Jorge Bja responde ofensa dirigida ao Papa por articulista da poca

Resultado de imagem para papa francisco

Papa no se referiu situao poltica vivida no Brasil

A propsito do artigo escrito por Guilherme Fiuza no site da revista poca, nesta segunda-feira, dia 12, sob o ttulo O golpe do papa, citado aqui na Tribuna da Internet pela comentarista Carmen Lins, em que o articulista afirma que o Papa Francisco, de maneira indireta, portanto dissimulada, portanto covarde, est fazendo coro com a militncia ideolgica que grita contra o golpe de Estado, o jurista Jorge Bja, que se corresponde atravs de e-mails com o lder da Igreja Catlica e se tornou conhecido como amigo brasileiro do Papa, deu a seguinte resposta:

Prezada leitora Carmen Lins. A presena da senhora neste blog de grande importncia, por seu talento, sua elegncia e sinceridade.

Esse tal sujeito, Fiuza, nunca falou com o Papa Francisco. No O viu. Nunca esteve perto dele. Nem sabe dizer a cor dos seus olhos. Esse tal sujeito chamou o Papa de dissimulado, covarde, que levanta bandeira de mentira, fajuta e imunda.

So ofensas e pesadssimas ofensas ao Papa. Tenho comigo a resposta mensagem que enviei ao Papa e que a TI publicou como artigo, quando certa atriz brasileira foi ao Vaticano fazer queixa que no Brasil estava ocorrendo um golpe. O Papa Francisco me respondeu, como faz sempre desde o dia em que foi eleito Papa.

No posso revelar uma linha do que me escreveu o Pontfice. Prometi-Lhe sigilo. Somente a troca da primeira mensagem, 7 dias aps sua eleio, que o Papa me autorizou divulgar que Ele e eu trocvamos mensagens. E eu passei a nota para o Ancelmo Gois que publicou na sua coluna no Globo e por causa disso o Fantstico veio aqui em casa entrevistar o amigo brasileiro do Papa. Naquela ocasio tudo que dizia respeito ao novo Papa era notcia, era novidade, era manchete.

Posso garantir que o Papa no tocou neste assunto da viagem ao Brasil em 2017. A mensagem longa. Numa passagem, Francisco deixa entender estar preocupado com sua sade e com as viagens ao exterior, que O deixam muito cansado.

Agora vem este sujeito, que nada sabe do Papa, vem ele com dedues injuriosas contra o Pontfice. Emprega vocabulrio chulo. muita ousadia chamar o Papa Francisco de covarde e dissimulador. Espero que o Papa no tenha lido o que este sujeito escreveu, porque seria motivo de mais sofrimento para um homem completamente simples e coberto de bnos.

36 thoughts on “Jorge Bja responde ofensa dirigida ao Papa por articulista da poca

  1. Obrigada, Dr. Bja. Ficou esclarecido. Muitas vezes me sinto como aquela personagem do Verissimo que acreditava em tudo – A Velhinha de Taubat. A imprensa no deveria usar estas armadilhas e enganar os leitores. Infelizmente, o papel aceita tudo e h os irresponsveis a escrever mentiras e calnias. Confesso que a matria me causou espanto, pois sempre fui admiradora do Papa Francisco. Obrigada e meus respeitos.

  2. Bom dia!

    Dr. Bja, releve, por favor, o suposto destempero do jornalista citado pela comentarista, em respeito memria do grande jurista Dr. Herclito Fontoura Sobral Pinto (1893 – 1991).

    “Por suas posies anticomunistas, chegou a apoiar o golpe de 1964, mas logo mudou de ideia, quando constatou a postura antidemocrtica do novo regime. No dia seguinte ao anncio do Ato Institucional N 5 (AI-5), Sobral, ento com 75 anos, foi preso.

    Na dcada de 1980, participou das Diretas J. Em 1983, causou sensao ao integrar o histrico Comcio da Candelria. Foi tambm atuante na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e conselheiro do seu clube de corao, o Amrica, do Rio de Janeiro. Faleceu no Rio de Janeiro, aos 98 anos, em 1991.”

    http://memoriasdaditadura.org.br/biografias-da-resistencia/sobral-pinto/

    Um abrao!

    • Carmen Lins e Billy.
      Lhes digo que estou amargamente triste com as imputaes que o jornalista dirigiu ao Papa Francisco. E assim agiu sem conhec-lo, sem nunca ter falado com ele, ou chegado perto dele. Logo com ele, Francisco. Toro para que o Papa no tenha lido. Nem seus assessores.
      Grato.

  3. Francisco convidou as pessoas a rezar para que Nossa Senhora Aparecida continue protegendo todo o Brasil, todo o povo brasileiro, neste momento triste (o impeachment de Dilma).

    Mal sabe ele que o Brasil voltou a sorrir, ainda que timidamente.

    • Realmente o Brasil passa por um momentro triste. Muito triste. Afastar um presidente da Repblica eleito por um partido poltico que enriqueceu a si prprio e a seus integrantes custa do dinheiro do povo, desviado, criminosamente, para seus cofres…eleito com promessas mentirosas…com uma contabilidade irreal e que s mais tarde veio ser descoberta…tudo isso mesmo triste demais.

      Nem mesmo a troca de poder faz desaparecer a tristeza a transforma em felicidade. Nem a ameniza. A tristesa permanece. Num pas em que a corrupo prtica usal…que agentes polticos, pblicos e empresrios esto condenados pela Justia e muitos cumprindo pena nos presdios, no mesmo um pas que vive momento de felicidade. Sbio e abenoado, o Papa Francisco sabe o que diz e o que passa.

      • Eu tambm entendi que o papa Francisco se referiu a sada da Dilma. Achei que ele estava muito mal informado. Mas foi esta a imagem que a mdia passou. Obrigado pelo esclarecimento.

  4. Amigos … faamos uma meditao; antes que as ofensas venam … … … como sempre, colocando os devidos links:

    1 – o Brasil um pas de maioria catlica; portanto, no h como ignorar os pronunciamentos do Sumo Pontfice – seja quem for!!!
    2 – a Igreja Catlica, aps 1950 anos, passou por um “aggiornamento” aprovado pelo Conclio Vaticano II.
    3 – no entrando em Doutrina, Teologia ou Direito Cannico … seguem algumas observaes do noticirio.

  5. 4 – http://www1.folha.uol.com.br/fsp/mundo/ft0704200506.htm … de 7/4/2005; onde os cardeais Dom Eusbio e Dom Hummes falam sobre o catolicismo de Lula, ento Presidente.

    5 – http://www.correiodopovo.com.br/jornal/A110/N186/PDF/Fim05.pdf … de 4/4/2015 … e anuncia dom Hummes como favorito na sucesso de So Joo Paulo II.

    6 – as declaraes de dom Eusbio foram decisivas na eleio de Ratzinger, como mantenedor da Doutrina – coisa que Bento XVI fez nas 4s, historiando toda a teologia catlica.

    7 – http://www.gazetadopovo.com.br/vida-e-cidadania/cardeal-compara-lula-a-jesus-ahrtz5he4czwxvnkklnkvmery : “Braslia Em missa que marcou a reabertura da capela do Palcio da Alvorada ontem, dom Cludio Hummes, ministro do papa na Congregao para o Clero, comparou o presidente Luiz Incio Lula da Silva a Jesus Cristo e a so Francisco de Assis. O cardeal, amigo de Lula desde os tempos de sindicato dos metalrgicos do ABC, comandou uma missa restrita a poucos convidados.
    Durante a missa, na Capela Nossa Senhora do Alvorada, que foi restaurada pelo Instituto do Patrimnio Histrico e Artstico Nacional (Iphan), dom Cludio enalteceu a preocupao social do governo petista e o fato de Lula ter recebido nesta semana um grupo de hansenianos no Palcio do Planalto. Lula fez como so Francisco de Assis, que ficou clebre na histria ao beijar os hansenianos. Ele (Lula) fez o que Jesus Cristo tambm faria, amar um irmo mais desamparado, disse dom Cludio.”

      • Caro Joo Evangelista … j fiz vrios comentrios sobre a situao da Igreja … … … no caso do Brasil, no podemos nos esquecer que havia um acordo Roma-Lisboa em que meia Terra a ser descoberta foi dada a Portugal; e o Rei (depois Imperador) tinha o Direito de interferir nas nomeaes – o chamado Padroado!!!
        S com a Proclamao da Repblica que o Estado parou de interferir nos assuntos da Igreja; claro que esta perdeu muito poder com a separao Estado-Igreja.
        A Igreja no autorizou partidos polticos catlicos – e foi perdendo cada vez mais o contato com o Poder … e foi chegando cada vez mais perto dos sem poder.

  6. Rogo a todos os leitores que leiam a matria publicada logo depois deste artigo. Diz respeito a um dilogo entre o ex-presidente da Repblica Lula da Silva e o ministro da Suprema Corte da Justia brasileira, Dias Tttoli, no plenrio da prpria Corte e no dia em que a Corte dava posse a seu novo presidente. Leiam e me digam se nesta quadra da sua historia o Brasil no passa mesmo por um momento triste.

  7. correes:
    a – no item 5, a data certa 4/4/2005;
    b – o item 7 de 28/05/2007.

    8 – http://www.acidigital.com/noticias/cardeal-hummes-o-papa-bergoglio-ja-era-um-francisco-antes-de-chegar-a-roma-36941/ … de 06 Ago. 13:
    “Em 16 de maro, na audincia que concedeu a mais de 6 mil jornalistas de todo o mundo, o Papa Francisco explicou a razo pela qual escolheu esse nome: “durante as eleies, eu tinha ao meu lado o Arcebispo Emrito de So Paulo e tambm Prefeito Emrito da Congregao para o Clero, o cardeal Claudio Hummes: um grande amigo! E quando a coisa ficava um pouco perigosa, ele me confortava”.
    Naquela oportunidade, o Papa assinalou que “quando os votos subiram a dois teros, veio o aplauso costumeiro porque havia sido eleito o papa. E ele me abraou, me beijou, e me disse: No se esquea dos pobres”.
    “Essa palavra entrou aqui: os pobres, os pobres. Logo pensei em Francisco de Assis. Depois eu pensei nas guerras, enquanto o escrutnio prosseguia at a contagem de todos os votos. E Francisco o homem de paz. E assim veio o nome no meu corao: Francisco de Assis”.”

  8. 9 – o noticirio deixa bem claro que Francisco Pedro amigo de Dom Hummes; que amigo do Lula … e da, n???

    10 – na sucesso de So Joo Paulo II, o Esprito Santo inspirou a eleio de um doutrinador … no comum Papa, ex-Prefeito da Congregao da Doutrina da F, antigo Santo Ofcio da Inquisio!!!

    11 – mais incomum ainda … e a declarao do Emrito … https://fratresinunum.com/2016/09/14/bento-xvi-ultimo-papa-tudo-e-possivel-diz-ele-o-que-nao-contaram-sobre-o-livro-de-ratzinger/: “Pergunta Peter Seewald a Bento XVI: O senhor conhece a profecia de Malaquias, que na Idade Mdia, compilou uma lista de futuros pontfices, prevendo tambm o fim do mundo ou pelo menos o fim da Igreja. De acordo com esta lista, o papado terminaria com o seu pontificado. E se o senhor fosse, efetivamente, o ltimo a representar a figura do Papa como conhecemos at agora?
    A resposta de Ratzinger surpreendente: Tudo possvel.”

  9. Lula virou o pas do avesso, e no sei se conseguiremos ter a resilincia necessria para voltarmos normalidade, mesmo a longo prazo.

    O PT nos deixou com chagas profundas na complexa e de altos contrastes composio social do povo brasileiro, que no acredito voltarmos a apoiar no futuro um governo eleito pelas desconfianas que sempre nos acompanharo depois da era lulopetista!

    Jamais seremos os mesmos, e tais mudanas no foram para melhorar, pois ocasionaram a ciso na unidade nacional, condio imprescindvel para um pas se desenvolver e possibilitar que o povo cresa junto, acompanhe o progresso e dele se beneficie.

    Lula e seu grupo de criminosos, denominado Partido dos Trabalhadores, quebraram os elos que nos unia como uma corrente popular poderosa, e nos fragilizaram, dividindo-nos em pedaos, sem a coeso necessria para a finalidade do desenvolvimento, sem a resistncia adequada para nos tirar do lamaal que nos encontramos, sem poder nos rebocar do atoleiro porque se tornou pequena, e no amarra os para-choques, no os aproxima, ento continuaremos no barro por muito tempo, parados, inanimados, padecendo.

    Por mais que Lula vocifere a sua inocncia, a pergunta que no se encontra resposta qual seria a vantagem que a Polcia Federal e o Ministrio Publico Federal, que fizeram as denncias contra o ex-presidente, iriam ganhar se as provas e as investigaes no fossem arrebatadoras e consistentes?!

    Que raio de perseguio esta, e por qu?!

    A pergunta responde a si mesma: Lula mente, tenta enganar, tenta se fazer de vtima, tenta mais uma vez mudar a realidade!

    Agora, tais graves denncias apresentadas na mdia nacional, precisam ser levadas a efeito, ou seja, Moro deve aceit-las e processar Lula, aplicando a pena condizente com os crimes cometidos, sob pena de a Justia brasileira demonstrar para o Brasil e mundo que somente pantomima, no justia, mas um teatro de baixa qualidade e representado por atores canastres!

    DESTA FORMA QUE A ACUSO, AT ESTE MOMENTO, DE TENDENCIOSA, pois NENHUM PARTIDO QUE TEVE SEUS MEMBROS ENVOLVIDOS NOS ROUBOS DA PETROBRS, QUE REDUNDARAM EM DOAES, DEVOLVEU UM CENTAVO QUE FOSSE AOS COFRES PBLICOS!!!

    Portanto, a Justia brasileira est comprometida com o crime quando praticado por parlamentares, e se mostra indigna, at o presente momento pela sua omisso, politizao, e pender a balana para onde seus interesses e convenincias mais pesarem!

    Enquanto os partidos que receberam doaes advindas dos roubos da Petrobrs, fundos de penso, emprstimos consignados, BNDES, no devolverem o dinheiro do povo, do patrimnio da populao, do pas, no temos Justia, mas uma turma que se fantasia de magistrado, com uma capa preta a esconder suas reais e sub-reptcias intenes!

    E a observao importantssima do Dr.Bja quanto intimidade e linguajar de Lula com dois ministros do STF, da nossa mais Alta Corte, simplesmente comprova esta minha preocupao, pois absolutamente inadmissvel a relao amistosa existente entre um criminoso, Lula, com dois magistrados do Supremo Tribunal Federal, dando a entender que entre os primeiros escales dos Poderes constitudos, a lei, a seriedade, a honestidade, probidade, imparcialidade, iseno, NO SO CONSIDERADAS!

    Portanto, ou nos locupletamos todos ou que se abram os portes dos presdios brasileiros!

  10. Pois Bendl, e este no um pas que atravessa um triste momento da sua histria? Momento de infelicidade e tristeza? E ainda tem gente, de alta linhagem e descendncia, que lana contra o Papa Francisco acusaes injuriosas que nem mesmo seu mais notvel ascendente aceitaria e reprovaria com dedo na cara de que as escreveu.

    • Carssimo Dr.Bja,

      De fato, o momento lamentvel para o pas e povo brasileiro!

      E afirmo – certamente vai trazer discusses – que, se antes havia princpios e valores, o PT os destruiu, impondo a sua poltica abjeta e deplorvel no meio poltico e na administrao central, culminando que seus propsitos ultrapassaram as fronteiras do permitido, e se transformaram em meios de atingir a manuteno do poder e o enriquecimento do partido e dirigentes!

      Disse eu em comentrios anteriores, que Lula um indivduo amoral, sem limites ticos, e que trata de dar o seu recado com a maneira que entende ser mais prtica, e que lhe traga resultados.

      Foi assim quando dirigente sindical com o seu sindicalismo de resultado, pouco importando o modo como obtido os acordos trabalhistas.

      E repetiu esse comportamento na presidncia e, agora, acusado de crimes os mais variados.

      Portanto, v-lo discursar palavras desconexas, julgando-se perseguido poltico, nada contra, porm estar acompanhado de senadores e deputados federais lhe dando apoio neste momento que se desnuda Lula, e se percebe uma pessoa comum, sem poderes mgicos, sem asas, que sucumbiu s tentaes do poder e, mesmo assim, acompanhado de uma claque de gente que ganha milhes de reais ao ano, os parlamentares, no s a tristeza enorme como a revolta e indignao so maiores ainda, Dr.Bja!

      Outro abrao.
      Mais sade e mais Paz!

  11. No entendo tanto cuidado com as crticas ao papa, Carlos Newton.

    Ser que no se pode nem classific-lo em com o adjetivo que indica “uma pessoa que simula agir de acordo com os interesses populares”, ou com o outro que indica a “pessoa que se arroga em defensora dos interesses das classes de menor poder econmico, a fim de conquistar a simpatia e a aprovao popular”, como eu fiz e voc censurou?

    Os papas eram infalveis e Joo Paulo II acabou com isso. Ser que Francisco agora inventou a inatacabilidade papal?

    • Caro Ricardo Froes … Sds.
      So Joo Paulo II no acabou com a Infabilidade Papal, que Dogma … Que se aplica em situaes restritas.
      No comportamento elogivel para um catlico, atacar autoridade; quanto mais um Papa.
      Quando no havia partido poltico, os profetas denunciavam os desvios da LEI praticados por reis, sacerdotes e povo.

      • Liono:

        Talvez eu tenha carregado nas tintas dizendo que Joo Paulo II tenha acabado com a infalibilidade papal, dogma adotado por Pio XIX, bem recentemente at, em 1870. Acontece que em Fides et Ratio, encclica de Joo Paulo II, o assunto foi abordado e criticado por ele, dando muito o que falar nos meios eclesisticos poca. Talvez por ter isso em mente eu tenha exagerado e decretado seu fim precoce. Alis um dogma que , paradoxalmente, discutvel j no vai l das pernas.

        Quanto s crticas, entendo que Fiuza foi agressivo, no entanto, no vejo motivo para tanta indignao, que chegou ao exagero aqui, censurando o comentrio onde eu atribu a Francisco um carter demaggico e populista. Esto querendo canonizar Francisco em vida?

        E outra coisa, Liono, se voc diz que no comportamento elogivel para um catlico, atacar autoridade, eu digo que no comportamento elogivel para um papa tomar partido nos assuntos polticos de um pas, principalmente falando em nome de uma religio, j que ele pediu a proteo de Nossa Senhora para um momento triste no Brasil.

        Ou bem Francisco um lder religioso ou um lder poltico, os dois no d. Fica mais para Coro do que para Bblia.

        • Caro Ricardo Froes … entendo tuas ponderaes … este assunto vai ficar cada vez mais atual!!! infelizmente, a Igreja entrou em perigosa situao ao se declarar preferencial aos pobres … Jesus dava preferncia a qualquer pecador, independente de ser pobre ou rico … … … e o prprio Jesus afirmou que o PECADO DO MUNDO no crer que ele seja o UNGIDO de Pap, n???

    • Este Papa muito especial, sua importncia para a Histria da Humanidade ser lembrada para sempre. Se o Papa errar, e j admitiu que no infalvel, aceitaremos crticas a ele. Mas dessa forma, no. S publicamos a matria da poca que fosse contraditada, porque conhece pessoalmente e Papa e com ele se relaciona por e-mail. Est abalizado para falar.

      Atribuir ao Papa posicionamentos que ele no tomou, em defesa do tal golpe, para mim demais. Que Deus os perdoe.

      CN

      • Eis 3 situaes bblicas … todas com So Paulo Apstolo e seu relacionamento com Cefas (So Pedro, primeiro Papa), com Sumo Sacerdote (judeu) e com Pontifex Maximus (Imperador romano):
        1 – “9. Tiago, Cefas e Joo, que so considerados as colunas, reconhecendo a graa que me foi dada, deram as mos a mim e a Barnab em sinal de pleno acordo: 10. iramos aos pagos, e eles aos circuncidados. Recomendaram-nos apenas que nos lembrssemos dos pobres, o que era precisamente a minha inteno. 11. Quando, porm, Cefas veio a Antioquia, resisti-lhe francamente, porque era censurvel. 12. Pois, antes de chegarem alguns homens da parte de Tiago, ele comia com os pagos convertidos. Mas, quando aqueles vieram, retraiu-se e separou-se destes, temendo os circuncidados. 13. Os demais judeus convertidos seguiram-lhe a atitude equvoca, de maneira que mesmo Barnab foi levado por eles a essa dissimulao. 14. Quando vi que o seu procedimento no era segundo a verdade do Evangelho, disse a Cefas, em presena de todos: Se tu, que s judeu, vives como os gentios, e no como os judeus, com que direito obrigas os pagos convertidos a viver como os judeus? (Gl 2)

        So Paulo e a atitude (no doutrina) equvoca de So Pedro!!!

      • 2 – “1. Paulo, fitando os olhos nos membros do conselho, disse: Irmos, eu tenho procedido diante de Deus com toda a boa conscincia ate o dia de hoje… 2. Mas Ananias, sumo sacerdote, mandou aos que estavam ao seu lado que lhe batessem na boca. 3. Ento Paulo lhe disse: Deus te ferir tambm a ti, hipcrita! Tu ests a assentado para julgar-me segundo a lei, e contra a lei mandas que eu seja ferido? 4. Os assistentes disseram: Tu injurias o sumo sacerdote de Deus. 5. Respondeu Paulo: No sabia, irmos, que o sumo sacerdote. Pois est escrito: No falars mal do prncipe do teu povo (Ex 22,28). (At 23)

  12. Que mal fez este Jesuta que entregou sua vida propagao do Evangelho e nela perseverou? Que mal fez Jorge Mrio Bergglio s pessoas? Que mal fez sua visita ao Rio de Janeiro? Francisco merece ser “classificado” como se fosse um meliante ou um objeto ou pertence a categorias para etiquetamento? Ou merece ser “tratado”? E tratado com reverncia?

    Que simulao cometeu Francisco? Por que qualificar Francisco como “arrogante”?, sim, porque “pessoa que se arroga….”, arrogante . Desde quando Francisco se proclamou “infalvel”?

    “Quem sou eu para impedir que um gay receba o sacramento da comunho ou que duas pessoas do mesmo sexo tenham afeto uma pela outra?.

    Um Papa que diz isso — como disse Francisco e o mundo ouviu — externa ser ele infalvel?
    Quem somos ns para julgar Francisco, a no ser devotar-lhe todo o nosso amor, todo o nosso carinho, respeito e admirao.

    Nas mensagens que me envia ele comea sempre assim:

    “Ol, Jorge”.

    E na despedida, apenas escreve:

    “Franciscus”.

    Certa vez lhe pedi uma bno e Francisco recomendou que eu lesse uma passagem da Biblia que ele indicou e acrescentou: “eis a a bno que Jesus derrama sobre voc, Jorge”.

  13. Meu caro Ronaldo Braga. Todos vocs venceram o debate. Anos atrs, nosso editor Carlos Newton estava participando de um debate ao vivo na TVEducativa e foi veemente.

    Neste momento, o nobre jornalista Raul Giudicelli que tambm participava daquela mesa redonda, virou para seu amigo e disse: “Carlos Newton, no queira nunca vencer qualquer debate”.

    Carlos Newton contou essa passagem aqui na TI. E eu aprendi com ele. E nunca mais esqueci desse conselho de Giudicelli a CN. Da, digo que todos vocs venceram esse debate a respeito do Papa Francisco.

    Mas continuarei na companhia de Francisco. Me sinto mais seguro, forte e com outra viso sobre a vida, sobre o prximo. Basta esse fato de um Papa se comunicar comigo por e-mail. Tudo que aprendi com os monges beneditinos e os sacerdotes salesianos entrou em mim e nunca mais saiu. E eles me ensinaram a respeitar a pessoa do Papa, seja quem for. Ele o chefe da Igreja:

    “Tu s Pedro e sobre essa pedra edificarei a minha igreja. As portas do inferno no prevalecero contra Ela. Eu te darei as chaves do reino dos cus. Tudo que ligares na terra ser ligado nos cus e tudo que desligares da terra, ser desligado nos cus” ( Mateus, 16,18 ).

    E que Deus a todos ns proteja e ilumine. Os percalos e as vicissitudes da vida a todos alcanam, inexoravelmente. Feliz aquele que estendeu a mo ao prximo para ameniz-las.

    Queiram-me bem, porque a todos vocs devoto todas as minhas foras, meus pensamentos e lhes dou tudo do pouco que possuo.

    Jorge Bja

  14. Caro CN, antes de mais nada, sou f do Papa Francisco, da sua flexibilidade ao falar de vrios tabus, inclusive se posicionando.
    Achei desnecessria a agressividade do jornalista e repudiei o texto. Sou uma pessoa que defende suas idias, sabendo respeitar aos demais. Respeitar no entanto no significa endeusar. Nenhum homem aqui na terra pode ser endeusado, nem o Papa. A Igreja catlica j passou por todas as etapas pelas quais hoje passam as evanglicas, por exemplo.
    E neste momento, em que fatos esto sendo desconsiderados por fanatismo ideolgico, no podemos negar o apoio da CNBB a Dilma, PT e MST. Tambm no podemos apagar palavras ditas pelo Papa Francisco, se referindo situao do Brasil como golpe de estado. Basta procurar na internet e encontraro vrios artigos a respeito. Abraos.

    “Once again, it did not go unnoticed that the Pope, in a conversation with the head of the CELAM (the Latin American Episcopal Council) in the Vatican during the month of May, expressed particular concern for the social problems of Latin America, the growing poverty, and tensions in various countries such as Venezuela, Bolivia, Brazil and Argentina. In this context, Francis had spoken of a possible white coup that could occur in some countries.”
    http://www.lastampa.it/2016/08/20/vaticaninsider/eng/world-news/the-pope-wrote-to-rousseff-against-the-backdrop-of-the-crisis-in-brazil-1SVHQZEpyc569RUdlYsGkP/pagina.html

    He is worried about the social, economic and political conflicts in Venezuela, Brazil, Bolivia and Argentina. There could be some soft coup dtat in some countries.
    http://www.buenosairesherald.com/article/214769/francis-concerned-about-conflicts-in-latam

    • Desculpe, Teresa Fabrcio, mas voc foi induzida a erro. O Papa jamais se referiu a um golpe de estado ou golpe branco. Esta verso foi de um site catlico europeu, sem ligao com o Vaticano e que visa ao lucro (nunca vi um site com tantos anncios…). O redator da matria introduziu uma frase no texto, que acabou sendo atribuda ao Papa e foi repetida em jornais de diversos pases. Foi uma armao, Teresa, e na poca desmentimos tudo aqui na TI. Se o Papa realmente tivesse se referido alguma vez a um golpe de estado no Brasil, teria sido um escndalo internacional de verdade. No se pode acreditar em tudo que sai na internet. Muitas vezes preciso haver traduo simultnea.

      Abs.

      CN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.