentar anular a ação. Se a decisão de cassar a chapa for aprovada, o TRE orienta que sejam convocadas novas eleições diretas para governo do Rio. Eu espero que o TSE confirme a decisão do tribunal do Rio de Janeiro!

  2. “A Constituição estabelece claramente que as Forças Armadas, constituídas pela Marinha, pelo Exército e pela Aeronáutica, se destinam à defesa da pátria, à garantia dos poderes constitucionais e da lei e da ordem. ”

    Nossa escola hoje é tão ruim, que as forças armadas não sabem LER o que é “GARANTIA DA LEI E DA ORDEM”.
    TEM ALGUM COMANDO LEGITIMO, PATRIOTA, NELA?

  3. Lucas Silva,

    A situação está incontrolável há tempos!

    A greve dos PMs do ES foi algo inédito, que tomou a todos os brasileiros de surpresa pela desobediência explícita à Constituição!

    Não só a situação dos capixabas se tornou altamente preocupante pela insegurança, mas porque os policiais militares não tiveram QUALQUER CONSIDERAÇÃO PELO POVO, que trabalha duro, de sol a sol e também recebe salários miseráveis para PAGÁ-LOS!

    As lideranças desta rebelião foram estúpidas, idiotas, imbecilizadas, deploráveis, pelo simples fato que não deveriam deixar o povo à mercê da violência, mas IMPEDIR QUE OS DEPUTADOS ESTADUAIS SAÍSSEM DE SUAS CASAS, enquanto BOA PARTE DOS MILIONÁRIOS VENCIMENTOS QUE RECEBEM NÃO FOSSEM DESTINADOS À TROPA!!!

    As mulheres dos PMs deveriam fazer o mesmo movimento diante dos portões das mansões e prédios de luxo, onde a corja de ladrões CULPADA DE OS POLICIAIS MILITARES GANHAREM POUCO, RESIDEM COMO PAXÁS!!!

    Burros, imbecis, investiram logo contra o povo, EXATAMENTE NA MESMA SITUAÇÃO DE VÍTIMA DE UM SISTEMA ONDE O ROUBO É ABSOLUTAMENTE PERMITIDO AOS PODERES LEGISLATIVO E EXECUTIVO.

    Bom, contra esses ladrões, os PMs evidentemente se acovardam e se cag … de medo, pois é mais fácil humilhar e abandonar o fraco do que aquele que tem a arma mais mortífera na mão, a caneta!

    O Brasil está do avesso!!!

  4. Essa horda de sonegadores, usurários, caloteiros e assemelhados, acham que vão tirar tudo do povo e não haverá reação? O Espírito Santo é o resumo do Estado mínimo do PSDB e dos 4.000 retardados seguidores do Instituto Von Mises.
    Pra cima da corja, eles que paguem o pato.

    Ue Fernando na linha?

  5. Olha o nosso $$ ai
    Vamos pegar de volta ?

    ” PUBLICADO EM 09.02.2017 – 16:15

    TCE aponta irregularidades em operações financeiras de R$ 18,3 bi do Rioprevidência

    Aporte de R$ 6,6 bilhões gerou dívida de R$ 18,3 bilhões para os combalidos cofres do Fundo Único de Previdência Social do Estado do Rio de Janeiro (Rioprevidência). O Tribunal de Contas do Estado (TCE) identificou que foram feitas vendas de ativos dos royalties do petróleo para Caixa Econômica Federal, o Banco do Brasil e instituições internacionais. As operação começaram a partir de 2013 e foram colocadas sob suspeitas pelos auditores responsáveis por inspecionar os documentos.

    Para operar em Delaware, nos Estados Unidos, o Rioprevidência criou empresas. Os contratos foram feitos com cláusulas exorbitantes e comprometimento de até 60% dos royalties do petróleo até 2020.

    O órgão não identificou os critérios para a escolha da Planner Trustee Distribuidora de Títulos e Valores Imobliliários Ltda, investigada na Lava Jato, e da norte-americana National Wilmington Os responsáveis pela empresa norte-americana não foram identificados. Chama atenção ainda contrato assinado pelo governador Luiz Fernando Pezão em iglês, sem tradução juramentada em português, como determina a lei. Um único escritório de advocacia recebeu R$ 16 milhões, mas não tem documentos sobre a prestação do serviço ao fundo.

    O relatório do conselheiro José Graciosa coloca em xeque a solidez do fundo e futuros dos aposentados. Em sessão plenária, pela manhã, foi decidido a notificações do ex-governador Sérgio Cabral, que inicio o processo de descapitalização do fundo, e do atual governador Pezão, do ex-diretor presidente do Rioprevidência e atual secretário de Estado de Fazenda, Gustavo Barbosa, e do atual presidente do Fundo, Reges dos Santos. ”

    Link

    http://blogs.odia.ig.com.br/justicaecidadania/2017/02/09/tce-aponta-irregularidades-em-operacoes-financeiras-de-r-183-bilhoes-do-rioprevidencia/

  6. Fallavena,

    Salta aos olhos a estupidez dos tais líderes desta rebelião de PMs do ES!

    ELES PRECISAM SER PUNIDOS EXEMPLARMENTE, em princípio!

    Espia só:
    Os idiotas no lugar de trazerem a opinião pública para seus movimentos reivindicatórios, buscando apoio, que não entrassem em greve, deixando a população ao deus dará, mas parte do efetivo da tropa que se deslocasse à Assembleia e para as casas dos ladrões deputados e os cercassem!!!

    Parlamentar não entra e não sai, tanto na Assembleia quanto em suas mansões ou apartamentos de um andar!

    Enquanto o Legislativo não descobrir uma forma de atender ao pleito dos PMs ou até mesmo tirar de seus milionários vencimentos e verbas destinadas a este poder as quantias suficientes, NÃO ENTRA E NÃO SAI OU DO ANTRO DE CRIMINOSOS OU DE SUAS CASAS E APARTAMENTOS!!!

    Olha, aposto tudo o que tenho, QUE A POPULAÇÃO INTEIRA DO ES não só apoiaria esta estratégia como ela mesma faria plantão para impedir o ir e vir dos ladrões parlamentares!!!

    Agora essa história de mostrar valentia, macheza, contra um povo desarmado e as esposas dos soldados DECIDIREM POR ELES, é muita covardia, é deprimente, é deplorável!

    Um abraço.
    Saúde e paz!

  7. Acabar com a mordomia dos governantes necas . Agora punir policias militar é mole !! quero ver acabar com auxilios isso aquilo , com foro privilegiado , gastos com propagando , aposentadoria especial dos políticos , prender renam , sarney , temer , aecio, entre outros !!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *