Joaquim Barbosa determina penas alternativas à três condenados no mensalão


Agência Brasil

Brasília – O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, determinou hoje (19) a execução das penas de três condenados a penas alternativas na Ação Penal 470, o processo do mensalão. Emerson Palmieri, ex-tesoureiro informal do PTB; Enivaldo Quadrado, ex-sócio da corretora Bônus-Banval e José Borba, ex-deputado federal (PMDB-PR) deverão pagar de multa e prestar serviços comunitários por terem sido condenados a pena abaixo ou igual a quatro anos.

Palmieri cumprirá pena de quatro anos; Borba, dois anos e seis meses e Quadrado, três anos e seis meses. Barbosa determinou também a expedição das cartas de sentença ao juiz de Direito da Vara de Execuções Penais e Medidas Alternativas do Distrito Federal, Nelson Ferreira Júnior. O documento informa o regime de pena, o valor da multa e o tipo de serviço que será cumprido.

3 thoughts on “Joaquim Barbosa determina penas alternativas à três condenados no mensalão

  1. Olá. Apenas uma pequena correção ortográfica: em “À TRÊS CONDENADOS”, a crase não existe, pois condenados é masculino. Abraços à Tribuna e que continue por muitos anos.

  2. Amanhã com certeza irão informar que o Joaquim foi ao banheiro,almoçou,etc…façam-me o favor vão encher o saco do Jô Soares e suas idiotas,cheias de botox,querendo aparentar serem uma menininha.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *