Guedes explode em 2021 a bomba de retardo que armou para o governo Bolsonaro em 2019

Tanto bate at que fura: Guedes vira meme nas redes sociais

Pedro do Coutto

Os fatos concretos predominam sempre sobre as verses, no havendo necessidade de grandes espaos de tempo para que a verdade seja revelada. O ministro Paulo Guedes gerou uma crise na poltica econmica ao defender a ultrapassagem do teto oramentrio que desde o incio da sua administrao defendeu como indispensvel para a soluo de problemas financeiros e retomada do desenvolvimento econmico.

No aconteceu nem uma coisa e nem outra. O desemprego permaneceu nas alturas, a crise financeira se agravou. Paulo Guedes efetivamente montou uma bomba mgica que representava no fundo uma fantasia, uma fuga da realidade. Fatores que no se ajustam de forma alguma a uma poltica governamental. Refiro-me a uma poltica construtiva, j que at hoje, no terceiro ano de mandato, o presidente Bolsonaro no conseguiu que a sua equipe elaborasse um projeto concreto.

FANTASIA – bom lembrar que no episdio da Reforma da Previdncia Social o ministro Paulo Guedes anunciou uma economia anual de R$ 100 bilhes que no final da dcada somaria R$ 1 trilho. Uma soma fantstica, praticamente 25% do oramento federal para este ano. Era tudo uma fantasia. A inflao estava prevista em 3,7% para 2021. Ao longo dos ltimos 12 meses, de setembro de 2020 a setembro de 2021, pelo prprio IBGE, passou de 10%. O presidente da Repblica tem o projeto para as eleies e por isso determinou um benefcio mensal de R$ 400 atravs do projeto Auxlio Brasil, substituto do Bolsa Famlia. Mas o projeto colidiu com as disponibilidades financeiras e com o teto de gastos.

Para obter recursos destinados ao Auxlio Brasil, o governo tenta atrasar o pagamento dos precatrios, mas esquece que a mdia de tempo entre o ajuizamento das aes e a liberao dos pagamentos, em mdia, de 30 anos. Isso de um lado. De outro lado, revela Manoel Ventura, reportagem no O Globo de ontem, o secretrio do Tesouro e Oramento, Bruno Funchal, e o secretrio do Tesouro Nacional, Jefferson Bittencourt, entregaram os seus cargos ao ministro da Economia. Solidrios com a atitude deles, Gildenora Dantas e Rafael Arajo, secretria e secretrio adjuntos apresentaram os seus pedidos de demisso.

Ventura lembra que nos ltimos anos, 12 auxiliares diretos de Paulo Guedes deixaram a equipe. Os efeitos do episdio levaram queda na Bovespa e subida do dlar. A reportagem na Folha de S.Paulo de Clayton Castelani e no Estado de S. Paulo, de Adriana Fernandes e de Ana Tomazelli, Andreza Matais. O ministro Paulo Guedes realmente transformou-se num desastre, sobretudo na medida em que entrou em conflito com a poltica que ele prprio traou, contribuindo para isolar o governo ainda mais.

PODER DE CONSUMO – O governo Bolsonaro vem de queda em queda, processo assinalado por Bernardo Caram, Fbio Pupo e Tiago Rezende, Folha de S. Paulo. Alis, no poderia ser diferente o desfecho, sempre escrevi sob tal perspectiva que agora se confirma na prtica. Na economia no pode existir qualquer milagre que dispense o poder de consumo da populao. Se assim fosse no haveria problemas sociais no mundo, e atravs dos sculos o fato que no foram resolvidos, a comear pelo exemplo do Brasil.

Mas o drama se agravou com Jair Bolsonaro na Presidncia. O episdio de sua resistncia vacinao e ao uso das mscaras que imunizam representa um enigma a ser decifrado, pois os seus efeitos so exatamente contrrios aos que deveriam ser os objetivos essenciais de qualquer governo. O presidente Bolsonaro quer ser reeleito, em seu pensamento individual. Mas no sentido coletivo, age exatamente no rumo oposto.

SEM LIMITES – Rompeu com cientistas no caso da vacina, com os ecologistas ao que se refere ao desmatamento, nomeou um ministro da Educao que na reunio ministerial de 22 de abril de 2020 chamou os ministros do Supremo de vagabundos e defendeu a sua priso sem mais nem menos. Tempos depois, para no citar mais exemplos, o presidente Bolsonaro afirmou que no cumpriria decises do ministro Alexandre de Moraes. Ultrapassou os limites, teve que recuar lendo uma carta de conciliao redigida para ele pelo ex-presidente Michel Temer.

Uma iniciativa pontual que se reflete no singular, ao invs do sentido plural de que se revestem as aes legtimas de governo. Os preos subiram 16% em relao s cestas bsicas. Os salrios esto na estaca zero. Paulo Guedes, conforme dito no incio, armou uma bomba de retardo, mas o presidente da Repblica aceitou a mgica contra a lgica. A bomba de retardo explodiu e a lgica foi pelos ares. O resultado a est.

PEGA PEGA - A srie Pega Pega da TV Globo que comeou muito bem como uma trama policial marcada por lances de comdia, na minha opinio foi um sucesso at dois teros da histria. Os atores e atrizes esto muito bem em seus papis, mas a narrativa afastou-se do assalto ao Carioca Palace, hotel de luxo, cenrio principal da srie para se deslocar a fatos passados que fazem at esquecer o que seria o fato predominante da obra.

Uma pena. A histria era muito boa. Com destaque especial, focalizo a atuao da atriz Vanessa Gicomo, excelente no papel da policial que na realidade comanda as investigaes sobre o assalto. Mas o fato que o assalto foi desfocado. A histria precisa ser retomada, pois o tema e a narrativa estavam timos, mas a srie perdeu essa qualidade. Veremos se possvel reencontrar o rumo original.

12 thoughts on “Guedes explode em 2021 a bomba de retardo que armou para o governo Bolsonaro em 2019

  1. Guedes um vagabundo e enganador como esse presidente chul que ns temos.

    A alimentao essencial para o povo como as carnes, feijo, arroz, etc. est um absurdo de cara. Para onde vamos com esta carestia?

  2. O jornalismo militante no Brasil de uma baixeza moral indescritvel. Depois de passar dois anos tentando usurpar as atribuies mdicas fazendo campanha contra medicamentos, agora tenta passar aos leitores a idia de que a crise econmica mundial de responsabilidade do ministro Paulo Guedes. Os mesmos cretinos que ficaram dois anos gritando “a economia a gente v depois”, transferem a sua culpa para outras pessoas.

    Por isso ningum mais acredita no jornalismo venal e prostituido da Folha de So Paulo, Globo, Estado e seus puxadinhos.

  3. 1) “O presidente da Alerj, Andr Ceciliano (PT), est empenhado em replicar na pr-candidatura ao Senado a imagem de “homem de dilogo”. Uma das conversas para a suplncia com Samuel Malafaia (DEM) irmo do pastor Silas.”

    2) Est hoje, 23/10/21, na tima coluna de Aline Macedo, em O Dia, RJ.

  4. E mais uma ensaia, o ministro, que a conta seja paga pelo contribuinte pessoa fsica da classe mdia, pois alega que a reforma do imposto de renda que seria a salvao foi emperrada no Senado.
    Ora. A micro reforma do imposto de renda divulgada no iria reestabelecer nenhum nem parte daquele congelamento da dcada de 90 e nem representa verdadeira reforma no sentido de mais justa, pois as faixas de incidncia das alquotas so prximas da base, sem distncia alguma como seria de se esperar com valor de contribuio progressivo quanto maiores os rendimentos.

    • Francamente, veja os nmeros da tabela atual em vigor:

      At R$ 1.903,98: (isento)

      De R$ 1.903,98 a R$ 2.826,65: (7,5%)

      De R$ 2.826,66 a R$ 3.751,05: (15%)

      De R$ 3.751,06 a R$ 4.664,68: (22,5%)

      Acima de R$ 4.664,68: (27,5%)

      O relator da proposta no senado quer aumentar (igual) para todas as alquotas em 41%…

      Veja como so achatadas as margens para tirar imposto em cima das classes mais baixas e da mdia…

      Comeando a primeira faixa de isento quem recebe at 1.903,98 uma horrorosa iseno. Quem recebe isso no vive. Mas sobrevive, especialmente nas grandes cidades.

      A ltima alquota de 27,5% aplicvel para aqueles que recebem acima de R$ 4.664,68…

      Veja. A diferena do contribuinte que est no incio da da ltima faixa final meramente pouco mais do dobro de quem est no incio da primeira faixa de contribuio de 7,5%…

      Isso nada tem de justia sob aspectos econmico-social de renda.

      Ainda que se aumente todas as faixas como pretende o relator do Senado (em 41%) continuar injusto.

      E no precisa ir muito longe. Pegue dentro do prprio Estado Administrao. Entre as esferas federal, estadual e municipal. H servidores com diferentes faixas de renda que, considerando do mais baixo salrio praticado no mbito da Administrao Pblica ao mais alto do teto (e tem os fura teto) passa de 35x (trinta e cinco vezes).

      Mais justo, portanto, seriam faixas mais largas de renda, com as ltimas duas (se permanecerem quatro alquotas) de contribuio para aquelas remuneraes maiores de 15 mil e 25 mil.

      Isso de duas faixas acima se justifica pela realidade, sem esquecer, embora citado o parmetro no funcionalismo pblico existe, AINDA H A NECESSIDADE de alquota extra fazendo valer o imposto SOBRE AS GRANDES, como previsto na Constituio (algo ignorado pelos polticos cooptados pelas elites). Esta 5 (quinta) alquota, para rendimentos das casas dos milhes l, mais que urgente… especialmete considerando que nesse patamar esto, especialmente, os rentistas que com suas remuneraes (lucros) sem esforo, s vivendo dos rendimentos nenhum pouco moralmente justificveis.

  5. Luciane Vieira

    O Brasil criava vacas…
    Desde o descobrimento em 1500, o Brasil passou a criar vacas….
    O Brasil tinha uma vaca que alimentava a IMPRENSA, a qual recebia bilhes para falar bem do governo. Jornalistas ganhavam fortunas e os donos das TVs, jornais e revistas ficavam milionrios. Isso era o povo bem informado!
    O Brasil tinha uma vaca que alimentava os ARTISTAS, chamada Rouanet, que pagava milhes para que eles pudessem fazer shows, cobrar ingressos carssimos e falar bem do governo. Isso era a cultura que o povo precisava!
    O Brasil tinha uma vaca que alimentava PARLAMENTARES com mensales que garantia a aprovao de leis e do prprio governo. Isso era independncia, democracia e respeito aos 3 poderes!
    O Brasil tinha uma vaca que alimentava juzes do STF com passagens areas, viagens e mordomias. Isso tambm era independncia, democracia e respeito aos 3 poderes!
    O Brasil tinha uma vaca que alimentava as EMPREITEIRAS, que distribuam parte do dinheiro como propina ao PT, comprava propriedades e as entregava ao seu lder ladro. Isso gerava empregos!
    O Brasil tinha uma vaca que alimentava SINDICATOS, que falavam bem do governo. Sindicalistas ficavam ricos. Isso era respeitar o direito dos trabalhadores!
    O Brasil tinha uma vaca que dava dinheiro a PASES COMUNISTAS cujos lderes ditavam as regras, ficavam com parte do dinheiro e deixavam o povo na misria. Isso era distribuir riquezas com pases pobres e miserveis!
    O Brasil criava uma vaca que transferia bilhes a ONGs no Brasil e no exterior que diziam proteger as florestas e os animais, mas vendiam terras e exploravam ouro, madeira e diamante. Seus lderes enriqueciam. Isso era cuidar da Amaznia e impedir o desmatamento!
    Enquanto isso o Brasil s afundava, o povo do Norte e Nordeste passava FOME e SEDE, o Brasil estava estagnado e s empobrecia…a corrupo e a criminalidade imperava e tomava conta das ruas.
    Da um presidente foi eleito e assassinou as vacas!
    Isso genocidio, anti-democracia, desrepeito e negacionismo!

  6. O ministro Paulo Guedes, antes de ser chamado para o governo Bolsonaro era um ilustre desconhecido. Chegou como homem forte com carta branca de Bolsonaro para tocar as pautas econmicas numa agenda liberal dura.
    De incio disse, que atingiria o equilbrio fiscal em um ano de governo, perdeu a aposta e todas que fez com estardalhao e aqueles trejeitos de ator de filmes B com as mos treinadas por marqueteiros, que vendem um produto podre para os trouxas comprarem.
    Equilbrio fiscal, pleno emprego, economia de 1 trilho, crescimento em V, nenhuma de suas previses se confirmou, nada, no entregou neca de pitipiriba. sem sombra de dvida, o pior ministro da Economia de todos os tempos. O que Guedes sabe bem, mas no recomenda a ningum multiplicar suas economias em paraisos fiscais, notadamente nas Ilhas Britnicas Virgens. Se no for legal Imoral.
    Agora admite que furar o teto de gastos por 100 reais a mais bobagem, mas disse isso docemente constrangido.
    Entrou na onda eleitoreira de Bolsonaro de olho na reeleio, para manter seu emprego e contas secretas por mais um ano. O Poder bom e todo mundo gosta, por que Guedes no iria gostar.
    Disseram que pediu demisso, sinceramente no acredito. Ele s sai se for demitido, mas Bolsonaro precisa dele, pelo menos por enquanto. O Mito no tem pena de ningum, se for manter- se no Poder ele passa a jamanta em quem atrapalhar. Gustavo Bebiano, general Santos Cruz, seus amigos do peito foram demitidos sem d nem piedade, sem falar no Moro, no Mandetta e quase toda a equipe inicial do Guedes ou saiu ou foi pedido para cair fora, quando comearam a atrapalhar, caso do presidente da Petrobrs, Roberto Castelo Branco, quando resistiu a baixar o preo da gasolina e do diesel e no aceitou nomeaes polticas na Petrobrs. O general que assumiu est l firme e forte, ser que cedeu? Em relao aos aumentos dos combustveis, parece que no. T difcil acreditar nestas pautas bolsonaristas, a cada dia um flash. Pelo menos ningum est morrendo de tdio nesse governo, porm, o stress se mantm em alta ansiedade.

Deixe um comentário para James+Pimenta Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.