Ibope define segundo turno entre Dilma Rousseff e Marina Silva

Pedro do Coutto
A pesquisa do Ibope revelado pela rede Globo na noite de terça-feira, e também objeto de reportagem de Sérgio Roxo na edição de O Globo de ontem, quarta-feira 27, a meu ver define antecipadamente o segundo turno nas eleições presidenciais de outubro: o confronto, se não houver um fato absolutamente imprevisto, será entre Dilma Rousseff e Marina Silva. A ex-senadora, inclusive, encontra-se em plena ascensão, tendo subido 8 pontos de julho para agosto, comparando-se a atual pesquisa com a que o Datafolha publicou no final do mês passado na Folha de São Paulo.
No mesmo espaço de tempo, a presidente da República recuou 4 pontos, descendo de 38 para 34%. Mantém a liderança, mas a distância em relação a marina encurtou para 5 degraus. O terceiro candidato, Aécio Neves, perdeu 4 pontos declinando para 19%. Como se observa, o ex-governador de Minas Gerais ficou 15 pontos distante de Dilma e 10 pontos de Marina Silva. Inclusive o debate realizado pela Rede bandeirantes de televisão, mediado por Ricardo Boechat, confirmou a polarização entre as duas primeiras colocadas no Ibope. Aécio Neves não convenceu. Sua participação foi fraca.
O quadro não lhe é favorável. Sobretudo porque Marina encontra-se em plena ascensão. Para subir, Aécio Neves tem que empolgar, o que não está conseguindo fazer, as correntes antidilmistas. Pois o pleito está nitidamente dividindo o eleitorado entre os que estão com Dilma e os que se voltam contra sua reeleição. Marina Silva assumiu este papel e, embalada pela morte de Eduardo Campos, está conseguindo preencher o espaço da oposição, colocando em prática uma firmeza que falta a Aécio.
GRAÇA FOSTER
A presidente da República está sendo atingida pelos reflexos de alguns equívocos que cometeu. O primeiro decorrendo da aliança com candidatos fracos que o PT apresentou em São Paulo e no Paraná, por exemplo. Alexandre Padilha e Gleisi Hoffman nada acrescentam à candidatura da presidente. Mas não apenas isso. Na minha opinião, a atitude de Graça Foster, transferindo os imóveis que possui para os filhos, deixou o governo mal, pois, como escreveu Élio Gásperi no Globo de domingo, colocou-a ao lado do ex-diretor Nestor Cerveró que tomou a mesma iniciativa.
Diante da repercussão da matéria na imprensa, Dilma Rousseff precipitou-se em sair na defesa de Graça Foster, tentando desviar o tema para focalizar a Petrobrás como instituição. A Petrobrás é, sem dúvida, uma instituição econômica, a maior empresa do Brasil, mas a questão não era essa.
O segundo turno, para o qual na simulação formulada pelo Ibope, hoje, aponta Marina bem à frente de Dilma, por 45 a 36% dos votos, entretanto vai se constituir numa nova etapa, num outro quadro. O esquema partidário ao lado da atual presidente é muito mais forte. Porém até agora não conseguiu fazer com que tal realidade se refletisse nas intenções de voto. Pelo contrário. As pesquisas estão demonstrando a ruptura do eleitorado com o sistema configurado pelas legendas. Assim não fosse, Marina Silva não teria saltado de 21 para 29 pontos num espaço de duas semanas.
Faltam 5 semanas para o turno marcado para 5 de outubro. Mas como os levantamentos concluem a decisão final será nas urnas do dia 26: entre Dilma Rousseff e Marina Silva. Aécio neves perdeu impulso justamente na fase mais sensível da campanha política.

19 thoughts on “Ibope define segundo turno entre Dilma Rousseff e Marina Silva

  1. Depois do debate , o Rui Falcao ” consolou ” a Dilma dizendo que haveria 2.o turno. Estou no Parana e aqui a Marina ganharia no 1.o. Bateu o desespero no PT , tanto que ele ampliou a sua quadrilha virtual para tentarem denigrir a Marina com a questao do jatinho do Campos.

  2. Marina ou Aécio ?
    Quem é capaz de contribuir para que o Brasil mude ?

    VEJA

    Pesquisa revela valor médio pago em cada país em passagens aereas a cada 100km

    1. Índia (US$10,36 para voar 100km)
    2. Malásia (US$11,43 para voar 100km)
    3. África do Sul (US$11,63 para voar 100km)
    4. Austrália (US$12,20 para voar 100km)
    5. Espanha (US$13,21 para voar 100km)
    6. EUA (US$13.89 para voar 100km)
    7. Turquia (US$15,95 para voar 100km)
    8. Itália (US$16,75 para voar 100km)
    9. Rússia (US$16,86 para voar 100km)
    10. Polônia (US$18.32 para voar 100km)
    42. Brasil (US$ 42,92 para voar 100km)

    NA SÉTIMA ECONOMIA DO PLANETA PAGA-SE
    3 VEZES MAIS

  3. Dona Dorothy, vou pegar carona no seu post e fazer um “aditivo”…
    marina ou aécio, quem é capaz de mudar isso no Brasil, o Estado Des-governado pelo Des-Governador de Plantão covas/serra/anibal/aloisio/geraldo estão há 24 anos, com a possibilidade de buscar mais 4 anos nas reeleição., virou uma carnificina á céu aberto.
    Dona Dorothy, essa Avenida dos Tajurás fica exatamente 1,5 km de distância do Palácio do Caviar, residência oficial do Ladrão do Metrô., que deveria estar nessa hora nos sonos dos justos, pois pertence ao Partidão da Ética.
    Na mesma região tem duas Delegacias, um Batalhão da Polícia Militar, fora o Batalhão de Segurança do Sultão Paulista dentro do Palácio……
    E vejam o que aconteceu nesta madrugada um pouco fria…

    http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2014/08/caixas-eletronicos-de-3-bancos-sao-explodidos-na-zona-oeste-de-sp.html

  4. Dorothy,
    Faço questão de republicar o comentário que fiz dias atrás sobre o acidente de Eduardo Campos, em razão de uma notícia que foi publicada hoje, e que vai ao encontro do que escrevi abaixo:

    “Marina é uma extensão do PT, lembrem-se deste detalhe!
    Os petistas, que não são burros, apesar de suas inteligências estarem direcionadas somente à corrupção, sabem que a próxima legislatura colocará o PT no inferno, diante das dificuldades que o Brasil e seu povo terão de enfrentar.
    Ora, não podem perder as eleições para Aécio, claro, então CONVOCARAM Marina para ser vice de Eduardo Campos.
    As mentes petistas também contavam com os famosos problemas que poderiam surgir com os candidatos:
    Doenças, acidentes, renúncias, mudança no quadro político …
    Eduardo Campos sofre um terrível acidente de avião e morre trágica e inesperadamente(?).
    Não para os petistas, claro, pois sabem a respeito das probabilidades de desaparecimento das pessoas de forma violenta, que acabou acontecendo com aquele que se esperava que se concretizasse os clamores aos deuses da política, tão maldosos e cruéis quanto seus seguidores.
    Marina avança, sobe nas pesquisas, desce Dilma e Aécio, maravilha!
    Marina e sua voluntariedade e afinação com o PT o salva de uma tragédia política, que seriam os próximos quatro anos.
    Evidente que jamais vai abrir a caixa preta do voo petista durante os doze anos que permaneceu em céu de brigadeiro. A aeronave do PT – curiosamente tem as siglas dos aviões brasileiros – não tem caixa preta, como não havia no voo de Eduardo Campos, sequer a que registraria as vozes dos pilotos, surpreendentemente!
    Então, Marina cai de paraquedas deste avião que se estatelou no chão como uma dádiva dos céus para o PT, que salvará a agremiação de ser varrida do Brasil, enquanto Marina consegue o objetivo primordial de todo o político brasileiro, salvo raríssimas exceções, que é ficar rica com o poder, uma espécie de indenização que levará por se tornar a Joana D’Arc do PT, que será queimada não na fogueira, mas calcinada pela sua gestão que nos atrasará em cinquenta anos, e não nos permitirá sair do fundo do poço antes deste mesmo período, de cinco décadas!
    Nos últimos dois anos de Marina, surgirá a figura do salvador da pátria, um petista que contará com uma característica do povo brasileiro, que é espetacular para o político, que também conta com os acidentes de percurso com os adversários políticos: o esquecimento.
    Sem que a população se lembre mais do mensalão, Rosegate, que foi informante do DOPS, que aparelhou o Estado, alianças espúrias, instituição da corrupção, STF como apêndice do Executivo, Lula se apresentará como o único que poderá nos levar de novo para o crescimento e, talvez, seja eleito!
    Nessas alturas, somente Deus para nos livrar desse horizonte amedrontar que nos ameaça.”

    Hoje, escrevi este texto, que segue:

    “Percebe-se que a atuação dos sectários petistas é para afastar de vez a possibilidade de Aécio ir para o segundo turno.
    E por uma razão simples:
    Dilma ou Marina é o PT no poder, sem qualquer mudança ou investigações dos crimes lesa-pátria cometidos por este partido.
    Desta forma, os soldadinhos do PT ainda comentam sobre FHC e tentam mostrar que a suas gestões foram corruptas, evidentemente deixando de lado os doze anos petistas como os mais escandalosos e desonestos da História da República, que nos arruína e nos conduz para o maior desastre econômico que este País já sofreu!
    Quanto ao acidente de Eduardo Campos, as investigações apuraram que enquanto fora governador de Pernambuco, ele beneficiou um dos proprietários do avião, que possuía uma renovadora de pneus, liberando-a de importar quantidades específicas deste produto para adquirir o que quisesse (http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/eleicoes-2014/noticia/2014/08/motores-do-cessna-que-caiu-com-eduardo-campos-estariam-funcionando-4585216.html).
    Comenta-se, então, que a candidatura de Marina poderá ser contestada judicialmente, havendo outra reviravolta nessas eleições que já se caracteriza como a mais intrigante que já foi disputada, repleta de mistérios, uma luta desesperada do partido da situação, PT, para permanecer no poder.”

    Certamente o PT não esperava tamanha reação contrária à Dilma.
    Os petistas estão alarmados com a possibilidade de Aécio ir para o segundo turno com Marina, diante de uma possível contestação judicial pela candidatura de Marina por conta do acidente com o avião pertencente a um comerciante beneficiado por Eduardo quando governador, portanto, Marina deve ser retirada da disputa!
    O jogo dos petistas é forte! Jamais imaginaram que Marina pudesse lhes tirar o poder, mesmo que esta dê a mesma continuidade à administração do PT, inclusive repetindo escândalos protagonizados por esta agremiação ao longo dos doze anos que está no poder.
    Pois esta notícia registrada acima, se levada adiante, não surgiu por acaso, mas previamente preparada para esta emergência que ora se manifesta contra o PT, de a presidente Dilma não ir para o segundo turno!

    • Bendl, como é possível criticar o PT no plano nacional e, ao mesmo tempo, ser aliado deste mesmo partido no Acre? Essa é a “nova política”? E ter um cônjuge mamando nas “tetas” deste mesmo partido há 16 anos? É a “nova política” também?

  5. O experiente Jornalista e analista Político, possuidor de grande feeling, Sr. PEDRO DO COUTTO, baseado em seu grande conhecimento da Psicologia do Povo Brasileiro, confirmado pelos Institutos de Pesquisas, sente que a Sra. MARINA SILVA ultrapassa em muito o até então Titular da Oposição Gov. AÉCIO NEVES, e encosta até na Candidata Presidenta DILMA ROUSSEFF. Num 2º Turno, as previsões apontam vitória folgada da Sra. MARINA SILVA sobre a Presidenta DILMA ROUSSEFF. E tudo isso com viés de alta.
    Confesso que eu não esperava isso, quando em brilhante artigo o Dr. JORGE BÉJA previu esse caminho, eu achei que o Dr. JORGE BÉJA estava exagerando, e agora constatamos que ele estava certíssimo.
    A Sra. MARINA, que é habilíssima com as PALAVRAS, usa como ” tacape ” a ideia: chega de Política Velha, farei uma Política NOVA. Não diz como, e também o Povo não se pergunta: Com o atual Sistema Político, como fazer isso, sem o “toma lá dá cá” para o 2º Turno, e para ter Maioria no Congresso, etc,etc. Teria que mudar o Sistema Político para melhor, antes.
    Vibra a “borduna” dizendo: O Brasil não necessita de uma ” GERENTE “, mas de alguém que tenha “VISÃO ESTRATÉGICA”. Ora, todos sabemos que uma GERENTE é a encarregada de conduzir o trem pelos trilhos, enquanto quem tem VISÃO ESTRATÉGICA, trabalho muitíssimo mais importante, é quem determina por onde deve passar os trilhos. Só que ela não diz “por onde deve passar os trilhos”.
    Com precisão atira flechas com “curare”(envenenadas) dizendo: Chega dessa dicotomia PSDB – PT , chegou a hora da 3ª Via, eu MARINA – PSB-REDE. Não diz porque a dicotomia PSDB – PT é ruim para o Brasil, e porque o PSB – REDE será bom.
    Seguirá MARINA uma Política mais Monetarista, nos moldes do Consenso de Washington, que privilegia mais a OFERTA, ou uma Política mais KEYNESIANA, como seguiram os Presidentes LULA/JOSÉ ALENCAR, e com menos habilidade, DILMA/TEMER, que privilegia mais a DEMANDA?
    O que fazer para DESTRAVAR a Economia Brasileira?

    A Sra. MARINA como Pessoa Física é a mais simpática e amorável das Pessoas, mas como Política não usa a extraordinária capacidade de lidar com as PALAVRAS, para esclarecer bem as coisas. Mas o POVO está contente assim, sente que MARINA dá ESPERANÇA de dias melhores, e vamos em frente.

  6. Acreditar que o PT tem cacife político e MILITAR para tirar da disputa a candidata que está crescendo vertiginosamente na opinião popular, e nas pesquisas vence a eleição no segundo turno, é não conhecer a natureza humana nem a história.
    Principalmente quando:
    …a caixa preta jabuticaba que não grava nada (apesar de ser esta a sua única função) se fixou no imaginário popular como a evidência de que houve atentado político.
    …nos supermercados e feiras o preço da comida explodiu!
    …a indústria automobilística amplia o lay-off, mandando os funcionários ficarem em casa até fevereiro recebendo parte do salário do governo (dinheiro público), para tentar esconder a crise que se espalha.
    …a população, que foi às ruas em 2013, está de saco cheio dos políticos e com o pavio curtíssimo.
    Pago para ver!

  7. O fenomeno Marina esta sendo uma clara resposta das ruas do junho de 2013. Portanto os grandes partidos nada podem reclamar
    Acharam que fariam a todos de otarios , empurrando tudo com a barriga.

    • Pelo aumento da ferocodsde e do numero de quadrilheiros virtuais do PT sei nao
      De uma olhada nos blogs esgoto
      O Ibope faz pesquisas diarias para a Secom as nossas custas.

    • O sectário-mor petistas abordando NACIONALISMO?!
      o PT se transformou em um partido MULTINACIONAL, com as suas doações a muitos países e perdão das dívidas de outros!
      o Brasil que está deixando para seu sucessor está simplesmente abandonado, endividado, encolhido, sem avanços sociais, econômicos, e uma política praticada à base da corrupção e desonestidade.
      Escrever sobre nacionalidade do PT, significa cantar o hino da Internacional Socialista, erguer o punho da velha saudação comunista, considerar Cuba como a sua pátria, e substituir o nosso patriotismo pelo partidarismo e idealismo pela ideologia.
      Respeita quem frequenta este Blog, Chico de Assis, por favor, antes de escreveres as mensagens que te ordenam rotineiramente!

  8. Prezado Bortolotto,
    Em atenção ao teu comentário excelente sobre a situação de Marina no cenário eleitoral, recebi hoje à tarde um artigo que considerei interessante, razão pela qual peço perissão para republicá-lo:

    “Claudio Tognolli
    O Bom Selvagem de saias fará do Brasil o país do futuro: do pretérito
    Publicado: 18 de agosto de 2014 às 17:48

    Como uma teocrata que não obteve meio milhão de votos que a legitimassem cabeça de partido pode, agora, expressar um Brasil contemporâneo?
    O pensador marxista alemão Ernst Bloch (1885-1977) gostava de apontar o que chamava de “a contemporaneidade do não-coetâneo (em alemão, “Gleichzeitigkeit der Ungleichzeitigkeit”).
    Ou seja: você vive no século 21, mas pode estar dividindo o seu espaço, lado a lado, com quem ainda mantenha valores medievais. Ou simplesmente com aqueles anti-capitalistas, que vindicam o retorno à selva –e o subsequente combate ao crescimento. Marina Silva é tudo isso: é a sombra por detrás da luz
    Só Jesus Salva: e só Marina Silva. Marina é a nossa não-coetânea: usa celular e internet, mas sua cabeça, e código de comportamento, estão algo aquém daquela fase entre Homem de Java e Homem de Pequim.
    Marina Silva é nosso Jean Jacques Rousseau de saias. No final do Iluminismo, Rousseau, nascido em Genebra, publicou, em 1762, seu O Contrato Social. A primeira frase do livro já diz tudo: “O homem nasceu livre, e por toda a parte encontra-se a ferros”.
    Rousseau criou aquela bobajeirada do Bom Selvagem. Seu noble savage tinha como petição de princípios o retorno à quietude das selvas. Nesse sentido, Rousseau gritava: “Todo o progresso subsequente representou muitas etapas em direção ao crescimento individual, mas muitas levaram, na realidade, ao enfraquecimento da espécie”.
    Marina Silva é a mãe espiritual do Bom Selvagem. Figuras como Marina Silva geraram medo no passado recente: fará do Brasil o país do futuro do pretérito.
    Uma penca de intelectuais tentou dar respostas ao que era o Brasil, nos últimos 80 anos. A turma do Instituto Superior de Estudos Brasileiros, o ISEB, como Hélio Jaguaribe, Roland Corbisier e Cândido Mendes de Almeida, nos anos 50, era quem mais criticava a eterna vocação agrária do Brasil. Diziam que nosso mundo agrário-mercantil se aliava aos gringos para que o Brasil não desenvolvesse seu parque industrial e fosse um eterno exportador de grãos.
    O ISEB nasceu para combater figuras como Marina Silva.
    Marina Silva quer um estado teocrático, agrário. Afastará o capital do Brasil. Mais do que Dilma afastou.
    Marina Silva sempre se jactou de ter em suas alianças com os verdes a figura do moinho eólico como gerador de energia. Nada sabe sobre o tema.
    Veja você: até James Lovelock, criador da famosa Hipótese Gaia (segundo a qual o ser humano é um dos “órgãos” do corpo que é a Mãe Terra), agora defende a energia nuclear. E expõe ao osso os babacas do Partido Verde (que usam em suas propagandas políticas os moinhos de vento eólicos). Saiba você: um moinho de vento eólico consome dez mil toneladas de concreto para ser construído. Em toda a sua existência, o moinho de vento eólico jamais produzirá energia limpa que compense a poluição gerada para poder produzir as milhares de toneladas de concreto que o erigiram.
    Marina Silva desconhece esse tipo de coisa.
    Maria Silva é uma agente internacional do Clube de Roma.
    Em 1968 o industrial italiano Aurelio Peccei fundou o Clube de Roma, quando se falou a primeira vez em desenvolvimento sustentável. (veja aqui http://pt.wikipedia.org/wiki/Clube_de_Roma
    O Clube de Roma foi feito para brecar o capitalismo em celeiros como o Brasil.
    Por que você acha que o Príncipe Charles, e outros milionários de países de primeiro mundo, são patrocinadores e padroeiros do WWF? Porque a nova ideologia faz uso de ongueiros preservadores da natureza para drogar jovens com a febre anti-desenvolvimentista.
    Marina vai regular seus ideais com Evo Morales e tirar o Brasil da atual condição de único Forte Apache da América Latina.
    Marina vai fomentar a injeção de dinheiro gringo numa única área do Brasil: a das ONGs que lutam contra o capital para preservar a Amazônia.
    Paga a pena de onde vem a grana delas: o Conselho Indigenista Missionário, por exemplo, recebeu milhares de dólares da Fundação Nacional para a Democracia, dos EUA (NED), para “ajudar a fortalecer organizações independente e assistir comunidades indígenas para defender seus direitos em meio a uma atmosfera violenta e discriminatória”.
    O NED é uma organização mantida pelo governo dos EUA e dirigida pelo Congresso. Faz parte do clube internacional que quer ver o Brasil reduzido a uma republiqueta sem parque industrial, e mera exportadora de grãos.
    Paga a pena ver o tipo de ONG anti-desenvolvimentista que circunda Marina Silva.
    Melhor Amigo
    Um dos agentes internacionais mais ativos para tornar o Brasil um eterno exportador de grãos foi o ex-vice presidente dos EUA, Al Gore.
    Em 1992 lançou seu livro “A Terra na balança” e mais a frente o filme “Uma questão inconveniente”. Al Gore critica a civilização nos moldes do Bom Selvagem, de Rousseau. Diz no livro coisas como “a estrutura da civilização se tornou extraordinariamente complexa e, conforme vai se rebuscando, nos sentimos cada vez mais distantes de nossas raízes na terra”.
    Al Gore tem em Marina Silva sua maior ídola mundial: afinal ela vai ajudar tornar o Brasil um grande celeiro, sem indústrias de ponta. Vejam o trecho que retirei de mídia, publicado em 2011:
    “Paco Ragageles, fundador da Campus Party, descreveu um encontro ocorrido nesta terça-feira como o mais importante da história do evento: o engenheiro britânico Tim Berners-Lee, criador do protocolo WWW, dividiu espaço com o ex-vice-presidente dos EUA e ativista ambiental Al Gore. Eles discutiram o futuro da internet. A dupla tratou de questões candentes, como liberdade de expressão na web e Wikileaks. Contudo, o clímax foi atingido quando Gore agradeceu a presença no evento da ex-candidata à Presidência da República Marina Silva – chamando-a carinhosamente de “minha amiga”. O público foi ao delírio. A “verde” Marina acompanhou o debate sentada entre os campuseiros.”
    Marina, da tchurma dos cegos pela luz, sabe que a morte de Eduardo Campos vai deixar viúvo mesmo é o capitalismo brasileiro.

    Um abraço, meu caro Bortolotto,

    • Prezado Sr. FRANCISCO BENDL, Saudações.
      Muito Obrigado por postar artigo acima muito esclarecedor da atividade “Ecológica” da Sra. MARINA.
      Os verdadeiros interesses do Brasil, principalmente o seu desenvolvimento Econômico ( Industrialização Autônoma ) que dá verdadeira SOBERANIA NACIONAL, não ficam bem servidos por Candidata que pensa assim. Abrs.

  9. Li, com atenção o artigo do senhor Pedro do Coutto e os comentários.
    Pensei.. pensei muito… e, ideologias à parte, cheguei a mesma conclusão, do senhor Nelson Souzza

    Sei não…
    Marina, para mim, é um pastel de vento…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *