Itamaraty quer 60 dias para analisar o caso dos passaportes da família Lula

Helio Fernandes

A Procuradoria Federal quer “anular” todos os passaportes que o ainda presidente Lula concedeu para filhos e netos. O Itamaraty “pediu 60 dias para investigar o interesse público das concessões”.

60 dias é muito pouco. Os netos do ex-presidente precisarão de anos. Um neto tem 4 meses, por que cassar um benefício do qual nem tomou ciência? Parece que é “pura perseguição” a um presidente que saiu com 87 por cento de quê? Popularidade? Esse número 87 é garantido por quem? Por Clésio Andrade, agora senador?

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *