Janaína elogia leitores da Time por elegerem Jair Bolsonaro como “Personalidade do Ano”

A deputada Janaina Paschoal terá o voto da direita em 2022?

Janaina afirma que apoia, mas também contesta Bolsonaro

Ana Laura Queiroz
Estado de Minas

Janaina Paschoal (PSL), deputada estadual de São Paulo, elogiou a escolha por voto popular divulgada pela revista “Time”, que elegeu o presidente Jair Bolsonaro (PL) como personalidade do ano. “Ele merece o título de personalidade do ano. No mundo, foi o líder que melhor representou a resistência às verdades dadas”, escreveu em seu perfil no Twitter, nesta quarta-feira (8/12).

A deputada, declaradamente conservadora, definiu o estilo político do presidente como “peculiar” e afirmou que ele vem “incorporando a luta pela autonomia individual, no Brasil e no mundo”.

APOIA E DIVERGE – Uma das fortes aliadas de Bolsonaro durante as eleições de 2018, publicamente Janaina ainda defende algumas atitudes do presidente. “Para ser considerada uma ‘personalidade’, a figura pública precisa ser única. Nessa perspectiva, a escolha me pareceu justa”, disse.

“Todos sabem que concordo com ele em alguns pontos e divirjo em outros”, acrescentou.

Bolsonaro foi eleito personalidade do ano em votação popular pelos leitores da “Time”, revista norte-americana. O presidente recebeu 24% dos votos e ficou à frente, inclusive do ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Com 9 milhões de votos computados, a enquete foi feita virtualmente e levou em consideração a opinião do público sobre quem foi mais influente ao longo do ano. O resultado foi anunciado, nesta terça-feira (7/12), pelo ministro do Trabalho e Previdência, Onyx Lorenzoni, em um evento no Palácio do Planalto.

7 thoughts on “Janaína elogia leitores da Time por elegerem Jair Bolsonaro como “Personalidade do Ano”

  1. Os bolsonaristas estão eufóricos com a inclusão do presidente entre as “personalidades do ano” da TIME. Só que parece que não sabem que isso não é nenhum elogio, as pessoas são escolhidas por seu destaque tanto no mal quanto no bem; Nixon, Kruschev, Putin, o aiatolá Khomeini, Stalin (duas vezes) e… Adolf Hitler, todos foram eleitos como “A pessoa mais influente do ano” pela revista. Mas, cá entre nós, os bolsonaristas não são lá as pessoas mais inteligentes que andam por aí. E pouquíssimos são leitores da TIME.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *