Há servidores no Congresso que chegam a ganhar até R$ 50 mil mensais

Andrey Cabral

Enquanto vocês aí no Blog ficam falando dos salários dos ministros, os diretores da Câmara Federal embolsam polpudas remunerações. E com o recurso favorável dado pelo Tribunal Regional Federal 1, as funções comissionadas (Opção mais RM-Representação Mensal) não entram no cálculo do teto.

Alguns chegam a embolsar R$ 50 mil de salários, conforme a seguinte tabela: Vencimento Básico (padrão45) – R$ 6.411,09; GR-Gratificação de Representação (com vinculação ao salário dos deputados) – R$ 8.772,05; Representação Mensal FC10 (com vinculação) – R$ 8.772,05; – Opção – R$ 5.140,16.

Total em dezembro com vinculação ao salário dos deputados, de um FC10, R$ 29.095,35, faltando incluir aí as vantagens pessoais (quintos incorporados, 5/5 FC10 – R$ 7.900,00), sessões noturnas (sessões terça e quarta – média de R$ 2.000,00), vale-alimentação (R$ 740,00).

Têm servidores com funções comissionadas (não entram no cálculo do teto graças ao recurso dado pelo TRF1) que chegam a ganhar mais de R$ 50.000,00 reais nos meses com vinculação de salário dos deputados.

Isso sim é uma vergonha. E por que o Supremo não julga logo o mérito dessa questão e decide que as FC (Funções Comissionadas) devem entrar no teto e acaba com essas imoralidades na Câmara e no Senado?

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *