Irmãos do ministros se entregam e ele ainda não se demitiu

Geller, ainda ministro, imita Lula e diz que não sabe de nada

Deu na Folha

Os irmãos do ministro da Agricultura, Neri Geller, se entregaram à Polícia Federal, em Cuiabá na noite de quinta-feira. Eles são acusados de participação num esquema de venda ilegal de áreas de reforma agrária em Mato Grosso.

Segundo o delegado Hércules Ferreira, responsável pela investigação, os produtores rurais Odair e Milton Geller fizeram nesta quarta-feira exame de corpo de delito e já estão presos no centro de custódia de Cuiabá. Eles devem prestar depoimento na tarde desta sexta-feira (28). O depoimento  é aguardado pela defesa para que ela possa ter acesso ao inquérito e ajuizar pedido de soltura dos irmãos.

O advogado dos dois, Edy Piccini, alega que ambos são inocentes. Na Operação Terra Prometida, deflagrada na quinta, foram 227 mandados judiciais: 52 de prisão preventiva, 146 de busca e apreensão, além de 29 medidas proibitivas. Desses, 40 mandados de prisão foram executados.

Estima-se que mil lotes da União estejam em situação ilegal. O prejuízo aos cofres públicos pode alcançar R$ 1 bilhão.

A ação dos policiais foi feita em Mato Grosso (nas cidades de Cuiabá, Várzea Grande, Nova Mutum, Diamantino, Lucas do Rio Verde, Itanhangá, Ipiranga do Norte, Sorriso, Tapurah e Campo Verde), Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

O ministro da Agricultura afirmou em nota oficial “não acreditar” na participação de seus dois irmãos em irregularidades. Neri Geller, que ainda não se demitiu, disse que não foi arrolado na operação.

2 thoughts on “Irmãos do ministros se entregam e ele ainda não se demitiu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *