Greenwald se recusa a entregar à perícia as mensagens: ‘Coisa de país autoritário’

Resultado de imagem para greenwald no senado

Greenwald diz que Brasil se comporta como se fosse uma tirania

Daniel Gullino
O Globo

O jornalista Glenn Greenwald , fundador do site “The Intercept Brasil”, afirmou nesta quinta-feira, durante audiência na Comissão de Constituição e Justiça ( CCJ ) do Senado , que não irá entregar às autoridades as mensagens trocadas por procuradores e pelo ministro da Justiça, Sergio Moro , que basearam reportagens publicadas pelo site. De acordo com o jornalista, isso só acontece em “países autoritários”. Glenn disse que a autenticidade das mensagens foi verificada por peritos do próprio “The Intercept” e por outros veículos de imprensa.

— Nós não entregamos e nunca vamos entregar nossa material jornalístico para a polícia ou tribunais porque isso é uma coisa que acontece em países autoritários, tiranias, e não democracias. O que nós fizemos, como profissionais, nós verificamos com muita cautela que o material é totalmente autêntico.

QUASE AMNÉSIA – Glenn questionou o fato de Moro e de procuradores da força-tarefa da Lava-Jato não terem negado de maneira veemente nenhuma das mensagens, limitando-se a dizer que elas podem ter sido adulteradas, e ironizou a justificativa do ministro de que não lembra se escreveu ou não o conteúdo das mensagens, dizendo que ele tem “quase amnésia”.  

 — Sergio Moro está fingindo que tem quase amnésia, tem um memória tão incapacitada que ele não pode lembrar nada. Isso não tem credibilidade nenhuma. 

Ele afirmou que nenhum jornalista do “The Intercept Brasil” teve papel na obtenção das mensagens e que eles apenas receberam o material completo de sua fonte: 

SEM ENVOLVIMENTO — Nenhum jornalista, nem eu, teve qualquer envolvimento na ação para obter e pegar esses documentos. O único papel foi o papel de jornalista, receber informação de interesse público.

Glenn falou ainda que não defende nenhum político, partido nem ideologia, e que seu trabalho é baseado nos “princípios fundamentais” da democracia:

O jornalista começou sua fala lembrando que já esteve no Senado para falar sobre reportagens baseadas em documentos divulgados pelo analista Edward Snowden, e afirmou que o tratamento que recebeu na época foi diferente.

TODOS AGRADECIAM – “Ninguém estava falando que a nossa reportagem era antiética ou criminosa” — disse. “Muito pelo contrário. Vim aqui no Senado duas vezes e todo mundo agradeceu, porque todo mundo no Brasil conseguiu perceber que essa reportagem era tão importante.

Glenn também criticou quem o classifica como estrangeiro, afirmando que mora no Brasil há quase 15 anos, e ressaltando que é casado com um brasileiro e que adotou dois filhos.

“Eu moro nesse país desde 2005. O Brasil é meu lar, meu único lar, há quase 15 anos” — relatou, acrescentando depois: “Sou pai muito orgulhoso de dois filhos brasileiros”, disse, referindo-se aos filhos adotados.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Greenwald está enganado de país. Aqui a gente recebe com carinho os estrangeiros, mas eles têm de proceder de acordo com as nossas leis. O conceito de prova ilícita aqui na filial Brazil é diferente da matriz USA. Se a denúncia estivesse sendo feito por um jornalista brasileiro, ele teria de entregar o material para exame pericial. Estranha-se a inércia das autoridades brasileiras, que demonstram complexo de vira-latas diante da fama mundial de Greenwald. Qualquer jornalista brasileiro já teria sido obrigado a entregar o material. (C.N.)

37 thoughts on “Greenwald se recusa a entregar à perícia as mensagens: ‘Coisa de país autoritário’

      • Se o material tiver que ser periciado, que seja no exterior.
        Aqui, no Talibã, não existe nenhuma credibilidade.
        Ontem li um artigo aqui neste espaço sobre a repatriação do traficante pego no avião presidencial…..fiquei aqui com meus botões:
        Será que pensam que os espanhóis são tão burros a ponto de enviar este facínora para cá?
        De duas uma, ou seria solto imediatamente ou sumiria.
        Será que os espanhóis não sabem que aqui, nem juiz é imparcial.

    • kkkkkkkkkkkk Deveriam ter enquadrado o meliante na Lei de Segurança Nacional e o deportado. É assim nos países onde a Lei existe. Mas tem sempre um bandido para defender o bandido.

  1. ###
    NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG – Greenwald está enganado de país. Aqui a gente recebe com carinho os estrangeiros, mas eles têm de proceder de acordo com as nossas leis. O conceito de prova ilícita aqui na filial Brazil é diferente da matriz USA. Se a denúncia estivesse sendo feito por um jornalista brasileiro, ele teria de entregar o material para exame pericial. Estranha-se a inércia das autoridades brasileiras, que demonstram complexo de vira-latas diante da fama mundial de Greenwald. Qualquer jornalista brasileiro já teria sido obrigado a entregar o material. (C.N.)

    NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG,PERFEITÍSSIMA!

    • A gente recebe com carinho os estrangeiros?! Onde fica isso? Os próprios brasileiros não têm paz para viver neste pais.
      Toda vez que vou ao Rio uso uma cueca especial com bolso enrustido abaixo do saco. E não é para esconder dinheiro, que levo no bolso esquerdo para dar ao ladrãzinho – é para preservar meus documentos!
      Nosso país é tão pouco civilizado que até as famosas sábias que cantavam nas palmeiras se mandaram para outras plagas. Aqui na terra do Tiradentes só se dá bem petistas e os outros ladrões comuns de rua.

  2. PQP! quem se lembra de mensagem escrita a 4/5 anos??? Quantas operações ocorreram? Quantas audiências, prisões, políticos presos, empresários presos ocorreram???
    Tem gente que não se lembra do que comeu ontem. Duvido que ele saiba o que comeu semana passada.
    Cara paspalho, jornalista meia boca. Conseguiu provas ilícitas e acha que pode jogar tudo no ventilador, preenchendo lacunas e inventando nomes.
    @VERDEVALDONÃOÉJORNALISTA

  3. A PGR já deveria ter pedido um mandado de apreensão dessas mensagens e prender o jornalista por querer desmoralizar a justiça brasileira com mensagens adquiridas por hackers, criminosamente e ainda, se negar a entregar as mensagens para pericia oficial.

  4. A CF 88 diz:

    “XIV – é assegurado a todos o acesso à informação e resguardado o sigilo da fonte, quando necessário ao exercício profissional;”.

    Dessa vez ele está coberto de razão, inclusive o próprio Moro disse que Brasil não viola a Imprensa. E não violará mesmo.

    Se alguém achar que o jornalista cometeu crime, terá que provar. Aí, será outra estória. Até lá, teremos que aguentar o bla-bla-blá dele, o qual parece que não tem nada grave contra o Moro.

  5. O que o verdevaldo e seus asseclas queriam era que a PF obrigasse a entregar o material para perícia. Aí eles já tinham um barraco internacional preparado cheio de mentiras acusando o governo Bolsonaro, o Ministro Moro, etc de fascista, nazista, taxista, sambista, machista, ciclista, eletricista e por aí vai. Mas como no atentado do Adélio bucha de canhão, não aconteceu o que eles mesmo fariam.

  6. Se esse cara não for preso e expulso do país daqui para o final do mês a Polícia e a Justiça estão desmoralizadas, ele pratica e já praticou centenas de Crimes Contra a Segurança Nacional, Segurança Pública, Ordenamento Jurídico, Constitucional e Institucional do Brasil e invadiu dados oficiais (com a ajuda de quem???) para compartilharem seus crimes e participarem desse mar de crimes profissionais, e formação de quadrilha assumida perante o Congresso Nacional(o que desmoraliza ainda mais os Poderes) com suas falas e confirmações de invasões criminosas contra Autoridades !!! De Bandido já estamos cheios, agora o Congresso chamar um Criminoso que Invadiu o Brasil e Ataca a Segurança Nacional é o fim da picada, alguém pode muito bem pedir o fechamento do Congresso Nacional por estar apoiando e escutando um Bandido a serviço de Atacar e Destruir as Instituições Nacionais !!!!! Uma coisa é Jornalismo a outra é Banditismo e Formação de Quadrilha Tipificada e Confessa, e ainda pior, apoiando um Bandido Preso e a Organização Criminosa Lulopetralha Comandada por ele que assaltaram todos os Cofres Públicos do Brasil !!!! Onde estão os Diligentes Amigos de Lula do STF que não cumprem a prisão desse sujeito, ou será que estão ao lado dele apoiando esses atos criminosos contra o Brasil e o Povo Brasileiro ??

  7. Vai que é tua verdevaldo!!!

    Cerca de 500 moradores de Paraty, segundo estimativas do próprio grupo, preparam um protesto contra Glenn Greenwald na próxima sexta (12), durante a Flip, informa a Folha.
    Greenwald foi escalado para uma mesa –composta apenas por representantes da esquerda– que discutirá os “desafios do jornalismo” na cobertura da Lava Jato.
    Antes de agendar o protesto, relata a repórter Marcella Franco, os participantes enviaram um e-mail à direção da Flip pedindo que o ativista fosse retirado da programação. Ouviram que os “espaços parceiros” da feira têm autonomia e nada poderia ser feito.
    “Foi uma indignação instantânea quando essa palestra foi divulgada”, disse um dos organizadores. “A indignação é por um estrangeiro vir discutir sobre a Lava Jato, este patrimônio do brasileiro decente que cansou de ouvir barbaridades sobre roubalheira.”
    Outro organizador, informa o jornal, chamou Greenwald de “criminoso”.
    “Se violar o celular da gente já é um crime gravíssimo, imagina o que eles fizeram com uma autoridade, um ministro de Estado. A gente vai receber um cara que não tem moral. Lugar de bandido é na cadeia. Será que a Flip vai fazer isso, trazer mais bandidos e criminosos para cá?”

  8. Que os ofendidos entreguem seus telefones e comprovem que estão sendo vilipendiados….caso contrário, é porque são culpados.
    Simples assim, qualquer criança de 5 anos sabe que arquivos podem ser recuperados, mesmo se deletados..

  9. Gleen:

    “Estamos muito mais perto do começo do que do final (…). Nesta semana publicamos o primeiro áudio. A palavra mais importante é: primeiro”

    A turma tirânica justiceira defensora de milicianos torando aço.

  10. Ana Paula Henkel (Ana Paula do Vôlei):
    “Aqui nos Estados Unidos, Glenn Greenwald não tem a menor credibilidade. Os Jornalistas fazem até piada com seu nome. Só quem leva Greemwald a sério é o STF e o Congresso Nacional”

    Pois é: Verdevaldo está ferrado e com “aquilo” na mão. À beira de pegar uma cana Federal, ainda está devendo dinheiro ao seu “cunhadinho” Jâniu uílis, que está pra voltar pro Brasil, pois o dinheiro da compra de seu mandato está acabando!! Quem mandou confiar em um gringo caloteiro??

  11. Vem cá, deixa eu perguntar: os atos criminosos do verdevaldo não são configurados como espionagem internacional e conspiração no intuito de desestabilizar a política do Brasil?
    Invadir contas de autoridades é CRIME em qualquer lugar do PLANETA.
    Mas, como aqui tudo ainda está aparelhado pelos vermelhos, cabe tudo nesta joça.
    Simples assim.
    Atenciosamente.

  12. Esse Verdevaldo esta todo enrolado. Não adianta, quando a Moro der a ordem, a polícia federal prende. Pode ser qualquer um, até ex-presidente da república. As portas estão se fechando, daqui a pouco vai ser difícil fugir. O Jean Wyllys sabe disso e se mandou na hora certa.

  13. Esse Glenn Greenwald não quer entregar o material para perícia porque se o fizer estará desmontada a farsa que ele armou, pois será possível provar adulteração e edição dos textos, além da participação pessoal dele nos crimes para obtenção do material roubado.
    A alegação de que recebeu anonimamente será descoberta como falsa.
    Só otários é que ainda acreditam nesse sujeito.

  14. O cara invade o telefone de autoridades e ainda tem gente que defende isso.
    Lá na matriz como dizem or americanofóbicos um presidente invadiu a privacidade de um partido contrário e teve que renunciar.
    Invadir a privacidade é um eufemismo para espionagem.
    Agora lá vem um Pavão Misterioso e vai fazer o mesmo com os abelhudos, e vai vai voar cavaco.

  15. Não gosto de meu nome em boca de Matildes nem de fofocas, mas a internet está bombando o lance de compra de mandatos, e o comprador está dando um tomé na lhama cuspideira.
    Assim falava Zaratustra, epa, o Pavão Misterioso.

  16. Se fosse brasileiro procedendo de tal forma em sua terra natal, o escudo de 15 anos de vivência, filhos e homossexualidade seria inútil, acredito eu que sequer pode voltar para casa, eis o motivo do asilo concedido pela anta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *