Internautas culpam Bolsonaro por colapso na Saúde e aumenta a pressão por impeachment nas redes sociais

Charge do Aroeira (Portal O Dia/RJ)

Deu no Correio Braziliense

Com a repercussão do colapso no sistema de saúde em Manaus, que enfrenta um problema de escassez de oxigênio nas redes públicas e privadas de hospital provocadas pela pandemia do novo coronavírus, cresce a pressão nas redes sociais para que autoridades tomem providências contra o presidente Jair Bolsonaro, responsabilizado pelos internautas pelo problema devido ao seu discurso negacionista com relação ao vírus.

Nesta manhã de sexta-feira, dia 15, entre os dez assuntos mais comentados no Twitter, sete são referentes ao problema em Manaus, sendo o primeiro a hashtag”#ImpeachmentBolsonaroUrgente”. Também circula nas redes e em aplicativos de mensagens uma convocação de opositores do governo para um “panelaço” nesta noite às 20h30 em todo o país. O anúncio do protesto diz: “Sem oxigênio, sem vacina, sem governo.#brasilsufocado”.

“GENOCIDA” – O ex-governador do Ceará e candidato à Presidência da República em 2018, Ciro Gomes (PDT), classificou o presidente Jair Bolsonaro de “genocida” e comentou que “enquanto nossos irmãos e irmãs de Manaus morrem sem oxigênio, Bolsonaro insiste em indicar medicamentos sem eficácia comprovada”.

O líder do PT na Câmara, Enio Verri (PR), foi adepto da hashtag e afirmou que a ausência do presidente em Manaus “apenas confirma e reforça que ele não sabe mesmo o que fazer para o bem do Brasil”. A pressão nas redes também mira no presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que também figura na lista dos dez assuntos mais comentados no país dentro da plataforma, para que o parlamentar paute o processo de impeachment do presidente Bolsonaro.

A deputada do PSOL, Talíria Petrone (RJ), escreveu que Maia “finge” fazer oposição ao governo pelo Twitter, enquanto “está sentado em mais de 60 pedidos de impeachment”. Na quinta-feira, dia 14, o presidente da Câmara apontou que a falta de oxigênio em Manaus é fruto de “uma agenda negacionista” e disse ser fundamental que o Congresso retome as atividades na semana que vem.

VENEZUELA – A ajuda da Venezuela ao Estado brasileiro, anunciada pelo ministro das Relações Exteriores daquele país, Jorge Arreaza, nesta quinta-feira, também é comentada por usuários. Na rede, usuários destacam a ajuda recebida do país vizinho, que é duramente criticado pelo presidente Bolsonaro devido a seu modelo de governo e econômico.

Durante uma de suas “lives” semanais, em outubro do ano passado, Bolsonaro criticou Venezuela, Cuba e Argentina. Segundo o presidente, as economias dos três países vão mal por terem optado pelo socialismo. “Tudo por optarem por um regime que não dá certo em lugar nenhum do mundo, o socialismo. O Brasil correu sério risco há pouco tempo, no meu entender”, afirmou.

6 thoughts on “Internautas culpam Bolsonaro por colapso na Saúde e aumenta a pressão por impeachment nas redes sociais

  1. (QUEM MANDOU DEPENDER DO TECNOCENTRISMO)

    Hackers travam cinto de castidade e exigem pagamento de resgate
    Hackers se aproveitaram de uma falha de segurança em um cinto de castidade masculino conectado à Internet para tentar extorquir dinheiro dos usuários.

    Produzido por uma empresa chinesa chamada Qiui, o Cellmate tem uma falha em sua interface de comunicação, que permite a um hacker bloquear o aparelho e impedir que ele reaja aos sinais para desbloqueio enviados por um servidor.

    E foi exatamente o que aconteceu. Segundo um pesquisador de segurança do site Vx Underground, que coleta amostras de malware, um usuário do cinto de castidade recebeu uma mensagem de um hacker dizendo: “seu pênis agora é meu!”.

    https://www.google.com/amp/s/olhardigital.com.br/2021/01/12/noticias/hackers-travam-cinto-de-castidade-e-exigem-pagamento-de-resgate/amp/

  2. O governo federal mandou recursos na ordem de 8 bi para o Amazonas, mais 2,5 bi para o município do Amazonas. Se usaram estes recursos para o covidão e não para aparelhar a saúde, o Bolsonaro não tem nada a ver com isso.

  3. Nada de impeachment. Golpes nunca resolveram problemas.
    JB está perdido, sim está.
    Notem que nestas horas os urubus rondam a futura vítima. Ciro Gomes e Dória esperam ser lembrados em 2022.

  4. Presidencialismo é uma grande nojeira. Até defecar essas fezes leva anos de esforço fenomenal por parte da nação, congresso, etc, etc, etc

    Esse canalha que emporcalha tudo e todos é muito pior que Dilma e Collor juntos, teria que sair do governo diretamente para trás das grades. É um anormal, vê-se claramente que está à base de tarja preta. O certo seria ter renunciado, mas essas drogas desligam o bom senso do meliante.

    Os médicos que ministram esses comprimidos para ele deveriam ir junto para cadeia com ele.

  5. Se fosse somente a Saúde…
    É a Saúde, a Economia, Meio Ambiente, a Educação, o Desenvolvimento Nacional, o Emprego e a Renda, bagunçou a Administração Pública colocando militares nas funções civis e só aumentou privilégios de militares…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *