Integral, textual e entre aspas

De economistas “amestrados”, na ânsia de servirem a mais governos. No Brasil: “O mundo todo está assombrado com o Brasil e como administra seu desenvolvimento”. Nos EUA: “Ainda estamos em recessão e agora apavorados com a inflação”.

Nota oficial do PMDB, sem assinatura para os autores, ameaçando companheiros também sem citar nomes, mas os dois grupos, perfeitamente identificados ou identificáveis: “Ou saem do partido agora ou perderão os mandatos”.

Lula em duas oportunidades: “Ninguém pode julgar um homem com a biografia de Sarney”. Outra: “Não tenho nada com Sarney, não votei nele, isso é com o Senado”. Por favor, respondam, qual dessas afirmações está valendo? Ou será que saiu outra?

Geddel Vieira Lima, que foi o maior acusador de Lula e acabou ministro dele, agora atraiçoando e atirando nos colegas do próprio partido, o PMDB: “por  causa de tudo o que acontece não disputarei vaga no senado e sim no governo da Bahia”. É mais um que vai encerrar a carreira. A não ser que se “aconchegue” nos braços de algum inimigo.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *