Jungmann diz que Bolsonaro pode estar ameaando uma volta ao comportamento golpista

Inaceitvel que se tente fazer crer que urna  possvel de fraude", diz  Jungmann - ISTO DINHEIRO

Jungmann elogia disposio do Exrcito para evitar conflitos

Gabriel Shinohara
O Globo

O ex-ministro da Defesa Raul Jungmann disse neste sbado que h possibilidades de distrbios caso o presidente Jair Bolsonaro perca as eleies deste ano, como aconteceu nos Estados Unidos com a invaso do Capitlio por militantes republicanos, incentivados pelo ento presidente Donald Trump.

Ouvido pelo Globo, o ex-deputado e ex-ministro da Defesa ressaltou que no de hoje que o presidente Jair Bolsonaro tenta levar as Foras Armadas a apoiar suas aes. Ele lembrou o episdio em que os trs comandantes das Foras Armadas entregaram os cargos aps Bolsonaro destituir o ento ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva.

VACINAR A TROPA – Segundo Jungmann, a recomendao publicada pelo Exrcito sobre necessidade de vacinao dos militares e seus familiares absolutamente de cunho administrativo e no tem nenhum vis poltico, ressaltando que cabe ao comandante do Exrcito proteger a tropa na volta ao trabalho presencial.

“Essa deciso da vacina uma atitude que revela responsabilidade do comandante do Exrcito com a tropa e evidentemente que isso desagrada o presidente, mesmo que o ento comandante Edson Pujol, o anterior que foi demitido, tenha publicado uma diretriz praticamente semelhante, e mesmo que o atual ministro da Defesa, Braga Netto, tambm tenha tomado deciso semelhante” disse o ex-ministro.

POSTURA GOLPISTA – Jungmann afirmou ainda que esse episdio pode significar uma volta do presidente Bolsonaro ao comportamento que tinha at as manifestaes do 7 de setembro de 2021, incentivadas por ele com posies de ataque ao Supremo Tribunal Federal (STF), ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e s eleies.

O que ns estamos vendo um retorno escalada. Eu inclusive escrevi sobre isso, conversei com ministros que tm proximidade no Supremo e outras autoridades para os riscos que vamos ter em 2022. Infelizmente eu acredito que todos ns temos que estar prontos para a possibilidade de ns convivermos aqui com conflitos afirmou.

E continuou: O motor disso tudo exatamente a ambio do Presidente da Repblica de se reeleger mesmo que isso represente cometer um ato de absoluto desrespeito no apenas ao TSE, ao sistema eleitoral, mas a prpria democracia ressaltou Jungmann.

###
NOTA DA REDAO DO BLOG
No vai haver distrbios nas eleies. A filial Brazil muito diferente da matriz U.S.A. e temos outro tipo de reao. Ao contrrio do que aconteceu nos Estados Unidos, o Exrcito brasileiro vai estar nas ruas e sufocar qualquer movimentao golpista. Se Bolsonaro bobear, pode acabar em cana, acredite se quiser. (C.N.)

8 thoughts on “Jungmann diz que Bolsonaro pode estar ameaando uma volta ao comportamento golpista

  1. Bolsonaro nao possui fora moral para tentar qualquer golpe. Falta-lhe comando e idoneidade.

    Para muitos oficiais superiores na ativa ele continua sendo o tenente indisciplinado e mau carter que foi nomeado de favor a capito.

    Atualmente filiado ao PL, partido do notrio “beato” Valdemar Costa Neto.

  2. No sei no hein CN
    Tem tanto efetivo ?
    A disposio de todos os Comandos Militares e de suas tropas a mesma ?
    E as PM’s e Fora Nacional ? Se esqueceu que uma major que saiu exonerada desta ltima denunciou que estavam servindo para disseminao ideolgica de comportamento golpista ?

  3. Bom dia,leitores(as):

    Senhor Carlos Newton vejo meio mundo preocupado com a SANHA GOLPITAS do Presidente Jair Bolsonaro e ningum preocupado com a captura e destruio das INSTITUIES BRASILEIRAS por maus agentes pblico.

  4. Esse lero de dizer que o Brasil filial do EUA um esteretipo cunhado pelas esquerdas brasileiras nos anos 60 do sculo passado, porque ela (a esquerda) queria que orbitssemos em torno da “imaculada” URSS. Se naquele tempo no era verdadeiro essa patacoada, imaginem agora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.