Nos últimos 8 anos, o governo desperdiçou R$ 3,5 bilhões com auxílio-moradia

Charge de Ivan Cabral (ivancabral.com)

Gustavo Garcia
Deu no G1

Um levantamento elaborado pela consultoria de orçamento do Senado mostra que, nos últimos oito anos, o governo federal gastou R$ 3,5 bilhões com auxílio-moradia para servidores do Executivo, Legislativo, Judiciário e, também, do Ministério Público e da Defensoria Pública. O levantamento foi elaborado em dezembro de 2017 a pedido do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP). Ele é autor de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC), que tem o objetivo de extinguir esse tipo de benefício.

Com o dinheiro, segundo dado do Ministério das Cidades, seria possível adquirir pelo menos 58,6 mil casas em cidades brasileiras com até 20 mil habitantes, dentro do programa “Minha Casa Minha Vida”. O valor máximo para aquisição de casas nessas localidades varia de R$ 59 mil a R$ 61 mil, conforme a região do país. Ainda de acordo com o levantamento do Senado, a previsão é de que a União gaste com o auxílio-moradia, em 2018, R$ 832 milhões.

DECISÕES DO STF – De acordo com o estudo, o aumento de 125% dos gastos com o auxílio na comparação entre os anos de 2014 e 2015 decorre de decisões do Supremo Tribunal Federal que “beneficiaram membros do Poder Judiciário, concedendo-lhes direito à percepção do auxílio-moradia, e de consequentes normas do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP)”.

Ainda segundo o levantamento do Senado, em 2014 os gastos com indenização de moradia ou auxílio moradia para o Judiciário foram de R$ 17,4 milhões. Em 2015, o valor saltou para R$ 288 milhões. Um crescimento de quase 1.600%.

8 thoughts on “Nos últimos 8 anos, o governo desperdiçou R$ 3,5 bilhões com auxílio-moradia

  1. E os OTÁRIOS, barnabés, responsáveis por todas as desgraças existentes no orçamento público, com os salários congelados e desvalorizados pela inflação… e alguns outros fazendo greve para receber os salários atrasados. E ainda são ameaçados de prisão!

    -Brasil, uma enorme fazenda administrada por bandidos de gravata – e de toga, comandantes do crime organizado que nos mantêm na eterna miséria!

  2. Pois esta fábula de dinheiro tomado à força do povo não é deletada!!!

    Esta fortuna, que faz falta contra a violência, a depauperada saúde pública, obras na infraestrutura está sendo doada para quem recebe milhares de reais por mês, que não precisava desse penduricalho no salário, pois uma ofensa ao trabalhador, escárnio ao cidadão, deboche para os assalariados que devem vier com o que ganham!

    Desgraçadamente o Judiciário perdeu muito da sua moral junto ao povo, da sua autoridade, pois se mostrou tão fraco contra as tentações do poder quanto os parlamentares.

    Em se tratando de dinheiro, e para locupletação mesmo que imoral, dane-se a ética, vale é grana no bolso, como um prêmio, uma compensação pela INCOMPETÊNCIA, CORRUPÇÃO E DESONESTIDADE!!!

    O auxílio-moradia é a maior ofensa e agressão contra o povo, e deve ser abolido para todos os que aumentam seus milionários vencimentos com este suplemento salarial, um confisco contra o erário, um sequestro do dinheiro do povo, na realidade um roubo por decreto contra o trabalhador, eufemisticamente auxílio-moradia!

  3. E por que não utilizar esse dinheiro na construção de casas populares,já que o Brasil tem um déficit de cinco milhões de moradias?

  4. Carlos Newton,
    Deve está ocorrendo um erro.Os comentários não aparecem e vem o aviso,que são duplicados.Posta-se novamente e aí, aparecem os dois.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *