Jornalistas da TV Globo são reféns do governo da Indonésia

http://s03.video.glbimg.com/x240/3417534.jpg

Sem passaporte, Gomes não pode voltar ao Brasil

Jorge Béja

A apreensão dos passaportes do jornalista Márcio Gomes e do repórter-cinegrafista da TV Globo que o acompanhava colocou ambos na condição de reféns do governo indonesiano. É certo que a entrada deles naquele país não foi clandestina. Claro que não. E sem passaportes, os dois não podem deixar a Indonésia e voltar ao Brasil. É outra violação, por parte da Indonésia, da Declaração Universal dos Direitos do Homem, cujo artigo XIII, 2, dispõe: “Todo homem tem direito de deixar qualquer país, inclusive o próprio, e a este regressar”.

A Declaração Universal dos Direitos do Homem não faz distinção de “visto”. Nem a “visto” faz menção. Marcio Gomes e o cinegrafistas são jornalistas. Se entraram na Indonésia com visto de turista – se for verdade mesmo – nada impedia de exercer suas atividades profissionais de passagem por aquele país, porque não prestavam serviço a empregador indonésio, não recebiam pagamento indonésio e desempenhavam suas funções para empregador brasileiro.

EMBAIXADOR

Desta vez não se pode deixar de aprovar a determinação da presidente Dilma Rousseff, logo após a confirmação do fuzilamento de Marco Archer, para que o embaixador brasileiro na Indonésia volte imediatamente ao Brasil. Falta, agora, determinar que o embaixador de lá deixe Brasília em três dias.

Reitera-se que não se está acobertando o crime que Marco Archer cometeu. A revolta é contra a pena de morte, desproporcional, degradante, cuja execução foi antecedida de ritual sádico e, acima de tudo, o desrespeito ao Direito Internacional como já exposto no artigo de ontem.

20 thoughts on “Jornalistas da TV Globo são reféns do governo da Indonésia

  1. Se a decisão de chamar o Embaixador na Indonésia foi provocada pela revolta contra a existência da pena de morte está na hora de chamar o nosso representante na China, lá existe a mesma pena para o tráfico de drogas e para a corrupção.

  2. Dona Dilma eo sargento Garcia poderiam aproveitar a listinha dos países que executam traficantes de drogas e chamar todos os Embaixadores:

    Países que condenam à morte por tráfico de drogas incluem China, Cingapura, Indonésia, Irã, Malásia, Paquistão, Qatar, Arábia Saudita, Tailândia, Emirados Árabes e Iêmen.

  3. A pena de morte existe em vários países, apenas os métodos de execução variam: Decapitação (Arábia Saudita), eletrocução (Estados Unidos), enforcamento (Afeganistão, Bangladesh, Índia, Irã, Iraque, Japão, Kuwait, Malásia, Nigéria, Autoridade Palestina – Hamas, Sudão do Sul, injeção letal (China, Vietnã e Estados Unidos), fuzilamento (China, Indonésia, Coreia do Norte, Arábia Saudita, Somália, Taiwan e Iêmen).

  4. Falando seriamente: estes petistas devem odiar-nos.
    Como se vingam? Tirando nossa TI do ar. Mas o Newton é teimoso e faz ela retornar.
    Nossa Tribuna é “poderosa” e atira sempre certo.
    Deve ser uma leitura permanente delles!

  5. Quanto a presença de profissionais da Globo, alguém pode esclarecer uma pequena dúvida?
    Os dois são profissionais da imprensa. Se foram registrar os fatos, por que teriam dito que estavam à turismo?
    Quando se ingressa em outro país, sempre solicitam o motivo da viagem.
    Parece algo tão simples para uma discussão tão longa.
    Se foram passear, tem todo o direito. Mas se foram trabalhar, por que mentiram?

  6. Jornal de Brasilia, 14 de janeiro de 2015:

    A Polícia Civil prendeu ontem o comparsa do menor suspeito de atirar em um jovem de 18 anos no Setor de Clubes Sul. A vítima continua internada.
    Em depoimento à polícia, Víctor confessou que participou da tentativa de assalto, mas negou que tenha atirado. “Ele explicou que O MENOR DE 16 ANOS, QUE O ACOMPANHAVA, TOMOU A ARMA E ATIROU DE PROPÓSITO NA VÍTIMA”, explicou a delegada Renata Malafaia.

    -VAMOS, DILMA!
    -Mande o seu embaixador visitar no hospital essa VÍTIMA DE EXECUÇÃO também, antes que ela morra!!!
    Mas já aviso de antemão: Ela não tem pedigree, é trabalhadora e, ao contrário do querido traficante, mora na periferia!

    Abraços.

    (PS: Execuções de brasileiros como essa, sem qualquer julgamento, aconteceu ontem, está acontecendo neste momento e acontecerá amanhã…)

  7. EM TEMPO:

    “Gratíssimo Francisco Vieira. Seus comentários a respeito do artigo cujo tema foi a abolição da pena de morte marcaram importantes contrapontos que suscitaram análises acaloradas dos leitores.
    Jorge Béja”

    -Caro Jorge Béja. Conforme já disse ao jornalista Carlos Newton, me sinto honrado em poder participar deste espaço, onde as MAIS VARIADAS PESSOAS, das MAIS DIVERGENTES OPINIÕES, das MAIS DIFERENTES RELIGIÕES, das MAIS DISTINTAS REGIÕES DO BRASIL e com as MAIS DIVERSAS FORMAÇÕES MORAL E INTELECTUAL, leigos e doutos, se encontram, DIARIAMENTE, para trocarem conhecimentos e ideias – civilizadamente e SEM CENSURA!

    Abraços.

  8. Eminente Dr. Béja, à parte a admiração que lhe devotam, não só eu, mas todos os que conhecem o senhor ou leem e estudam sua obra, considero imperdoável “aprovar a determinação”, seja ela qual for, emanada desse esculacho que nos infesta e assola. Com todo respeito.

  9. Parabéns ao Dr. Béja e comentaristas, pois, nos faz “matutar” sobre nossas responsabilidades perante a vida material passageira, em que deixamos o “CAIM” que trazemos, falar mais alto, assassinando nosso “ABEL”, e não queremos tomar consciência que a VIDA CONTINUA, vivendo em desprezo pela essência que somos: “ETERNOS”, usufruindo as benesses que a matéria proporciona, como se as levasse além túmulo.
    A humanidade, crê em um DEUS ÚNICO com diversos nomes, e lhe dá seus atributos humanos de egoismo e hipocrisia, em DESFAVOR DA ESPIRITUALIZAÇÃO PARA A LUZ, colocando sob sua responsabilidade, nossas mazelas.
    O “Maior” de “DEUS AMOR” junto a NÓS, nos deixou um “Código de VIDA”, e chamou-se JESUS, é continuamos a cultuar um “deus” de índole má!!!, o que grassa na Humanidade, não nos deixa mentir.
    Que o DEUS apresentado por JESUS, seja por nós cultuado na recomendação do Mestre: “AMAR A DEUS SOBRE TODAS AS COISAS E AO PRÓXIMO COMO A SI MESMO”, é o ÚNICO CAMINHO DE LUZ E PAZ.

  10. Eles estavam com visto de turista e foram a um local proibido pela legislação local. Afinal devemos respeitar as leis de cada país?
    Porque não cortar relações com Cuba, afinal lá há graves violações dos direitos humanos.

  11. E no Brasil ?
    Quantos políticos DROGA PURA , no sentido exato , ou seja autênticos.
    E mais não vou falar, e nem me foi perguntado.
    Lógico, pois temos os que aqui no blog quem pode explanar o assunto
    de forma clara e competente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *