Impunidade de ministros do Supremo é uma agressão à cidadania

Resultado de imagem para supremocharges

Charge do Paixão (Gazeta do Povo)

Francisco Vieira

Vejam a lista dos chefes de quadrilhas que nos governaram:
José Sarney, Fernando Collor, Fernando Henrique Cardoso, Lula da Silva, Dilma Rousseff e Michel Temer, ainda no cargo. Esses são responsáveis pela administração do país nos últimos anos. O que se esperava que acontecesse? Só se salva na lista de presidente o nobre Itamar Franco, que se tornou presidente por acaso, sem que a corja que nos assalta esperasse ou quisesse

Ao Executivo corrupto, vieram se juntar o Legislativo apodrecido e o Judiciário complacente. Vejam agora, mais um vexame, mais um papelão do ministro Ricardo Lewandowski, ao pedir vista e interromper um julgamento em que seu amigo pessoal Lula já perdia de 7 a 1. E o ministro Dias Toffoli tira do juiz Moro a denúncia contra o ex-ministro Guido Mantega, seu amigo pessoa, e a encaminha à… Justiça Eleitoral.

SEM SURPRESA – O comportamento dos ministros não deveria causar surpresa ou censura, pois todos nós sabemos a história, os princípios éticos e a origem deles. Quem já morou em sítio sabe que é ingenuidade esperar que um porco pare de fuçar a lama quando a acha disponível; portanto, não devemos esperar que eles mudem de comportamento, nem esperar coisa diferente da sua natureza.

O que merecia causar tais aversão e indignação deveria ser o comportamento, o silêncio, a conivência e a criminosa omissão dos seus pares, ministros que chafurdam com ele na mesma pocilga, que dividem as trufas no mesmo prato, que assistem a Constituição ser rasgada toda a semana e que, ainda assim, são tratados pela imprensa como se fossem diferentes dele e se comportam como se nada tivessem com a miséria e o caos reinantes.

Serão mesmo diferentes de Lewandowski? Ou serão todos da mesma igualha? Existe salvação para os brasileiros dentro da Lei, quando vemos que a Instituição e as autoridades responsáveis por resguardá-la estão usando a Carta Magna como pano de chão?

8 thoughts on “Impunidade de ministros do Supremo é uma agressão à cidadania

  1. Gostaria que houvesse eleições diretas para os membros do Judiciário. Já votamos para vereador, deputados estaduais e federais, prefeitos, governadores, senafores e presidente. Por que não votar nessa corja que é quem realmente tomam as decisões deste país.
    Teríamos uma eleição entre notáveis, onde eles teriam suas biografias apuradas e exposta a sociedade.
    Daí, veríamos realmente quem tem compromisso com as leis ou quem fazem as leos conforme a conivência política.

    • Reflita, Bruno Machao.
      Como diziam os garotos do Ultraje:

      ‘A gente não sabemos
      Escolher presidente
      A gente não sabemos
      Tomar conta da gente
      A gente não sabemos
      Nem escovar os dente
      Tem gringo pensando
      Que nóis é indigente
      “Inúteu”!
      A gente somos “inúteu”!
      “Inúteu”!
      A gente somos “inúteu”!’

  2. quem AINDA NÃO SABE, L.E.I.A,

    no Dicionário Houaiss, verbete próprio, acepção 4,
    e/ou
    no Dicionário Michaelis, verbete próprio, acepção 2,
    e/ou
    no Dicionário Aulete, verbete próprio, acepção 2,
    e/ou
    em muitos outros, talvez,

    o significado de P.R.O.S.T.I.T.U.T.O !!!

    P.R.O.S.T.I.T.U.T.O, sim !!!

    aproveitem o LEIAM
    os significados de
    CAFAJESTE,
    CRÁPULA,
    IGNÓBIL,
    ORDINÁRIO,
    SAFADO
    TORPE,
    SEM-CARÁTER
    e muitos muitos muitos outros mais !!!

    • Belas palavras para serem proferidas na próxima reunião de condomínio.
      Depois o vizinho move uma ação cobrando danos morais, eu provo que ele não entendeu os elogios.
      Essa nossa língua tinha que ser chamada “portuguesa” (sem dano, por favor).

  3. O poder judiciário virou a casa da mae joana, são tantos disparates, tantas mazelas, são os maiores salários de poder judiciário comparado aos ministros de países ricos, uma verdadeira excrescência, poder controlado pelas elites deste país, vergonhosa são as decisões de alguns ministros, soltando politicos e empresarios envolvidos em corrupção e protegendo partidos políticos que são alinhados com o poder, há evidências e provas do governo de FHC, mas ele continua livre e dando pitaco na politica do Brasil, fez a maior privatização corrupta, comprovada, mas o que fez o MPF, PF, STF e a mídia que controla este país, nada.

  4. O Brasil é a nação onde tudo é farsa :

    Aboliram a escravatura , mas não acabou a escravidão .
    Proclamaram sua independência , mas continua colonizado .
    Chamam de constituição , um engodo eivado de falcatruas e falácias. Arquitetada , redigida e aprovada , como intuito de iludir a sociedade e tutelar meliantes no poder .
    Intitulam uma corte de notória ignomínia , de suprema e os ignóbeis que formam esta ( corte ) , de Vossas Excelências .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *