INSS paga apenas um salário mínimo a 66% dos aposentados e pensionistas

Resultado de imagem para aposentados charges"

Charge do Cicero (cicero.art.br)

Pedro do Coutto

Os números agora divulgados derrubam qualquer tese de que a Previdência Social no Brasil é feita para privilegiados, que são a causa do déficit anual de 240 bilhões de reais. Como é possível afirmar-se isso quando exatamente 2/3 dos aposentados e pensionistas recebem apenas um salário mínimo por mês. Os aposentados e pensionistas são 32 milhões de homens e mulheres. Se 2/3 recebem o piso, essa corrente reúne praticamente 20 milhões de homens e mulheres.

Essa verdade foi exposta pela repórter Idiana Tomazelli, em O Estado de São Paulo de sábado.

REAJUSTE – A matéria focaliza um projeto do Ministério da Economia que tem como alvo reajustar o salário mínimo pela inflação anual. Mas com relação a 1/3 dos aposentados e pensionistas, cairia a vinculação do reajuste que se encontra com vencimentos que ultrapassam 998 reais.

A lei em vigor determina que as aposentadorias e pensões pagas pelo INSS sejam reajustadas no mesmo percentual aplicado ao piso. A lei acrescenta que o aumento do mínimo se baseie no crescimento do PIB mais a inflação encontrada pelo IBGE. Como o PIB não apresenta crescimento a atualização da folha segue a mudança estabelecida para o salário mínimo.

MALDADE DE GUEDES – O que o ministro Paulo Guedes deseja fazer é não aplicar a 1/3 dos segurados o mesmo percentual destinado àqueles que estão no piso.

Tal congelamento, está claro, elevaria através do tempo o número dos que recebem o piso. Sim, porque se um grupo tem um reajuste anual e outro não, a tendência concreta através do tempo é de fazer com que vá se reduzindo a diferença entre o maior e o menor valor dos benefícios do INSS, aumentando progressivamente o percentual dos que se encontram na menor faixa, que hoje já está ocupada por 21 milhões de aposentados e pensionistas.

O projeto faz parte de uma nova emenda constitucional que a equipe do ministério espera concluir rapidamente, mas será difícil o Congresso aprovar uma perversidade desse tipo.

ARGENTINA NAS URNAS – Neste domingo os argentinos estão indo às urnas para escolher o novo presidente da República. As pesquisas indicam vitória de Alberto Fernández, peronista. Sob este aspecto deve se acentuar que o movimento populista em torno do mito Juan Domingo Perón ainda não se esgotou. Na minha opinião trata-se do único movimento político que resistiu à passagem do tempo. Vale acentuar que Perón morreu em 1974, após vencer as eleições presidenciais com 63% dos votos.

Na trajetória política da Argentina, em 3 de outubro de 1955, quando nós brasileiros elegíamos Juscelino Kubitschek, Perón foi derrubado pelas forças armadas e conseguiu escapar a tempo ao atravessar o Rio da Prata num navio paraguaio. Ficou vivendo na Espanha até seu retorno a Argentina em 1973. Sua influência elegeu Frondizi em 58, Arturo Ilia em 63, Hector Campora em 72. Ele próprio, ao retornar venceu as eleições de 73.

O mito de Perón não se esgotou na estrada do tempo.

12 thoughts on “INSS paga apenas um salário mínimo a 66% dos aposentados e pensionistas

  1. Bom dia , leitores(as):

    Senhores Pedro do Coutto , Carlos Newton e Marcelo Copelli ,em suma , o que realmente e de fato existe , é pura e simplesmente ” ROUBO ” , pois o Presidente da República Jair Messias Bolsonaro , colocou exatamente um ” LADRÃO e SAQUEADOR ” á frente do Ministério da Economia ” PAULO GUEDES ” e seus comparsas para darem continuidade á roubalheira .

    • A má índole do senhor Guedes foi o que o levou à posição de ministro.
      Enganaram os bobões que viam na reforma da previdência oficial a salvação do país, com o apoio de jornalistas e repórteres estúpidos. Alguns nem tanto.
      E seguirão em perseguição aos indivíduos como punição por terem votado neles, também estupidamente. Alguns nem tanto.
      E a maior parte da imprensa àvida por novas reformas como urubus pela carniça.

    • PAÍS DA VERGONHA . ONDE O TRABALHADOR DEIXA O SUOR DE SEU ROSTO SOBRE ESSA TERRA . QUANDO APOSENTA AO [ 65 ANOS ] , COM [ UM SALÁRIO MINIMO ] . QUE NÃO DAR PARA VIVER UMA VIDA DIGNA / MORRE AO [ 75 OU 80 ANOS ] . ESSE BENEFICIO VOLTA PARA O INSS . O GOVERNO NUNCA PERDE . POIS CENTENAS DE APOSENTADO MORRE TODOS OS DIAS . CADE A PESQUISA FALANDO DE QUANTA PESSOAS SE APOSENTOU E QUANTAS PESSOAS MORRERAM NO ANO DE 2019 . VOCÊS VÃO VER QUE MORRE MILHARES DE APOSENTADOS DENTRO DE UM ANO . DEVIDO A FALTA DE UM BOM SALÁRIO PARA SUPRIR SUAS NECESSIDADES NO DIA A DIA .

  2. A filosofia da direita é isso mesmo, quem senta à direita, ao lado do rei continuará mantendo seu status quo.
    Essa Reforma da Previdência foi feita para empobrecer mais os trabalhadores que ganham uma miséria que mal dá para sobreviver e, com isso diminuir o consumo e baixar a inflação, isto é, com a miséria da maioria da população.
    Nas castas dominantes que recebem altos salários e mordomias, os que recebem duas ou mais pensões, os grandes devedores do INSS e a auditoria na dívida pública interna, não se mexe.
    Essa reforma da Previdência é um crime contra quem ganha pouco, considerando-se o salário de um trabalhador para atender às necessidades de uma família dignamente.

  3. EM 1986 QUANDO SAI DO MINISTERIO DA PREVIDENCIA PARA DISPUTAR O GOVERNO DA BAHIA WALDIR PIRES AFIRMOU NAO HA ROMBO NA PREVIDENCIA ESTOU DEIXANDO EM CAIXA 10 BI DA MOEDA DA EPOCA E ISSO.

  4. Brasileiro é acomodado, nossa raça é formada por, negros africanos, brancos português e índio nativo, ou seja, formou uma raça pacífica, diferente do Chile, Argentina e outros latinos americanos, no Chile por exemplo, o pau tá quebrando, aqui estão colocando trabalhador se aposentar perto de morrer, paga um salário mínimo de fome, colocam um ministro da economia, suspeito de falcatruas nos fundos de pensão, Queiroz miliciano, envolvido com a família do presidente e MPF, de mãos atadas pelo ministro Dias Tofolli, só neste país de um povo trabalhador e pacífico.

    • Povo multifacetado, mas nao esquecer que somos UM povo, de cima a baixo, de esquerda ou direita, rico, pobre, miseravel, bilionário, seja quem for,
      ESTAMOS TODOS FAZENDO A MESMA COISA, DANDO UM PASSEIO ACA DE NOSSAS COVAS….

      O problema é com quem vêm DEPOIS.

      POR ISSO A URGÊNCIA, NAO DEMORAR O QUANTO DEMORAMOS COM A DILMA, O TEMER e agora com o PARMITO.

      FORA BOZOLADO!
      CHEGA de Paulo Goebbels!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *