Hoje, 2 anos de Obama no Poder (com dificuldades para a reeleição)

Helio Fernandes

Nada brilhante, criativo, marcante, nesse 20 de janeiro. Chegou à Casa Branca há 2 anos, como a grande esperança, não apenas para os EUA, mas para a coletividade. Negro com uma ascendência complicada, venceu duas batalhas, ou uma batalha e uma guerra. A batalha pela indicação partidária e a vitória nacional. A guerra, pela entrada na Casa Branca.  

Tido e havido como “presidente de 8 anos” ( o máximo de uma presidência, depois da Emenda número 24, de 1952), sua situação não é tão confortável como parecia. Não desperdiçou a esperança, mas estimulou a desesperança.

Sua popularidade caiu tanto, que mesmo nos círculos políticos de Washington, se diz: “Nestes dois anos que faltam, terá que fazer campanha para ganhar a indicação”. Mesmo indicado (o que deve acontecer), não ganhará tão facilmente como no primeiro mandato.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *