José Rainha, ex-líder do MST, visita João Paulo Cunha e faz comentários racistas sobre Joaquim Barbosa

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

José Rainha Jr. falou com a imprensa após visita à casa de João Paulo CunhaFoto: Jorge William / O Globo

Carlos Newton

Os jornais divulgam que na tarde desta quarta-feira, em Brasília, o ainda deputado João Paulo Cunha (PT-SP), recebeu em seu apartamento funcional o ex-líder do Movimento Sem Terra (MST) José Rainha Júnior.

Após o encontro, Rainha saiu do apartamento por volta das 15h30m e falou com a imprensa e afirmou que conhece o deputado desde o início dos anos 1980, quando Cunha o visitou quando foi preso. Disse que Cunha, “companheiro e inocente”, sofre na pele a mesma perseguição que ele sofreu, como “discriminação contra as lideranças sociais do PT, que ousou construir um país diferente”.

Rainha, que disse já ter sido preso 13 vezes, criticou o presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, com argumentos racistas, assinalando que o ministro age como “senhor de engenho”. Tachando Joaquim Barbosa de “injusto e arbitrário”, disse Rainha: “O dia em que o negro visitou a casa grande e se encantou pelos anéis, ele é tão reacionário com o dono de engenho. O dia em que o negro nega a sua raça, o seu sangue, a sua história, ele é tão branco como um dono de engenho”.

Questionado diretamente se Barbosa está agindo como “senhor de engenho”, Rainha respondeu: “Não tenho dúvida nenhuma. Mudou alguma coisa desde (o tempo da divisão) casa grande e senzala?” – disse, para novamente atacar Joaquim Barbosa: “Aqueles que ocupam um cargo que representariam sua classe e origem, se negam a ela para defender exatamente os donos de engenho de olhos azuis”.

Traduzindo tudo isso: como defensores como José Rainha Júnior, o ainda deputado João Paulo Cunha nem precisa de inimigos.

24 thoughts on “José Rainha, ex-líder do MST, visita João Paulo Cunha e faz comentários racistas sobre Joaquim Barbosa

  1. Marxismo-leninismo é isso aí. Só defendem os pretos, gays, mulheres se forem bandidos da quadrilha.
    Não sendo, pode ser até Jesus Cristo, que é inimigo.

    Para isso estão aí a Cut, Une, nngs gays, ongs feministas, ongs ambientalistas, MST, tudo se refestelando com o dinheiro público.

  2. São figuras bem assemelhadas.
    Rainha foi acusado de co-autoria em um duplo homicídio, ocorrido no dia 5 de junho de 1989 na cidade de Pedro Canário (ES).
    Em junho de 2011 a Polícia Federal prendeu o líder sem-terra José Rainha Júnior, no Pontal do Paranapanema. Ele foi acusado de desvio de dinheiro público destinado a programas de reforma agrária.
    Entre outros crimes…
    Lobos em pele de cordeiros.

    • Que moral que estes caras têm, condenação sem provas, o cara botou a mulher para sacar 50 mil no banco rural, falou primeiro que era para pagar TV a cabo, se isto não é prova não sei o que é.

  3. Não foi o Ministro Joaquim Barbosa, que condenou os réus do mensalão, foi a maioria dos Ministros do STF que os condenaram. Não entendo porque colocam tudo na conta do Ministro Joaquim Barbosa.

    • David, prezado, estude um pouco sobre o marxismo-leninismo e constatará que eu falei pouco.

      Tudo pelo poder. Os fins justificam os meios. Esse é o fundamento básico do marxismo-leninismo. Essa gente, CUT, MST, UNE, ongs dos negros, ongs dos índios, etc estão todos muito bem pagos pelo PT, que quer se perpetuar no poder para implantar de vez esse regime nefasto aqui na América Latina. E isso depois de todas as desgraças desse sistema no século passado e ainda hoje em Cuba e Coreia do Norte.

      Não se engane, essa gente é psicopata e, quando no poder não querem nem saber do povão. Se transformam em nobres piores do que aqueles na França do tempo de Antonieta.

      Poe essas e outra, é obrigação dessa gente , e está escrito em suas cartilhas, cometer crimes para desestabilizar e destruir a democracia e negar até o fim . Também acusar os inimigos daquilo que eles próprios fazem. O mensalão está aí e eles negarão sempre que cometeram esse crime.

  4. “Eu sou mais um dos que acham que condenações sem provas não vão abater o moral dos condenados.”
    Também acho que Rainha será punido porque teve coragem de se opor às condenações – sem prova alguma. Não foi o relator quem condenou? E quem ousaria se opor às opiniões dele! Infelizmente, a humanidade é assim, desde os tempos de Cristo – que foi condenado, inocentemente – e há mais de dois mil anos, o mundo inteiro sabe disso. Carregando a cruz em que seria crucificado, foi seguido por açoitadores! Um dia, quando esse processo for exumado, todos saberão da injustiça cometida em nome da justiça. No Brasil é assim: se chamarem o povo para apedrejar a casa de um famoso (não os artistas, são os únicos famosos idolatrados no Brasil), mas, continuando o povo vai, sem nem saber porque estão apedrejando – vão na onda!

    • …Carmen Lins, muito sensato o seu coment, parabens. Sao os chamados, maria vai com as outras, … negar, negar, negar, … tem o mesmo efeito de afirmar, afirmar, afirmar, … mesmo sendo as maiores mentiras.
      Barboseiras sem fim…

  5. é isso aí…estamos chegando ao fim dos tempos, no Brasil…um bandoleiro, ex-presidiário, um vagabundo de marca maior, é entrevistado pela imprensa como se fosse um graaaanndde vulto da República. E o vagabundo passa a ensinar um juíz do Supremo Tribunal como um negro deve se portar!!! E a imprensa amestrada aplaude, delira…..

  6. Pelo que eu entendi, não houve comparação entre os condenados pelo “mentirão” e Jesus Cristo. A comparação foi entre os açoitadores de outrora e os açoitadores atuais.

  7. A imprensa está toda cooptada pelo governo petista, e vai promover aquilo que interessa à essa máfia que está louca para abrir o “guarda-chuva” comunista sobre os brasileiros.

    Gente do nível desse Sr. Rainha não deveria nem ser ouvido! Quanto mais noticiado!

    É ou não é uma imprensa chapa-branca?!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *