Janaína tem até domingo para decidir se aceita ser vice de Bolsonaro

Resultado de imagem para bolsonaro e janaina no roda viva

Janaina foi com Bolsonaro ao programa Roda Viva

Deu no Correio Braziliense
(Agência Estado)

Após participar do programa Roda Viva, da TV Cultura, o candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, disse a jornalistas que a escolha do vice em sua chapa se afunilou entre os nomes da advogada Janaína Paschoal, do príncipe Luiz Philippe de Orleans e Bragança e do deputado federal Marcelo Álvaro Antônio (PSL-MG).

O presidenciável, no entanto, não escondeu sua preferência pela advogada, coautora do pedido de impeachment de Dilma Rousseff. “É o plano A. Conversei hoje pela segunda vez com Janaína e tem tudo para dar certo”, afirmou Bolsonaro, na noite desta segunda-feira (30/7).

PRÍNCIPE É RESERVA – Segundo o candidato, questões familiares de Janaína ainda impedem o fechamento de um acordo. Ele espera uma resposta até domingo (5/8). Caso a advogada não aceite o convite, Bolsonaro disse que o príncipe Luiz Philippe deverá integrar sua chapa. Álvaro Antônio seria a terceira opção, para o caso de uma nova recusa.

A busca por um vice tem movimentado a campanha bolsonarista desde a recusa do senador Magno Malta (PR-ES), que preferiu tentar a reeleição. Outros sete nomes chegaram a ser cogitados, entre eles o do astronauta Marcos Pontes, o do presidente licenciado do PSL, Luciano Bivar, e de dois generais da reserva.

Bolsonaro, no entanto, minimizou a questão. “Eu sou o único candidato com três vices. Além do oficial, tem o Magno, que pediu pra eu ir à convenção dele, e também o (general Augusto) Heleno. Eles estão engajados em minha campanha”, disse. Heleno é filiado ao PRP, mas o partido recusou a aliança e vetou sua participação na chapa.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Janaina Paschoal é o melhor nome para ser vice de Bolsonaro. O “príncipe” Luiz Philippe é um bobão, que está recebendo duras críticas de seu primo Dom Joãozinho, a figura de maior projeção da chamada “família real” e que trabalhou durante algum tempo como fotógrafo na revista “Manchete”, onde fez grandes amigos. A advogada Janaína pode ajudar muito Bolsonaro, que em matéria de preparo político deixa a desejar. (C.N.)  

28 thoughts on “Janaína tem até domingo para decidir se aceita ser vice de Bolsonaro

  1. Crime lesa-pátria!

    Bolsonaro é o único parlamentar que recebe auxílio moradia.

    Os demais deputados, senadores, membros do Judiciário, MP … vivem apenas com o que recebem, sem qualquer penduricalho!

    Crime hediondo!

  2. A Janaína parece ser muito geniosa. Vai acabar sendo a presidente de fato ou, quando muito, um Aureliano Chaves de saia…
    Mas tudo é apenas suposição, claro!

  3. A Janaína vai trazer muitos votos ao Bolsonaro e torna mais fácil a vitória no primeiro turno. Se vai ser bom ou vai ser ruim, é outra história. Mas que ela deixou a turma Psolista da Tribuna ouriçada, isto deixou. Como o Coroné não decola, parece aqueles foguetinhos da FogueteBrás que estouravam antes de sair do chão, a união com o PT vai ser inevitável. Seria o Dirceu o vice do Gomes?

  4. Paulo2,

    A esquerda está mais perdida do que cusco em mudança!

    Ciro e o PDT criaram a maior confusão possível com relação às súplicas para que o PT se aliasse ao partido do falecido Brizola, e apoiasse Ciro.

    Apesar da lealdade até o último momento do PDT ao PT, o agradecimento petista é na forma de traição, com esta sigla se afastando de Ciro e deixando-o sozinho, pois as demais variações da esquerda e as mais radicais terão candidatos próprios.

    A esquerda porque vaidosa, ansiosa pelo poder, babando no colarinho para voltar ao Planalto irá se esfacelar no Primeiro Turno, e sobrarão Bolsonaro, evidente, e Meirelles ou Alckmin, os caras do dinheiro, para disputar a presidência com o deputado.

    A presença de Janaína ajudará sobremaneira a candidatura de Bolsonaro, pois muito mais articulada, culta, inteligente, do que Marina e Manuela.

    E afasta o rótulo que a esquerda colocou em Bolsonaro, de misógino, e outras asneiras.

    Abraços.

  5. Paulo2,

    No primeiro turno a esquerda não vai se aliar sequer entre si, com exceção dos insignificantes partidos radicais.

    O PT não tem ninguém que substitua Lula, nem perto, e está sendo execrado publicamente.

    Ciro não tem recursos para ir muito adiante, lembro.

    Suas súplicas para unir a esquerda em torno do seu nome tem um objetivo, que é dinheiro, pois não tem como bancar uma campanha desta proporção sem grana, ainda mais isolado!

    Dois candidatos poderão surpreender, haja vista terem dinheiro sobrando, Meirelles e Alckmin.

    Se um deles conseguir ir para o Segundo Turno, até Bolsonaro está ameaçado, pois a dupla vai jorrar dinheiro.

    Agora, seria muito justo que Meirelles perdesse a sua fortuna neste jogo político ou Alckmin, diante dos males que os partidos que os albergam praticaram contra o povo e país!

    Outro abraço.

  6. Que crime hediondo, ser Príncipe! O invejoso apenas ouve esse nome: Príncipe, e já se enche de fúria… A propósito, o bobão da família parece ser o tal Joãozinho, mas como lambe as botas da esquerda, é considerado gente boa.

    • Ignoro seus comentários pois você discute como criança mimada. Mas, você que se arvora culto, sabe que nenhum europeu entrava na selva para guerrear com as tribos e aprisionar escravos. Eles forneciam armas e outras coisas em troca dos escravos que eram prisioneiros de guerra de uma tribo com a outra. Sua sabedoria para no primeiro paragrafo chamado ideologia idiotizante, que modifica a realidade e a história de acordo com seus interesses.

  7. Todo mundo sabe que as tribos africanas guerreavam entre si e a vencedora vendia a vencida como escravos para os poderes europeus, inclusive a grande maioria dos africanos contemporâneos reconhecem esta verdade. O Bolsonaro não disse nenhum absurdo, é isso mesmo!

  8. Claudia Wild

    ‪Um quer o “fim da ilusão moralista católica”.

    O outro quer chegar na “terra prometida” conduzido pelo Centrão.

    A outra quer um “novo socialismo com a cara do Brasil”.

    O invasor de propriedade privada quer “mais impostos e distribuição de renda”.

    A da floresta quer “meta de inflação consistente”.

    Já o ‘radical, reacionário e perigoso’ quer princípios morais, disciplina e leis firmes. Que horror! ‬

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *