Helio Fernandes revela que Sergio Cabral será nomeado embaixador, já de olho em 2018

Carlos Newton

Na última sexta-feira, tive a oportunidade de conversar longamente com Helio Fernandes, num demorado almoço  oferecido a ele no Copacabana Palace por seu advogado Luiz Nogueira, que veio especialmente de São Paulo para se encontrar com o diretor da Tribuna da Imprensa e fazer-lhe um relato minucioso sobre a situação do processo movido pelo jornal contra a União.

Helio Fernandes está muito bem, chegou pontualmente ao encontro, foi festejado pela diretora do Hotel e por vários frequentadores, e durante cerca de três horas nos brindou com suas informações de bastidores e sua memória fantástica e inigualável.

Entre outras informações, disse-nos que o governador Sergio Cabral não será candidato a nada em 2014. “O plano dele já está todo traçado. Não pretende voltar ao Senado, onde teve desempenho muito apagado. Vai ser nomeado embaixador, de preferência em Paris, para onde viaja todo mês, ninguém sabe para quê” – afirmou ele, dizendo: “Pode publicar no Blog”.

Ainda segundo Helio, o projeto de Cabral é ficar esperando a eleição presidencial de 2018, para sair candidato a vice, na chapa de coligação com o PT. É um plano que pode até ser antecipado, caso Temer não possa ser novamente candidato, por um motivo ou outro.

Como sempre faço quando falo com o Helio, pedi-lhe que volte a escrever.  Sendo seu amigo desde 1967, nem sei como ele consegue ficar fora do jornalismo.  Na verdade, ele começou a se decepcionar com o Blog quando soube que havíamos perdido o patrocínio. Só meses depois de o patrocínio ter sido interrompido é que tive coragem de informar a ele sobre isso .

Na época, Helio ficou desapontado, não sabia o que fazer para manter o Blog, foi-se decepcionando. Quando o comentarista Carlo Germani teve a ideia de pedir que os próprios leitores contribuíssem para sustentar o Blog, a exemplo do que aconteceu com o jornal Movimento, durante o regime militar, Helio ficou ainda mais desencantado, por constatar que não tínhamos alternativa. E acabou deixando o Blog, entregando-me a responsabilidade de mantê-lo ou não.

E de lá para cá, bem ou mal, o Blog vem sendo mantido por cerca de 30 colaboradores, e ninguém sabe quem realmente colabora, salvo os que assim o declaram, como o próprio Germani, Paulo Peres, Werneck, Bortolotto, Christian, Aquino, Bendl e alguns outros.

Há duas semanas, quando estive na casa do Helio com minha mulher, a jornalista Jussara Martins, ela lhe perguntou por que não voltava a escrever. Helio respondeu que não podia nos sacrificar, porque teríamos de continuar digitando os artigos deles, que nos enviava por fax.

Helio sabe que, para manter o Blog, recentemente tive de voltar a trabalhar fora, é uma pedreira danada. Ele sabe que não tenho tempo disponível e não quer aumentar ainda mais minhas obrigações. Realmente, hoje em dia não consigo mais liberar os comentários com a presteza de sempre, o Blog está até perdendo a graça.

Helio então deixou claro que só voltará a escrever quando conseguir digitar seus artigos direto no computador. Jussara até se ofereceu para fazer a digitação dos artigos dele, mas não conseguiu demovê-lo.

Neste almoço da última sexta-feira, voltei ao assunto, é claro, e o Dr. Luiz Nogueira insistiu muito em que o grande jornalista retomasse os artigos. Helio então nos revelou que já até pensou na maneira de organizar o trabalho. Seu projeto é escrever um artigo diário e uma série de notas pequenas, de análise dos principais acontecimentos.

Mas, ao final da conversa, fez novamente a ressalva e voltou a dizer que só retoma o trabalho quando puder digitar direto no computador. E até pediu que eu informasse meu e-mail, para remeter as matérias, assim que puder.

Por volta da 4 horas da tarde, Helio voltou para casa. Dr. Luiz Nogueira e eu o acompanhamos até o táxi. Depois, retornamos ao bar do hotel e ficamos até as dez da noite conversando sobre esse incrível jornalista, que deveria estar sendo reverenciado e homenageado por todo o país, não reclama de nada e mantém um comportamento altivo e digno.

Helio é um exemplo para todos nós, especialmente neste momento em que os três poderes estão apodrecidos e o país parece estar perdendo a dignidade.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *