Há muitas Incoerências nas pesquisas de opinião sobre o governo Dilma

Nélio Jacob

O Ibope coloca “bom” e “ótimo” juntos, somando-ose para dar um só conceito. O “bom” pode representar 50% dos entrevistados e o “ótimo” 12% deles, que juntos dão 62% de índice de aprovação.

Mas existe uma diferença muito grande entre ótimo e bom. O ótimo é além da expectativa. Bom, geralmente, representa aquilo que não passou do que já era previsto, dentro de uma certa razoabilidade. Fosse abaixo disso, seria regular ou ruim. Então, bom e ótimo dão qualidades diferentes às coisas.

Em minha ignorância com relação à estatística, não consigo entender por que 74% dos entrevistados desaprovam a política da saúde; 65% criticam os impostos pagos; com relação a segurança pública 68% não estão satisfeitos, sem falar na educação, o que daria nesses três itens uma média de 69%, mas 62% dos mesmos entrevistados consideram bom ou ótimo e 73% aprovam o Governo, confiam e consideram positiva a sua atuação.

Dá para entender a coerência dos entrevistados?

 

 

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *