Ibope segue Datafolha e mostra Aécio e Dilma empatados

Lilian Venturini
Estadão

Segundo pesquisa Ibope divulgada nesta quarta-feira (15), Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) continuam tecnicamente empatados na disputa pela Presidência da República. Assim como no levantamento feito pelo Datafolha, divulgado mais cedo, o tucano teria oscilado de 46% para 45%, enquanto a petista passou de 44% para 43%. Votos branco e nulos somam 7% e 5% dos questionados não souberam responder em quem vão votar no segundo turno das eleições.

Já considerando apenas os votos válidos, Aécio Neves teria 51% das intenções. Dilma Rousseff aparece com 49%. Com a margem de erro de dois pontos porcentuais, os candidatos estariam tecnicamente empatados.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOGÉ muita coincidência… Duas pesquisas seguidas com Datafolha e Ibope apresentando resultados praticamente idênticos?… É realmente muita coincidência. Dá até para desconfiar. (C.N.)

12 thoughts on “Ibope segue Datafolha e mostra Aécio e Dilma empatados

  1. Quem confia na urna eletrônica brasileira levante a mão!!!

    Números manipulados servem de pano de fundo, ou de raso, para a fraude do aparelhinho não aferível e não conferível.

  2. De fato, é muito difícil obter esta coincidência estatística utilizando-se de um padrão de amostragem tão discrepante.

    Mas, se a inferência estatística estiver correta, a situação está muito embolada com a margem de erro cobrido eventuais diferenças.

    Nem no levantamento feito pelo Datafolha nos é possível sair da zona de intersecção do erro de estimativa da pesquisa.

    Conclusão: empate técnico.

  3. O jornal Folha de São Paulo está divulgando um dado estatístico que pode não ser verdadeiro em favor da candidata Dilma. Dizendo que a possibilidade de conversão pró-petista é o dobro da de Aécio.

    Praticamente, toda a mídia está corrompida e atuando em favor deste grupo que está no poder e usando a máquina pública para passar por cima de quem quiser se interpor no seu projeto político de dominação.

    Tenho para mim que este é um dos momentos mais importantes de nossa história após o período de 64.

    Sem dúvidas.

    Temos de tirar esses malditos de cima do orçamento federal, de cima da máquina pública.

  4. Wagner Pires, é verdade: Este é um dos momentos mais importante de nossa história.
    Se Dilma (PT) ganhar as eleições, pelo andar da carruagem, não acredito que ela complete
    o mandato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *