Hipocrisia para peessedebista, na posse de Alckmin

Helio Fernandes

Tudo planejado e acertado, Alckmin fez seu discurso, parou a leitura, disse, “o presidente FHC mudou o Brasil”. Sem falsa modéstia (royalties para ele mesmo), levantou, abraçou “apertadamente” José Serra, quase choraram, não têm grandeza nem para chorar, participam dos que dizem, “homem não chora”.

Concordo com o mediocríssimo e sortista Alckmin (assume o maior estado da Federação pela terceira vez), FHC mudou mesmo. O que era do Brasil passou a globalizante, não foi cassado. Antes da ditadura não combateu, nem depois pelos crimes de lesa pátria.

A LOUVAÇÃO A CABRALZINHO

Todas as emissoras de televisão amigas, badalaram a reeeleição e a posse dele para um novo mandato. Botaram na conta dele o que deveria ser “a culpa dele”, na questão das favelas criminosas.

Foram as Forças Armadas que fizeram tudo. “Passou recibo”, não indo à missa do Arcebispo, à ceia e à inauguração do cineminha, conquista da comunidade.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *